terça-feira, 13 de novembro de 2018

DIVIRTA-CE RECOMENDA

Exposição em quadrinhos na Casa de Cultura Francesa da UFC aborda Declaração Universal dos Direitos Humanos
A partir desta segunda-feira (12), às 17h, o público poderá conferir, na Casa de Cultura Francesa da Universidade Federal do Ceará, uma exposição em quadrinhos sobre os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH), celebrados em dezembro deste ano.

Escrita após a Segunda Guerra Mundial pelo canadense John Peters Humphrey e colaboradores, a declaração foi adotada pela Organização das Nações Unidas em dezembro de 1948. O texto delineia as liberdades e os direitos humanos fundamentais, tornando-se referência em todo o mundo.

Em outubro de 2018, o site oficial da DUDH informou a existência de 512 traduções disponíveis. Em virtude da comemoração do aniversário do documento, a Éditions Dupuis, da Bélgica, uniu-se à campanha lançada pelo Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos (EACDH), editando um número especial de sua revista em quadrinhos Spirou, que reúne 30 artistas responsáveis pela ilustração dos 30 artigos da DUDH.

O objetivo é transmitir os valores consagrados no documento através da linguagem lúdica dos quadrinhos, atingindo um público mais amplo. O Leitorado de Francês da UFC, vinculado à Pró-Reitoria de Relações Internacionais (PROINTER) da Universidade, por intermédio do professor e leitor Jèremy Morisso, obteve autorização da Éditions Dupuis para promover a difusão das ilustrações em francês, espanhol e inglês.

ONDE – A exposição será inaugurada na Casa de Cultura Francesa (área 1 do Centro de Humanidades, Av. da Universidade, 2683, Benfica), por ocasião da celebração da Lire en Fête, e, posteriormente, nas Casas de Cultura Britânica e Hispânica.

A exposição ficará disponível até 12 de dezembro e é aberta ao público.

Fonte: Pró-Reitoria de Relações Internacionais da UFC – fone: 85 3366 7333 / e-mail: cultura@prointer.ufc.br

SESC

Música e Sessão de Cinema Brasileiro animam a programação cultural

            Em novembro, o Sesc* oferece programação diversificada e gratuita, democratizando e facilitando o acesso à cultura. Sonoridades populares e ritmos brasileiros são valorizados pelos artistas que se apresentam na Unidade Fortaleza. Na Tradição, tem Maracatu na quinta-feira. Já nas artes visuais, a Sessão de Cinema Brasileiro exibe uma coletânea de filmes nacionais às terças-feiras.

Artes Visuais e Tradição
14/11 – 18h30
Maracatu Nação Iracema
O grupo surgiu das reflexões sobre a possibilidade de dar visibilidade para negros. Em 2002, nos 20 anos de Movimento Negro no Ceará, é fundado o Maracatu Nação Iracema.

Serviço:
Local: Unidade Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro) 
Entrada gratuita

Música
            Às sextas-feiras, a Unidade Fortaleza é tomada pelo Chorinho. Na programação do Sesc tem espaço ainda para apresentações de jazz e músicas brasileiras.

16/11 – 19h
Choro Sanfonado (Chorinho)
O projeto conta com músicos cearenses de destaque. As apresentações têm composições dos grandes mestres, como Sivuca, Dominguinhos, Hermeto Pascoal, Clementino Moura, Chico Justino e Adelson Viana.


21/11 – 17h30
Por Um Trio (Sesc Instrumental)

Hermano Faltz tem conhecimentos em harmonia, improvisação e composição, além de improvisação jazzística. Um dos principais nomes da cena jazz de Fortaleza, Hermano se apresenta no Sesc.


22/11 – 12h30
Banda Sinática (Sesc Sonoridades)

A Banda Sinática apresentar composições autorais do EP Velhos Tempos, além de releituras de grandes hits. Os arranjos remetem aos originais e, ao mesmo tempo, entregam frescor na interpretação.


Serviço:
Local: Unidade Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro) 
Entrada gratuita


Cinema
            No mês de novembro, o Sesc exibe uma coletânea de filmes nacionais. A Sessão de Cinema Brasileiro acontece às terças-feiras, às 18h30, no Teatro Sesc Emiliano Queiroz.


13/11
Salve Geral (2009)

Lúcia sonha em tirar o filho Rafael da prisão. Em visita à penitenciária, ela conhece Ruiva, a advogada do Professor, líder do Comando. As circunstâncias levam Lúcia a trabalhar para a organização criminosa. Quando o governo decide transferir centenas de presos, o Comando ordena que seus integrantes realizem ataques, deixando a capital paulista sitiada.
Dir. Sérgio Rezende
Classificação indicativa: 16 anos

20/11
Sudoeste (2012)
Em uma cidade pacata, Clarice nasce, cresce, envelhece e morre em um período de 24 horas. Ela observa as pessoas ao seu redor, que não envelhecem e que não entendem sua existência. O filme reflete sobre questões fundamentais como a vida, a morte, a maternidade e a violência.
Dir. Eduardo Nunes
Classificação indicativa: 14 anos

Serviço:
Horário: 18h30
Local: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (
Av. Duque de Caxias, 1701) 
Entrada gratuita
Informações: (85) 3452.9090

*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

Facebook: /sescceara Twitter: @sesc_ce Instagram: sescce


RESTAURANTE

Engenho Dedé Fortaleza lança pacotes para confraternizações de fim de ano
Referência em estrutura e gastronomia, o Restaurante Engenho Dedé Fortaleza lança pacotes especiais para confraternizações de fim de ano. Com um menu especial, a casa oferece pacotes para grupos a partir de 20 pessoas com petiscos, prato principal e sobremesas. As datas para reserva já estão disponíveis.
Entre as opções no cardápio, estão as famosas entradas do Restaurante Engenho Dedé como Caldinho do Dedé (caldo de feijão), Bolinho de bacalhau (importado direto de Portugal) e Isca de carne de sol (carne de sol em tiras, queijo coalho e bananas fritas servidos na chapa quente).
Para o prato principal, a famosa Carne de Sol do Dedé - preparada artesanalmente com cortes nobres, assado na brasa e servida com arroz com brócolis ou baião de dois, bolinho de macaxeira, maionese, queijo coalho, farofa e salada – é um dos pratos do cardápio. 
Outra opção é o Escondidinho Português – feito com bacalhau desfiado, refogado no azeite, purê de macaxeira, mozzarella gratinada e arroz branco – que traz o sabor inconfundível do Restaurante Engenho Dedé. E para fechar, a sobremesa conta com o Doce a dois (banana frita com creme leite, leite condensado, finalizada gratinado com queijo coalho) e bolo comemorativo
O pacote também disponibiliza bebidas como água, sucos variados, refrigerante e chope kzeiro. Os valores, a partir de R$129, variam de acordo com o cardápio e o número de participantes.

Sobre o Restaurante Engenho Dedé
Referência em gastronomia em todo o país, o Restaurante Engenho Dedé tem unidades nas cidades de Manaus, Belém, Fortaleza e Belo Horizonte. Entre os destaques do cardápio, a Carne de Sol tem lugar especial. Além do "Joelho de Porco Defumado", especialidade e um dos prediletos do público; a "Picanha à Moda Mineira", que leva macaxeira, abacaxi e salpique com queijo mussarela; e a "Trouxinha do Dedé", feito com camarão refogado, filé de pirarucu, banana frita e arroz branco, que também estão entre os pratos de sucesso.

Serviços Restaurante Engenho do Dedé Fortaleza
Local: Shopping Iguatemi Expansão (1º piso)

EXPOSIÇÃO

Centro Cultural Banco do Nordeste abre mostra "Perecível"

O Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza abre ao público a exposição “Perecível”, do artista cearense Felipe Camilo, sob a curadoria de Júnior Pimenta. A mostra reúne retratos dos bairros históricos da capital cearense e fica aberta à visitação até 22 de dezembro, com entrada gratuita.

O projeto Perecível enseja questões sobre memória, cidade e imagem apresentados pelo suporte fotográfico e a experimentação que extrapola a antotipia, que consiste na revelação da imagem por meio da clorofila das folhas. A exposição celebra três anos de pesquisa e o recente lançamento do livro de retratos, relatos e haicais também intitulado "Perecível".

Selecionado pela chamada pública 2018 do CCBNB, o projeto é uma realização do coletivo Trama de Olhares e reúne imagens que tratam de um perambular pelo centro comercial, pela praia de Iracema e Jacarecanga, onde se percebem em seus casarões, idosos vestígios de uma cidade que envelhece.

O trabalho de revelação na clorofila de folhas de árvores, antotipia, também presente na obra do uruguaio Fede Ruiz Santesteban e do francês Benoit Fournier, inspira-se principalmente na obra do vietnamita Binh Danh. Busca-se aqui salientar a fragilidade e as metamorfoses da memória diante da passagem do tempo na cidade. Entre as folhas encontramos retratos de familiares do autor que firma sua passagem pela casa dos 30 anos cruzando um pouco de sua biografia com a de Fortaleza.

FOTOGRAFIA

Festival Verbo Ver anuncia fotógrafos selecionados para a Mostra Cearense

Os trabalhos serão exibidos durante o evento que acontece de 14 a 18 de novembro em Fortaleza

O Verbo Ver Festival de Fotografia divulgou, nessa terça-feira, 13, os 25 selecionados da Convocatória de Mostra Cearense, que tem como tema a pergunta “Por que fotografar?”. Além de serem exibidos durante o evento e compor o catálogo impresso e virtual do festival, os trabalhos serão projetados em espaços públicos de Fortaleza e Sobral. Todos os selecionados receberão cachê pela participação, e os autores dos dois melhores trabalhos serão contemplados com passagens para a Colômbia, onde poderão participar da programação da Bienal de Fotografia de Bogotá, em 2019, recebendo ainda ajuda de custos para a viagem.

Autores cearenses
Os selecionados são: Bárbara de Moura Braga, Beto Skeff, Chico Gomes, David Einstein Araújo Rabêlo, Deivyson Fernandes, Delfina Rocha, Demétrio Jereissati, Fernando Luís Maia da Cunha, Galba Nogueira, Henrique Torres, Ianara Rodrigues de Alencar, Jamille Jacinto Queiroz, Junior Pimenta, Leo Henriques, Ney Onofre, Osmar Gonçalves, Rafael Vilarouca, Ricardo Arruda, Sergio Carvalho, Fernando Jorge da Cunha Silva, Marília Oliveira, Matheus Dias, Régis Luiz Câmara Amora, Tarcísio de Almeida Coelho Filho e Valdir Machado Neto. 

Programação
O “Verbo Ver Festival de Fotografia” começa nessa quarta-feira, 14, às 14:30, com workshops ministrados por fotógrafos brasileiros no Porto Iracema das Artes e no Cuca Jangurussu. As atividades simultâneas têm como temas “Bússola Fotográfica” (com Carlos Carvalho), “Fotografia Urbana e os processos criativos” (com Luiz Baltar e Lia de Paula) e “Por que fotografar o outro? – Retratos” (com Tiago Coelho). A abertura oficial do evento será na quinta-feira, 15, às 19:30 na Imagem Brasil Galeria, com a exposição de Celso Oliveira, fotógrafo homenageado no festival. A programação com leituras de portfólios, workshops, palestras e rodas de conversa segue em Fortaleza até domingo, 18. 

SERVIÇO

Verbo Ver Festival de Fotografia – De 14 a 18 de novembro de 2018 em Fortaleza. Abertura oficial com exposição de Celso Oliveira no dia 15, às 19h30 na Imagem Brasil Galeria (Rua Rocha Lima, 1707 – Aldeota). Informações: (85)3261-0525 e (85)98212-8808. www.verboverfestival.com.br. E-mail: festivalverbover@gmail.com. Facebook: verboverfestival. Instagram:  @verbo_ver_festival

ESPECIAL

5º Festival Internacional de Circo do Ceará traz mais de 80 apresentações


O festival promove uma vasta programação totalmente gratuita com apresentações artísticas e atividades formativas

Mais de 50 artistas/companhias do Brasil e de outros países vão apresentar espetáculos das mais diversas artes circenses para públicos de todas as idades no 5º Festival Internacional de Circo do Ceará, que acontecerá em novembro. O evento contará com uma intensa programação artística e atividades formativas, já passou em Fortaleza (de 7 a 11), e agora chegará a Sobral (15 e 16), Canoa Quebrada (17), São Gonçalo do Amarante (17 e 18) e Paracuru (20 e 21). Toda a programação é gratuita.

Criado em 2014, o Festival Internacional de Circo do Ceará tem a proposta de capacitar, difundir e integrar as diversas possibilidades do universo circense no estado. Com cinco anos de trajetória já é referência na produção, fruição, articulação e intercâmbio cultural da arte circense na região Nordeste.

Nesta edição o festival terá mais de 85 apresentações de circo tradicional, circo contemporâneo e arte de rua. Em cena, 17 companhias/artistas cearenses, 11 de outros estados do Brasil (05 de SP, 04 do RJ, 01 do RN e 01 do DF) e 12 internacionais (06 da Argentina e um da Itália, Portugal, Uruguai, Venezuela, Chile e dos Estados Unidos). A grande maioria das atrações foi selecionada, dentre 350 propostas inscritas. Outros artistas foram convidados, como o Palhaço Pimenta, Mestre da Cultura do Ceará.

Várias atrações internacionais estão na programação do evento, como Piky Potus (Uruguai), Mica Paprika (Portugal), Autoportante (Itália), Infinitu Balance (Venezuela), Alejandro Alarcòn Villarroel (Chile), Circo Mano a Mano (Argentina/Peru), Variedades Escenicas, Duo um Pie, Payasa Maku Fanchulini, Payaso Chacovachi, Maria Gabriela Rojas (Argentina).

Os artistas brasileiros que compõem a programação são a Tropa Trupe (Rio Grande do Norte), Vanessa Calado, Ciro Ítalo, Ricardo Gadelha e Duo Nigretai (Rio de Janeiro), Dan Marques (Distrito Federal) e, de São Paulo, Circo do Asfalto, Duo Simetria, POIN - Pequena Orquestra Interativa, Bárbara Francesquine e mais, De Lucca Circus e Os Profiçççionais.

No time de cearenses estão a Companhia Itinerante de Malabares e Trupe Tamarindo (Sobral), Trupe Motim de Teatro (Quixeré), Grupo Dezequilibradoz (Maracanaú) Bruno Farias (Sobral) e, de Fortaleza, Cia. Plural de Artes Cênicas, Grupo Ânima, K’Os Coletivo, Mágico Goldini, As 10 Graças de Palhaçaria, Companhia Laguz Circo, Coletivo Quintal, Palhaço Pimenta, Cláudio Ivo, Clown Futriko Show, Palhaço Colorau, Eduardo Show da Vida, duo formado por Gabriela Jardim (Coletivo Quintal) e Tatiana Valente (Cia Ponto), além das Bandas Municipais de São Gonçalo do Amarante, Sobral e de Paracuru.

Em Fortaleza a programação acontece no Teatro São José (equipamento da Prefeitura de Fortaleza recém restaurado), Cineteatro São Luiz (equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará) e Praça do Ferreira, em Sobral no Anfiteatro do Largo das Dores, em Canoa Quebrada no Anfiteatro Dragão do Mar, em São Gonçalo do Amarante na Praça da Matriz e em Paracuru na Praça da Igreja Matriz, Praça do Farol, Anfiteatro do Farol e Distrito São Pedro. Nos locais fechados, a retirada dos ingressos é liberada com uma hora de antecedência.

Luz no Picadeiro: programação formativa

Fora dos palcos, o Festival tem uma rica programação formativa, chamada de Luz no Picadeiro. O objetivo disseminar conhecimentos na área circense através de atividades de iniciação, muitas vezes recreativas, formação profissional com conteúdo mais direcionados e técnicos, além de informação através de palestras, seminários e encontros.

O projeto Luz no Picadeiro contará com oficinas (09), seminário, mostra, lançamento de livro e uma conversa envolvendo cerca de 30 profissionais, entre oficineiros, palestrantes e dirigentes de espaços. A programação completa das ações formativas pode ser consultada no site do festival: www.festivaldecircoceara.com.

Apresentado pelo Ministério da Cultura e Atacadão, o 5º Festival Internacional de Circo do Ceará é uma realização da Iluminura Produtora Cultural, que divide a produção com a Indústria da Arte. Tem como parceiros as Prefeituras de Fortaleza, Sobral, Paracuru, São Gonçalo do Amarante, Vila das Artes e ECOA. Apoio: Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, através da Lei Nº 13.811, de 16 de agosto de 2006, e Enel.

SERVIÇO
5º Festival Internacional de Circo do Ceará – Sobral (15 e 16/nov), Canoa Quebrada (17), São Gonçalo do Amarante (17 e 18/nov) e Paracuru (20 e 21/nov). Site: www.festivaldecircoceara.com. Facebook: festivaldecircodoceara. Informações: (85)3459-0096 e festivaldecircoceara@gmail.com.Toda a programação é gratuita.

ARTE URBANA


CowParade Fortaleza é lançada oficialmente e divulga locais das vaquinhas espalhadas pela cidade

Com mais de 10.000 artistas participantes, a CowParade é o maior evento de arte a céu do mundo
Na foto, Bia Soares, com o artista Expedito Seleiro

O maior evento de arte urbana do mundo oficialmente chegou às ruas de Fortaleza. A partir desta sexta-feira, 9, diversos pontos da capital cearense, como a Praia de Iracema, Mercado dos Peixes, Theatro José de Alencar, Passeio Público, Beach Park, entre outros, receberão as vaquinhas da 12ª edição da CowParade Brasil. 

Realizado pela Toptrends, que detém os direitos de licenciamento da CowParade no Brasil, e patrocinado pela rede de farmácias Extrafarma, com apoio da Prefeitura de Fortaleza através da Secretaria de Turismo e a Assessoria de Relações Internacionais, o coquetel de lançamento contou com a presença da organizadora do projeto, Catherine Duvignau; Regis Medeiros, Secretário de Turismo de Fortaleza; Miguel Jarros, representante da rede ExtraFarma; e Patrícia Maciel, assessora de relações internacionais da prefeitura de Fortaleza.
Durante a solenidade de abertura, Catherine frisou a emoção de lançar mais uma edição da CowParade e do quanto é importante o incentivo à arte. “É com muita alegria que estamos aqui nessa casinha linda que é o Estoril para lançar mais uma edição da CowParade. Eu gostaria de agradecer a todos que apostam na arte e apoiaram esse projeto”, ressaltou Catherine. Já Miguel Jarros, representante da ExtraFarma, também reforçou a importância do projeto. “Para a ExtraFarma, é muito importante patrocinar a cultura nos lugares onde ela está inserida. E fazer parte da CowParade Fortaleza, é muito importante porque é a nossa maneira de abraçar a cidade, além de ajudar ao próximo. No final do ano, vamos leiloar essas vaquinhas e o resultado será encaminhado para instituições de caridade”, comemora Miguel Jarros.  
Ao todo, 55 vaquinhas estão espalhadas pelas ruas de Fortaleza. Dentre os artistas, nomes como Vando Figueiredo, Mano Alencar, Edmar Gonçalves, Teresa da Quinta. Um dos destaques da noite foi a vaquinha revestida em couro de Expedito Seleiro. O artesão customizou sua obra com as cores e as formas típicas de seu artesanato. “Eu já havia feito muitas coisas em couro, bolsa, sapato, mas eu nunca tinha feito uma vaca. Foi uma experiência”, comentou o artesão.
Caráter beneficente

Além de expor a beleza e exuberância das obras, a exposição também visa promover a responsabilidade social. Ao final de cada edição, as peças são leiloadas e o valor arrecadado é destinado para instituições beneficentes. Em Fortaleza, as instriuições agraciadas serão a Associação Peter Pan, o Ipred e o Lar Torres de Melo. No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 6 milhões para ações de responsabilidade social. Ao redor do mundo, mais de 10.000 artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.

Considerado um dos maiores eventos de arte a céu aberto do mundo, a CowParade surgiu em 1998, quando o artista suíço Pascal Knapp criou diversas esculturas em formato de vaca com a intenção de provocar o riso. De lá para cá, foram criadas mais de 5 mil esculturas de vacas em todos os continentes. No Brasil, o evento é idealizado pela Toptrends, empresa brasileira criada, em 2004, com a missão de democratizar a arte e a cultura através de projetos especiais.


Reitoria recebe obra da CowParade produzida por estudante da UFC

Um novo elemento está chamando a atenção de quem passa pelos jardins da Reitoria da Universidade Federal do Ceará. O espaço recebe a visita de uma das esculturas de vacas espalhadas desde sexta-feira (9) pela cidade de Fortaleza, em mais uma edição da CowParade.
A vaca escolhida para arrancar sorrisos das pessoas que circulam pela Reitoria foi a Xilocow, pintada pela estudante do Curso de Design-Moda da UFC Beatriz Soares (Bia). Ela conta que desde criança tem interesse pelas artes plásticas. Apesar de ser a primeira vez que participa de exposição aberta ao público, a artista já assinou trabalhos em estampas, convites e camisas. 

A escultura, feita em fibra de vidro em tamanho natural, é inspirada no Nordeste brasileiro. A artista explica que decidiu utilizar na pintura elementos como xilogravura e literatura de cordel. "Eu queria manter viva essa tradição, passar para a vaquinha a identidade, a força do povo nordestino", revela. 

Toda em preto e branco para fazer referência à xilogravura, a escultura possui uma coroa de cacto confeccionada com plástico e isopor. "Fiz para simbolizar a paisagem do Nordeste, que é coroado com a esperança e a alegria de um povo", detalha.
De acordo com Bia, os artistas receberam as peças prontas, porém em branco, como uma tela de pintura. A produção artística durou cerca de um mês. "Foi também um amadurecimento do meu processo criativo. Todos os artistas pintaram juntos em um galpão, então tive a oportunidade de ter o convívio direto com eles", comenta.


Beach Park e Ceará Show recebem vaquinhas
Com a cara e a cor da capital cearense, o Beack Park e o teatro Ceará Show receberam vaquinhas da 12º edição da CowParade Brasil. No Beach Park, a vaquinha “Obstrata”, do artista Sandro Brasil, está exposta na entrada do Restaurante de Praia. Já “Tiaia Carnaúba”, do artista Mano Alencar, está localizada na na entrada do Ceará Show, espetáculo musical permanente apresentado pelo Beach Park Entretenimento. Em exposição até o dia 8 de dezembro, a CowParade Brasil expõe 55 vaquinhas em diversos pontos de Fortaleza.

 

CULTURA POPULAR

Secult realiza o XII Encontro Mestres do Mundo em Aquiraz

Em novo local, o evento reúne de 21 a 24/11 os Mestres e Mestras da Cultura Popular Tradicional do Ceará, grupos e coletividades em trocas de saberes e integrações com o público na vasta e diversificada programação gratuita
 

De 21 a 24 de novembro a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) promove o XII Encontro Mestres do Mundo, que na edição de 2018 tem nova sede em Aquiraz (CE), município na Costa Leste do litoral cearense, a apenas 27km da capital Fortaleza. O evento integra a grandiosa riqueza de conhecimentos, expressões e vivências pelos Tesouros Vivos da cultura cearense em compartilhamentos generosos com o público na diversificada e vasta programação.

Anfitrionados pela Mestra da Cultura Indígena Cacique Pequena (Maria de Lourdes da Conceição Alves), natural de Aquiraz, público e convidados do Nordeste, Brasil e de outros paísesvãocelebrar juntos no Encontro às memoráveis e renovadas tradições mantidas pelos 69 Mestres e Mestras da Cultura vivos, 11 grupos, duas (02) coletividades, além dos 26 deles já falecidos. Mestra Pequena ainda guiará os participantes em uma “Caminhada nativa sob a flor do Jenipapo” para a transmissão de saberes e uma manhã de vivências, junto ao seu povo Jenipapo-Kanindé.

O secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba festeja que “de 21 a 24 de novembro, a cidade de Aquiraz vai ser o lugar mais bonito do mundo” e convida ao XII Encontro Mestres do Mundo, que tem como mote desse ano ser “tempo de amor e flor para quem sabe salvaguardar afetos”. Piúba reitera a pujança dos ensejos reunidos e aconselha: “Prepare o seu coração, pois serão quatro dias de celebração aos saberes e fazeres dos mestres e mestres da cultura popular e tradicional cearense, nordestina e brasileira”.

No percurso do XII Encontro, a curadora do evento, a professora doutora Lourdes Macena adianta que “teremos rodas de saberes, variadas atrações em apresentações artísticas, a Feira de Artesanatos e Gastronomia Familiar, oficinas, seminários, atividades de Educação Patrimonial e residência com uma experiência entre afetos e arte”, entre as interligações culturais e de convívio com os Mestres dos Sons, das Mãos, da Oralidade, do Sagrado, do Corpo e nas Rodas Sementes, novas interações dedicadas ao público infantil.

Em revigorada itinerância, o Encontro que nas últimas edições ocorreu em Limoeiro do Norte, segue assim do Sertão ao novo cenário litorâneo de Aquiraz, município na região Metropolitana de Fortaleza, que foi a primeira capital cearense. Como revela o seu significado em tupi-guarani, "Aquiraz" quer dizer "Água Logo Adiante", e é nesse manancial de fluidez da localidade que os atrativos do XII Encontro aportam, em pleno centro histórico da cidade, na Praça da Igreja Matriz, estendendo ações pelo Museu Sacro São José de Ribamar, na Escola EMEF Laís Sidrim, na Tapera das Artes, na Lagoa da Encantada, no antigo Mercado Municipal e em outras circunvizinhanças.

O Encontro Mestres do Mundo está consolidado no calendário da cultura no Ceará como uma ação de democratização do acesso aos bens e serviços culturais que vem atender à necessidade de criar espaços para a transmissão de saberes prevista na Lei Estadual nº 13.842, que instituiu o programa Tesouros Vivos do Ceará. Desde 2003, foram diplomados 95 Mestres da Cultura, 11 grupos e 02 coletividades, reconhecidos como detentores dos saberes da cultura popular tradicional, patrimônio imaterial do Estado do Ceará.

O Encontro Mestres do Mundo é um evento estruturante realizado pela SECULT desde 2005, cujo intento de proporcionar a convivência entre os Mestres e Mestras também divulga e faz fruir repasses de conhecimentos acerca da cultura popular do Estado. Este ano, o XII Encontro em Aquiraz tem novamente produção do Instituto Assum Preto de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente, instituição selecionada por meio de edital pela Secult, que conta com parcerias da Prefeitura Municipal de Aquiraz e apoio cultural do Fórum de Cultura Popular Tradicional, da Comissão Cearense de Folclore, da Tapera das Artes e do Museu Sacro São José do Ribamar. O evento recebeu, em outubro de 2017, no Rio de Janeiro, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, maior do Brasil na área de Patrimônio Cultural, um compromisso da Secult no fortalecimento da política de valorização e salvaguarda do patrimônio imaterial no país.


Mais sobre o Encontro Mestres do Mundo

O Encontro Mestres do Mundo é um evento realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), desde 2005, como uma importante iniciativa de interiorização da cultura. Em onze edições, o Encontro e suas ações já foram acolhidos pelas cidades de Limoeiro do Norte, Jaguaruana, São João do Jaguaribe, Russas, Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato, entre outras, reunindo a cada edição os Mestres da Cultura, titulados como Tesouros Vivos da Cultura do Ceará, em diálogo com brincantes, estudantes, professores, pesquisadores e mestres de outros estados e países, com uma programação riquíssima voltada ao encontro e troca de saberes.

O Encontro é uma oportunidade singular de vivenciar a diversidade da cultura popular tradicional através da convivência com os guardiões que mantêm vivas as tradições. Conta com a participação de mestres, mestras e grupos locais, regionais e internacionais, promovendo a integração e a troca de experiências. Expressões de linguagens variadas se juntam em uma arena onde os mestres apresentam e transmitem seus saberes e seus fazeres.

São momentos mágicos, onde o público participante trava contato com memórias, narrativas e práticas por meio de uma programação ampla de atividades práticas e teóricas, no intercâmbio de saberes, contando com a mediação de pesquisadores da cultura popular. São variados momentos em que os Tesouros Vivos da Cultura do Estado do Ceará recebem os convidados, mostrando para a comunidade local os seus costumes e a sua arte.

As noites são marcadas por uma grande diversidade de apresentações de grupos e mestres oriundos das 14 (catorze)macrorregiões do Ceará, bem como atrações nacionais e internacionais. Ao longo das onze edições, ocorreram ainda diversas oficinas de repasse dos conhecimentos tradicionais, cursos e ações de educação patrimonial junto a estudantes e professores de escolas públicas, seminários temáticos com reflexões acadêmicas, exposições de fotografias e objetos relacionados às tradições, feirinha para comercialização de artesanatos feitos pelos mestres e outros produtos relacionados às culturas tradicionais, cortejos nas ruas da cidade, encontros de gestores culturais, dentre outras atividades.

Serviço
XXII Encontro Mestres do Mundo
Data: de 21 a 24 de novembro de 2018
Local: Aquiraz (CE)
Horário: De 9h às 0 h
Aberto ao público

FESTAS

Balada "Mysterious" é opção para véspera de feriado em Fortaleza 

O evento acontece nesta quarta dia 14 de novembro, no Terminal Marítimo de Fortaleza  

Preparações a mil! "Quem aí está preparado para horas de festa, pura good vibes e, claro, energias revigorantes da pista?", anuncia a 2 Fun Eventos sobre as excelentes expectativas para a “Mysterious” 2018. A festa acontece daqui a poucos dias e promete marcar o calendário de grandes shows de Fortaleza.

Com uma line up incrível (DJ’s Bhaskar, Dubdogz, Liu, Manimal, Scorsi, Slimfat e Sávio Machado), o evento acontece no dia 14 de novembro, véspera de feriado, no Terminal Marítimo. Além de atrações ‘good vibes’, a festa terá novidades, como o melhor do house music, open par de bebidas premium e 'bonus time' das melhores marcas de comidas.

Parcerias. Compõem o open bar da ‘Mysterious’ as marcas Heineken, Whisky Chivas, Vodka Absolut, Gin Beefeater, Espumante MUMM, água, Schweppes e refrigerante Sprite e outros. As marcas Cookie Mania, Coxinha Cream, Naturalle Iceup, Pirulito POP e muita pipoca dão o sabor do 'bonus time' da agitação.

Ingressos

Um novo lote de ingressos para curtir a "Mysteious" foi anunciado na quinta-feira, 8 de novembro. Além do site oficial (www.mysterious.com.br), os ingressos podem ser adquiridos na iByte (Dom Luís, RioMar e Iguatemi). O valor do ingresso pode ser parcelado e/ou pago em boleto.

Serviço - Mysterious 2018

Quando: 14 de novembro, véspera de feriado (Os portões devem abrir às 23h59min) 
Onde: Terminal Marítimo de Fortaleza (av. Vicente de Castro, 2558-2658 / Cais do Porto)
Mais informações: www.mysterious.com.br
Venda de ingressos: Além do site oficial, os ingressos podem ser adquiridos na iByte (Dom Luís, RioMar e Iguatemi)

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

IMPERDÍVEL

Planner Eventos traz o furacão Pabllo Vittar para show no Marina Park

Além de Pabllo, Festival Pisa Menos 2018 irá apresentar a drag Kaya Conky e a americana Azealia Banks

Em 2017, o festival Pisa Menos trouxe Pabllo Vittar, que se apresentou no mesmo palco da Banda Uó no Centro de Eventos do Ceará. Na ocasião, foram mais de 10 horas de festa que reuniu cerca de 3 mil pessoas. O festival Pisa Menos 2 acontecerá nesta quarta feira, véspera de feriado, no Matina Park Hotel, com a volta do furacão Pabllo Vittar, além da cantora americana Azelia Banks e de outra artista drag promissora, a cantora Kaya Conky. Outros DJs e músicos regionais também participarão da festa.
Igor Ferreira, mais conhecido como Kaya Conky é um cantor, compositor e drag queen brasileiro de funk e pop. Obteve notoriedade após o lançamento da canção autoral "E Aí Bebê" em novembro de 2016. Kaya inicialmente apresentava-se como DJ em festas LGBT em Natal, após ter se montado como drag queen pela primeira vez em meados de 2014, por influência do reality show RuPaul's Drag Race. Sua primeira faixa autoral, "E Aí Bebê", foi lançada em novembro de 2016, e rapidamente viralizou na internet; o videoclipe oficial foi lançado em abril de 2017, e conta com mais de 4 milhões de visualizações. Com o sucesso da canção, a artista embarcou em uma turnê nacional por boates LGBT e eventos universitários.
Azealia Banks é uma cantora de rap, cantora, compositora e atriz norte-americana. Banks ainda jovem se interessou em teatro musical, atuando e cantando. Sob o apelido de 'Miss Bank$', ela lançou um álbum demo, intitulado "Gimme a Chance" para a internet, em 2008. Mais tarde, naquele ano, Banks assinaram um contrato com a gravadora XL Recordings. Azealia Banks estourou na indústria musical em 2011 com “212”, e a promessa do primeiro álbum de estúdio só foi cumprida em 2014, com o lançamento do “Broke With Expensive Taste”. O projeto, altamente aclamado pela crítica internacional, levou Banks em turnê pelo mundo todo e a fez alcançar novos patamares em sua carreira.
Banks é abertamente bissexual. Durante os poucos casos em que ela falou sobre sua sexualidade, Banks manifestou a sua insatisfação com a rotulagem da sociedade dos outros com base na orientação sexual. Em entrevista ao The New York Times, Banks declarou: "Eu não estou tentando ser, assim, o bissexual, rapper lésbica. Eu não vivo em termos de outras pessoas". A cantora americana Azealia Banks retorna ao Brasil pela terceira vez. “Vocês estão prontos? Trouxe sabonetes, minha equipe e também macumba”  revelou Banks em sua conta no Twitter. Ela até mesmo arriscou um pouco de português.
Phabullo Rodrigues da Silva, conhecido por Pabllo Vittar, começou a ganhar atenção na internet após o lançamento do videoclipe da canção "Open Bar", releitura em português de "Lean On", do grupo norte-americano Major Lazer. Em menos de um mês, o vídeo atingiu a marca de 1 milhão de visualizações no YouTube. No ano seguinte, passou a integrar o elenco da nona temporada do programa Amor & Sexo, da Rede Globo, fazendo números musicais na atração. Em 2017, Vittar conseguiu maior reconhecimento ao lançar seu álbum de estreia Vai Passar Mal, que gerou singles como "Todo Dia", "K.O." e "Corpo Sensual", além de sua participação na canção "Sua Cara", com Anitta. Em 2018, lançou seu segundo álbum de estúdio, Não Para Não, e já coleciona hits como "Disk Me" e "Problema Seu".
Os ingressos para o Festival Pisa Menos variam de R$ 55 (pista/meia) a R$ 250 (lounge). As vendas acontecem por meio do site Sympla, na loja Planner Store (no shopping RioMar Fortaleza) ou nas Moov Watches (nos shoppings Iguatemi  e Benfica).
 
Serviço
Festival Pisa Menos
Quando: 14 de novembro a partir das 22 horas
Onde: Marina Park Hotel (avenida Presidente Castelo Branco, 400 - Moura Brasil)
Ingressos: Pista: R$ 55 (meia) e R$ 110 (inteira); Front Stage: R$ 100 (meia) e R$ 200 (inteira); Lounge: R$ 250 (valor único)
Informações: (85) 999169916 ou (85) 999283020