sexta-feira, 5 de julho de 2013

DESTAQUES

Produção de “O Duelo” incentivou a cultura no interior do Ceará

Espetáculo que foi concebido durante dois meses em municípios como Arneiroz, Lavras da Mangabeira e Iracema incentivou a criação de grupos teatrais e centros culturais

Camila Pitanga, Paschoal da Conceição, Aury Porto: estreia da peça “O Duelo” acontece nesta sexta no Teatro José de Alencar

Depois de quase dois meses desenvolvendo uma adaptação da novela “O Duelo”, do escritor e dramaturgo russo Anton Tchetkhov, no interior do Ceará, os atores e técnicos da Mundana Companhia se preparam para a grande estreia do espetáculo nesta sexta, no Teatro José de Alencar. O autor coloca em confronto, numa pequena cidade do Cáucaso, um funcionário e a sua jovem mulher, um médico militar, um zoólogo de ideias radicais e um diácono dado ao riso, contando os dramas através dos olhos de cada protagonista, que procuram apenas uma forma de escapar ao rotineiro dia-a-dia. É nesse ambiente que o ódio crescente entre o zoólogo e o funcionário culmina num duelo e este numa espécie de redenção.
“O Duelo” ocupa um lugar muito especial na herança literária de Anton Tchékhov. Dividida em 21 capítulos, um exemplo muito atípico na obra do autor (que insistia na “brevidade, irmã do talento”), a novela foi publicada entre outubro e novembro de 1891 em forma de folhetim no jornal Nóvoe Vriémia (Novo Tempo). Seu poderoso editor-chefe, A. S. Suvórin, foi um dos maiores entusiastas do início da carreira de Tchékhov, apoiando a mudança de estilo do autor, que abandonou a produção de breves contos humorísticos para buscar o amadurecimento literário. A partir da segunda metade dos anos 1880, surgiria aquele famoso “olhar tchekhoviano” que seria perfeitamente definido por Vladimir Nabokov: “As coisas para Tchekhov eram engraçadas e tristes ao mesmo tempo, mas não se pode enxergar a tristeza se não se enxergar a comicidade, pois ambas estão ligadas”. “O Duelo” pode ser considerado uma síntese dessa aparente ambiguidade. Além disso, a novela é um dos raros exemplos da assim chamada “novela ideológica” na obra de Tchékhov, afamado como o escritor menos “engajado” da época. Foi durante o processo de criação de O duelo que Tchékhov conheceu o cientista Vládimir Vágner, defensor convicto do darwinismo social. Os dois, o médico Tchékhov e o naturalista Vágner, passaram horas a fio discutindo os “prós” e “contras” da teoria. Todavia, foi o escritor que colocou um ponto final nesses debates ao conceber o desfecho, absolutamente inesperado, de O duelo.
O produtor e ator cearense Aury Porto explicou que as cidades do interior cearense fizeram parte da construção do espetáculo. “Em Arneiroz, eu já tinha conhecimento de grupos com experiência em teatro e é uma cidade com cerca de cinco mil habitantes, onde todos se conhecem assim como na novela de Tchékhov. Em Lavras, minha cidade natal, um pouco maior, mas com essa mesma proximidade entre todos. E Iracema é uma cidade que já conviveu muito com o drama do duelo por meio da prática da pistolagem”, explicou. Nas três cidades cearenses, entre junho e julho, a equipe formada por 20 pessoas promoveu um intercâmbio cultural com ensaios abertos e oficinas artísticas. “O espetáculo chega a Fortaleza com os elementos resultantes do intercâmbio com o povo e os artistas de cada uma dessas cidades de diferentes regiões do Ceará. O objetivo é extrair o máximo da experiência artística e pessoal de cada cidade e transformá-la em algo único, próprio deste espetáculo”, afirma Aury Porto, que é natural de Lavras da Mangabeira e é radicado em São Paulo há 25 anos, onde foi um dos fundadores da companhia teatral.
Aury Porto falou da influência de seu trabalho no Grupo Teatro Oficina, de Sâo Paulo, dirigido por José Celso Martinez, na imersão e construção de “O Duelo”. “Foram nove anos de Teatro Oficina, e a influência existe, até negando, quando penso “isso aqui está muito Zé Celso”! Depois dessa experiência no Oficina eu sou muito mais apaixonado pelo público”, afirmou. “Em 2010, quando eu decidi que deveria fazer essa peça, achei tão parecido com o que eu já tinha vivido no sertão. Depois Camila topou ir junto nessa parceria, o que impulsionou bastante, pois sozinho não conseguiria desenvolver esse trabalho. As outras pessoas que foram topando fazer eu fui avisando que seria uma aventura”, disse. Aury também relatou como foi a experiência de trabalhar com os atores em sua cidade natal, Lavras da Mangabeira. “Eu gostei de fazer aniversário em minha cidade, mas confesso que a experiência foi um pouco estressante. Sempre tinha algum amigo de infância querendo falar comigo, “colegas” de colégios que nem estudei. Mas eu adorei receber todo o elenco em minha casa”, confessou.
A atriz global Camila Pitanga e uma trupe de atores ensaiando em cidades como Arneiroz, Lavras da Mangabeira ‘deram o que falar’ nesses municípios. “Até levei minha filha pequena, Antonia. Promovíamos oficinas com crianças e adolescentes de, no máximo, 15, 16 anos e tinha esse ritual de preparar a aula, conciliando com os ensaios da peça”, disse Camila. No final dos ensaios sempre aconteciam debates, incentivando a expressão e opinião local. “Teve uma espectadora em Iracema que relatou a falta de política atuante na área de cultura em Iracema, inclusive denunciando o fechamento de um centro de artes naquele município”, lembrou Aury Porto. “O prefeito no mesmo momento se desculpou pelos cortes feitos no orçamento e se comprometeu a reabrir o local”, relatou o ator Pachoal da Conceição. “Outro prefeito, de Lavras da Mangabeira, também prometeu a abertura de um centro cultural”, comemorou Camila na entrevista coletiva. Alguns grupos de teatro surgiram nas oficinas realizadas no interior cearense pelo elenco da peça. “Conseguimos que uma prefeitura, que havia feito um corte na banda de música da cidade, emprestasse os instrumentos para que as pessoas continuassem praticando”, disse Pachoal. 
Depois de dois fins de semana das primeiras apresentações em Fortaleza, a Mundana irá começar sua turnê nacional do espetáculo "O Duelo": depois de Fortaleza a peça será encenada em Serra da Capivara (PI), João Pessoa (PB), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Ribeirão Preto (SP), São Carlos (SP) e Campinas (SP). As apresentações de “O Duelo” em Fortaleza acontecem de 2 a 11 de agosto, quinta e sextas, às 20h, e sábados e domingos, 19h.
Além de Aury Porto, Paschoal da Conceição e Camila Pitanga, o elenco de “O Duelo” tem Carol Badra, Fredy Allan, Guilherme Calzzavara, Sergio Siviero e Vanderlei Bernardino. A direção é  de Georgette Fadel. Para a diretora, a história da peça é semelhante ao que foi vivido nas semanas no interior cearense. “Os personagens da peça saem de um grande centro para viver em cidades muito parecidas com as que visitamos aqui no Ceará. De certa forma, vivenciamos isso. Ao sairmos de São Paulo e do Rio de Janeiro, passamos a ver, com o estranhamento de quem chega a um local diferente, a dificuldade e a descoberta de habitar um espaço com características distintas do local de origem, o que foi muito rico”, conclui Fadel.
Em Fortaleza, primeira capital a receber a peça, não haverá oficina nem ensaios abertos, no entanto, a novidade ficará por conta das vagas para estagiários de direção, música, cenografia, figurino e iluminação que foram abertas pela equipe da Mundana Companhia, no processo de montagem da peça “O Duelo”.

Serviço:
O Duelo, da Mundana Companhia/SP
Datas: 2 a 11 de agosto, quinta, sextas e sábados, às 19h, e domingos, 19h
Local: Theatro José de Alencar
Ingressos: R$20 inteira e R$10 meia
Rua Liberato Barroso, 525 – Praça José de Alencar, Fortaleza - (85) 31012583
Classificação: 12 anos / lotação: 200 pessoas







 TV DIVIRTA-CE - Veja entrevista coletiva com artistas do espetáculo "O Duelo"


Entrevista aconteceu no Hotel Comfort, no Mucuripe, com Aury Porto, Camila Pitanga, Carol Badra, Fredy Allan, Guilherme Calzzavara, Paschoal da Conceição, Sergio Siviero, Vanderlei Bernardino entre outros - Vídeo de Felipe Palhano




















Peça “Mulheres Alteradas” em cartaz no fim de semana
 

Adaptação teatral dos quadrinhos da argentina Maitena, o espetáculo tem Luiza Tomé, Flávia Monteiro, Giovanna Velasco e Daniel Del Sarto no elenco

 

-As atrizes Luiza Tomé e Flavia Monteiro em comédia de sexta a domingo no Teatro Shopping Via Sul
 

Fortaleza está saindo das férias e agosto começa com apresentações de bons espetáculos teatrais. Para quem quiser rir, a opção será assistir “Mulheres Alteradas”, adaptação para o teatro do trabalho da argentina Maitena, com as atrizes Luiza Tomé, Flávia Monteiro e Giovanna Velasco interpretando três amigas para lá de cativantes e engraçadas. Daniel Del Sarto completa o elenco, interpretando vários personagens masculinos na peça em cartaz no próximo fim de semana, no Teatro do Shopping Via Sul.
Maitena Inés Burundarena é escritora e cartunista argentina. Iniciou a sua carreira como ilustradora gráfica em jornais, revistas e editoras argentinas, tendo posteriormente também começado a escrever contos eróticos e argumentos para televisão.  A sua página humorística na revista argentina Para tí, é traduzida e publicada em vários jornais estrangeiros, como o El País e o La Stampa.
Na peça, Lisa é separada do marido, mãe de um único filho, inteligente, com preocupações fúteis, porém, em crise por conta de um nódulo que apareceu em um dos seios; Alice é uma mulher solteira, vive no “mundo da lua”, mas não desiste de encontrar o seu grande amor; já Norma é uma executiva pragmática, casada, com dois filhos e, agora, se depara com a terceira gravidez. 

Daniel Del Sarto incorpora vários personagens masculinos, sem nomes definidos e repletos de personalidades, os quais prometem criar uma identificação imediata com os homens presentes na plateia.  Para enriquecer e dar um charme todo especial ao espetáculo a trilha espetáculo é executada ao vivo.
O texto do espetáculo teatral foi adaptado por Andrea Maltarolli, novelista da TV Globo, que faleceu em 2009, após o grande sucesso de sua trama “Beleza Pura”-, com colaboração de Bernardo Jablonski, tratando-se de uma adaptação inédita dos cinco volumes da série em quadrinhos “Mulheres Alteradas”, de Maitena.
O Brasil é o primeiro país a exibir uma adaptação da obra de “Mulheres Alteradas” para o teatro, direitos cedidos à produtora manhas & manias de eventos. Maitena negou a venda dos direitos de sua obra ao cineasta Pedro Almodóvar. A autora também não concedeu os direitos a produtores de cinema do México e dos EUA. Os palcos da Argentina, Espanha e México também não foram contemplados.  Mas por conta do sucesso do Brasil, a mesma produção brasileira já estuda propostas de implantar o espetáculo em alguns países, e os direitos para o cinema também já foram negociados com a 02 filmes e co-produção com a manhas & manias de eventos, em breve o público também poderá ver a obra nas telas.
Respeitando as ideias de Maitena na abordagem de temas tão caros ao mundo feminino – como o corpo, moda, homens, amores, família, filhos, trabalho, o passar do tempo e a falta dele – essa versão cênica, 100% aprovada pela autora, é fiel ao retratar o seu talento e o humor ao compartilhar desse fascinante e misterioso universo rosa-choque.
A peça, que já foi vista por mais de 180 mil pessoas, mapeia o discurso sobre a feminilidade presente no mundo contemporâneo dessas mulheres, assoladas por cobranças e demandas desgastantes e, às vezes, quase impossíveis de atender simultaneamente: trabalhar o dia todo, dentro de casa idem (e de forma exemplar!), serem mães maravilhosas, amantes insuperáveis e manter as boas formas física e estética. Isso, sem contar com a necessidade de ostentar uma vida emocional serena, equilibrada, a toda prova.
“Elas representam as figuras femininas, que em geral não possuem nomes, da quadrinista argentina Maitena. Essas personagens espelham características de uma mulher universal, cujos assuntos preferidos são: corpo, moda, homens, amores, família, filhos e trabalho”, resume o diretor Eduardo Figueiredo.
 

SERVIÇO
Mulheres Alteradas
Espetáculo com Marcelo Augusto, Luiza Tomé, Flávia Monteiro e Giovanna Velasco
Sexta (02), Sábado (03) às 21h e Domingo (04) às 20h.

Ingresso: R$ 60

 

 

 

 

 

 

 

BARES, CAFÉS, SANDUÍCHES, SORVETES


Confira a programação dos melhores bares de Fortaleza

Muita música e gente bonita no Fiteiro Dom Luís

Quarta (31/07): o melhor do sertanejo universitário com a dupla Fran e Diego
Quinta (01/08): muita animação com a Banda Larga, na noite quinta-feira
Sexta (02/08): para abrir o final de semana, mais sertanejo com Fran e Diego, seguido do animado forró de Luciana Lessa e Naldinho
Sábado (03/08): muito agito com o cantor André Araújo, seguido de Ticiano Tavi e Banda
Domingo (04/08): domingo é dia de muito samba e pagode com o Grupo Firmação

Serviço:
Endereço: Rua Júlio Abreu, 131, Varjota
Couvert: Segunda a quinta: R$ 7,90 / Sexta, sábado e domingo: R$ 10,00
Telefone para contato: (85) 3067-8892


Cerveja gelada e muita animação é no Boteco Original Antônio Sales

Quarta (31/07): Clássicos do rock, Soul e Blues com a banda Vitrola 55
Quinta (01/08): quinta-feira animada com o forró de Luciana Lessa e Naldinho

Sexta (02/08): André Araújo abre o agito do final do semana, seguido de sertanejo universitário de Fran e Diego
Sábado (03/08): a partir das 12h, o tradicional Samba de Boteco. Mais tarde é a vez da Banda Pimenta e Sal e Stefano Oliver e Banda comandarem a noite de sábado
Domingo 04/08: muita alegria com a Banda Deixa de Fuxico

Serviço:
Endereço Av. Antônio Sales, 3177
Couvert: Terça: R$ 5,00. Quarta a Domingo: R$ 10,00
Telefone para contato: (85) 3461 2872


Agito com vista para o mar é no Boteco Original Beira Mar

Quarta (31/07): Pop Rock Nacional e Internacional, Flash Back e Reggae Music com a Banda Singular, na noite de quarta
Quinta (01/08): A quinta-feira é animada com mais pop rock, com a Banda Locomotiva animam
Sexta (02/08):  Stefano Marques e Mobydick agitam a noite de sexta
Sábado (03/08):  os cantores Pedro Rodrigues e Caio Arruda, e Banda Nectar comandam o sábado

Serviço:
Endereço Av. Beira Mar, 3821
Couvert: R$ 6,90 - todos os dias da semana
Telefone para contato: (85) 3263-1530

 

 

 

 

 

 

 

GASTRONOMIA

“Mesa ao Vivo 2013” mostra um novo olhar sobre a gastronomia cearense

A programação do evento contará com jantares, exposições gastronômicas, palestras e oficinas; os ingressos que garantem participação nas atividades já estão à venda


O Chef Claude Troisgros é um dos convidados desta edição do evento

Com o tema “Ceará: um novo olhar sobre o Brasil” será realizado, entre os dias 31 de julho e 1º de agosto, das 14 às 22h, em Fortaleza, a quarta edição do “Mesa ao Vivo Ceará”, renomado “reality show” de jornalismo gastronômico que já ganhou repercussão mundo afora. O evento, promovido pela revista Prazeres da Mesa e pelo Senac/CE, irá reunir grandes nomes da cozinha local, nacional e internacional, para sessões de degustação, exposição de restaurantes, aulas e debates sobre a gastronomia cearense.
Em um espaço montado especialmente para a realização simultânea da programação, o Mesa ao Vivo Ceará 2013 contará com um time de mais de 50 chefs convidados, que serão apoiados, em suas performances, por alunos dos cursos de Gastronomia do Senac Ceará. Entre os destaques, está Claude Troisgros, que comanda, no Rio de Janeiro, o restaurante Olympe, reconhecido inúmeras vezes pela crítica como o melhor restaurante francês da cidade.

Além de Claude, já estão confirmados nomes como Alberto Landgraf (Epice), Manuela Buffara (Manu Restaurante), Almir Fonseca (Culinary Institute of America), Salvatore Loi (Girarrosto), Abraham Salum (Salum Restaurant), Morena Leite (Capim Santo), Marie Anne (Le Marché), Faustino Paiva (Cantinho do Faustino), Lia Quinderé (Sucré), Ivan Prado (Senac/CE) e toda a equipe de Instrutores do Senac Ceará, entre outros. A cada dia do evento serão realizadas diversas palestras e oficinas, onde o público será convidado a acompanhar ativamente todas as etapas de produção da revista Prazeres da Mesa, assistindo aulas dos chefs convidados e participando de degustações ao lado de jornalistas, fotógrafos e designers, que transformam o conteúdo das atividades em uma publicação especial.
A sede do Senac Centro receberá o Mesa ao Vivo Ceará 2013 em um espaço que  contará em sua estrutura com: “Cozinha Master”, com capacidade para 150 pessoas, onde grandes chefs ministrarão suas oficinas; “Cozinha Senac Brasil”, ambiente exclusivo para instrutores do Senac de todo o País, onde serão realizados workshops, conduzidos por instrutores do Senac Ceará em dupla com instrutores de outros departamentos regionais do Senac, com ingredientes e técnicas cearenses; “Cozinhas Pedagógicas”, onde acontecerão mais de 40 oficinas, ministradas por grandes nomes do nosso estado; “Cozinha Em Pauta”, espaço no qual acontecem fóruns; “O Melhor das Cidades”, promovendo a degustação do cardápio dos melhores espaços gastronômicos da Capital; “Vila Mesa Sustentável”, que apresenta novos ingredientes cearenses que foram mapeados através do projeto Saberes e Sabores do Ceará, desenvolvido pelo Senac Ceará; e a área “Mundo do Vinho”, destinada à degustação de grandes rótulos nacionais e internacionais.
Os já tradicionais Jantares Magnos, em que chefs convidados comandam o cardápio, ocorrem nos dias 31 de julho e 1º de agosto, a partir das 20h30min, nos restaurantes Casa de Moá (Dionísio Torres) e Mucuripe, no Hotel Gran Marquise (Avenida Beira-Mar). Os convites que dão acesso aos jantares podem ser comprados antecipadamente nos próprios restaurantes.
Segundo Ivan Prado, consultor técnico de Gastronomia do Senac/CE, “a gastronomia no Ceará cresce a cada dia. Nesse sentido, é preciso que os cozinheiros cearenses levem o ofício com mais estudo, se debrucem sobre a nossa terra, nosso povo e história, não para aparecer, mas sim para desenvolver uma gastronomia e levantar uma bandeira, mostrar o que é o Ceará. Nosso Estado é muito mais do que sol e praia, temos ingredientes, temos história, boa comida e bons cozinheiros criativos. E é isso que precisamos apresentar”.

De acordo com Luiz Gastão Bittencourt, Presidente do Sistema Fecomércio Ceará, “o Senac já tem um curso de gastronomia que é um sucesso, onde todos os formandos saem empregados para o mercado de trabalho. Mas, além da formação, é importante ter essa troca de sinergia com chefs de outros estados e países, para que eles possam continuar inovando e fazendo com que a gastronomia cearense possa estar evoluindo de forma constante, criando novos postos de trabalho”.
Os ingressos para participação do evento já podem ser adquiridos através do site: www.ce.senac.br/mesaaovivo2013, até o dia 30 de julho. Após essa data, a compra dos ingressos pode ser feita na sede do Senac. Os valores são: R$ 60,00 para um dia, e R$ 100,00 para dois dias, mais R$ 6,00 (seis reais), referentes à doação de uma lata de leite para o Iprede.  Alunos do Senac, e de curso superior de Gastronomia, terão 30% de desconto na compra do ingresso. Mais Informações: (85) 3270.5400.
Realizado todo ano em São Paulo, o Mesa ao Vivo foi criado em 2004 e se tornou, em pouco tempo, referência no Brasil. Promovido pela revista Prazeres da Mesa em parceria com o Senac São Paulo, nasceu a partir da concepção de uma revista de gastronomia não apenas como projeto gráfico e editorial, mas como veículo de promoção de ações associadas à cultura e à experiência gastronômica. Em 2010 foi a vez de Fortaleza receber a 1ª edição do Mesa Ao Vivo, com o tema “A Identidade da Cozinha Cearense”.

 

 






LIVROS - NÃO-FICÇÃO

Dicas de maquiagem de Alice Salazar agora em livro 

Blogueira que conquistou o Brasil e o mundo – e milhões de acessos na internet – lança agora “De bem com o espelho” no Iguatemi, em Fortaleza 

A gaúcha Alice Salazar aprendeu a maquiar com sua mãe, a também maquiadora e designer de sobrancelhas Margarete Salazar. Em 2007, resolveu dedicar-se à carreira de maquiadora e frequentou cursos no Instituto Embelleze e no SENAC. No mesmo ano, interrompeu o curso superior em Design e ingressou em Estética e Cosmética na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). Trabalhou como maquiadora do Grupo RBS, emissora afiliada da Rede Globo de Televisão, por quatro anos. Em 2010, foi convidada pelo Grupo RBS a criar um blog sobre maquiagem – o Espelho Meu. Cursou a Escola de Maquiagem Make Up Forever, no Atelier Make-Up Paris, na França, e na Escola da Kryolan, na Argentina. Fenômeno na internet, os vídeos tutoriais de Alice já somam mais de 40 milhões de visualizações no Youtube.
Agora Alice, que ficou mais famosa depois de aparecer dando dicas no programa “Mais Você” de Ana Maria Braga, chega a Fortaleza para o lançamento de seu livro, “De Bem com o Espelho”, hoje a noite na livraria Saraiva do Shopping Iguatemi. 
O espelho mexe diretamente com a autoestima das mulheres. E na maioria das vezes, elas são realmente vaidosas, mas por falta de conhecimento em técnicas simples – como usar o curvex nos cílios – ficam limitadas a maquiagens mal feitas e que acabam por ressaltar aquilo que elas querem tanto esconder, como olheiras e espinhas.
Nesta sua primeira obra, Alice Salazar ensina como ficar com uma pele encantadora e olhos radiantes mesmo depois de um dia de trabalho daqueles – ou até mesmo depois de um fora na balada; ajuda a leitora a identificar qual é o tipo de pele – normal, seca, oleosa, mista –, e a valorizar morenas, loiras, negras, ruivas e orientais de acordo com cada tom de pele e cabelos.
Como ela diz, “depois de ler esse livro, as mulheres deixarão de ser meio bonitas para serem superbonitas!”. Carregar esta bíblia de beleza é sempre estar De bem com o espelho.













QUADRINHOS

O universo de Fernando Pessoa em HQ

Lançamento da Editora Peirópolis mergulha nos heterônimos criados pelo escritor português
 

Já chegou às livrarias de todo o país o álbum “Eu, Fernando Pessoa”, lançamento da Editora Peirópolis, que integra a coleção “Clássicos em HQ”. Escrita e roteirizada por Susana Ventura, a partir de textos históricos – cartas e obituários dos jornais de época -, a obra recebeu leitura visual do genial ilustrador gaúcho Eloar Guazzelli. Eu, Fernando Pessoa analisa de forma profunda os heterônimos criados pelo poeta e escritor português. O enredo se desenrola a partir de uma carta na qual Pessoa explica ao amigo Adolfo Casais Monteiro o nascimento e vida de seus principais heterônimos: Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos, e do semi-heterônimo Bernardo Soares.
A múltipla personalidade de Pessoa inspirou Guazzelli a desenhar em diferentes estilos. “Sempre gostei de mudar o traço, mas a trajetória do poeta me deu segurança para brincar ainda mais”, revela. Guazzelli destaca a parceria com Susana Ventura, fundamental para traduzir em imagens o amplo universo de Pessoa. “Ela me deu a base, o alicerce e assim ficou mais fácil pensar no desenvolvimento estético da história”, destaca o quadrinista, que teve cinco meses para concluir o trabalho.
Este é o segundo livro do ilustrador sobre o escritor português. Em 2012 lançou Fernando Pessoa e outros Pessoas. A satisfação com o resultado dos livros encorajou o autor a transportar as imagens que garimpou nesses dois trabalhos para sua outra profissão: a de diretor de curta-metragem. Guazzelli está adaptando para a tela uma releitura silenciosa e sintética de Eu, Fernando Pessoa. “Conviver com essa personalidade multipartida, essa verdadeira multidão gerada a partir de um indivíduo e sua explosão criativa em diversas frentes foi o que me cativou em definitivo”, confessa.

O entusiasmo pela obra do poeta gerou um novo projeto, um curta-metragem de animação na forma de um poema visual retratando o dia em que Fernando Pessoa virou imortal. Para tanto Guazzelli invocou seu "heterônimo" que trabalha com animação a mais de vinte e cinco anos. A animação pode ser ativada por QR Code impresso na contracapa do livro.
Trabalhar em cima da obra do poeta, segundo Guazzelli, foi ao mesmo tempo uma honra e um desafio. “Eu aceitei fazer o álbum com grande entusiasmo, mas com a plena consciência da enorme responsabilidade que tinha pela frente. Afinal, eu desenharia sobre um texto maravilhoso de um verdadeiro ícone da nossa vida cultural!”, revela, eufórico, acrescentando que leu muito sobre a vida do poeta e que a admiração e o respeito nortearam os estudos. “Eu sentia que a figura de Pessoa pairava sobre mim”.
Para atender o prazo estipulado, Guazzelli dividiu o trabalho em três etapas: básica (pesquisa visual e leitura do roteiro de HQ), esboço das páginas e arte-final (incluindo traço, cor e aplicação de balões e texto). Ele conta que foram necessários muitos ajustes, não só para adequar as ilustrações ao número de páginas, mas também para não deixar o texto muito pesado. “Tivemos um cuidado extremo para não violar a integridade da obra e, ao mesmo tempo, para não sermos redundantes, com transcrições demasiadamente literais”, detalha. Transpor para os quadrinhos o legado de um dos maiores nomes da literatura exigiu de Guazzelli um exercício intenso de autocontrole, equilibrado por alguns vôos mais intuitivos. “Foi uma verdadeira gangorra para não cair nas armadilhas criadas pelo desejo de traduzir em imagens a riqueza poética de Pessoa’, conclui.
A Coleção “Clássicos em HQ”, da Editora Peirópolis, inclui também versões para quadrinhos das obras: Dom Quixote (Cervantes por Caco Galhardo); Os Lusíadas (Camões por Fido Nesti); O Corvo (Poe por Luciano Irrthum); Demônios (Aluísio Azevedo por Eloar Guazzelli); Conto de Escola (Machado por Silvino); Auto da Barca do Inferno (Gil Vicente por Laudo Ferreira), A Divina Comédia (Dante por Piero e Giuseppe Bagnariol) e Frankenstein (Mary Shelley por Taisa Borges).









MÚSICA

Nenhum de Nós inova conceito de DVD musical 

Do pop, passando pelo cinema mudo, até a psicodelia, a banda traz muitas referências no novo “Contos Acústicos de Água e Fogo”
 

O Nenhum de Nós firmou a tradição de entremear álbuns “normais”, isto é, elétricos, feitos em estúdio, com acústicos ao vivo. A resposta dos fãs sempre foi ótima, os acústicos venderam muito bem desde o primeiro, de 1994, que rendeu também um disco de ouro para a banda. Na carreira, iniciada em 1987, são dez discos de estúdio, um elétrico ao vivo, três acústicos ao vivo (dois com os respectivos DVDs), mais seis coletâneas, superando um milhão de cópias. Poucas bandas brasileiras fizeram tantos discos, com tanta regularidade. Mesmo assim, tradições podem ser quebradas. Com o lançamento de “Contos Acústicos de Água e Fogo”, a banda ao mesmo tempo quebra e mantém sua tradição, protagoniza um dos mais inventivos projetos audiovisuais já realizados no Brasil e abre novos conceitos para DVDs de música ao vivo.
 

No meio de 2012, ainda durante a bem-sucedida temporada de lançamento do álbum elétrico Contos de Água e Fogo iniciada um ano antes, Thedy Corrêa, Carlos Stein, Veco Marques, João Vicenti, Sady Homrich e seu produtor Antônio Meira começaram a pensar no próximo trabalho. Estava tudo certo, público fiel e crescente, qualidade musical inquestionável, uma carreira sólida, mas... o que fazer? Mais um acústico ao vivo no Theatro São Pedro, como os outros? Não; ainda que de forma meio difusa, em vez de novamente um show gravado, eles queriam algo diferente, uma excitação nova. A busca por essa abordagem especial para o novo acústico ao vivo, com o fundamental detalhe de ser concebida para o formato DVD, interligou um circuito que chegaria a Claudio Veríssimo, experiente e arrojado realizador de filmes publicitários e videoclipes musicais. E ele topou o desafio de afirmar com imagens a necessidade do Nenhum de Nós em renovar sua exposição, acrescentando informações inéditas. O resultado é brilhante. Um DVD de música que pode ser visto como um DVD de arte, pois convive o tempo todo com a pintura, o desenho, a fotografia e especialmente, o cinema.
“Quando o artista grava um show, a intenção é transportar quem assiste para dentro do show”, argumenta Thedy, principal letrista da banda e um dos grandes cantores do pop brasileiro. “Com Contos Acústicos de Água e Fogo queríamos levar as pessoas para outros lugares. Queríamos mexer com elas de uma forma sensorial, abrir algumas portas de sua percepção. E o Veríssimo foi muito feliz nisso, assim como Moisés Betim, que deu grande contribuição para a linguagem artística do trabalho com suas pinturas e fotos criando ambientes oníricos”. Entre outros detalhes, Betim construiu artesanalmente maquetes que, filmadas, ampliadas e manipuladas no computador, se transformam em cenários de surpreendente efeito visual. Em vários momentos do DVD a música dialoga com uma estética de cinema mudo, a partir do ancestral, básico e até psicológico preto-e-branco. Mas também existe muita cor, usada com filtros, granulações e sugestões incomuns, aqui e ali remetendo à plasticidade psicodélica dos anos 60.
Tão bom nas guitarras quanto nos violões de 6 e 12 cordas de náilon e aço, no banjo, no ukulele, na sitar e agora no gu-zheng (espécie de harpa que trouxe da viagem à China em 2011), Veco chama a atenção para outra das preocupações iniciais: evitar o padrão do videoclipe convencional, quase sempre muito fragmentado. “Queríamos uma ideia de calma, sem cortes bruscos, mostrando nossos rostos e nossos instrumentos. As pessoas gostam de ver detalhes dos instrumentos”, diz.
A integração/interação das imagens com a banda é perfeita. Em alguns momentos as imagens (bosque, lago, cidade, trem, estrada, arabescos, figuras geométricas) são projetadas no telão ao fundo e, em outros, projetadas também nos músicos. Aqui, os músicos aparecem recortados, em total fundo branco; ali, quando o cenário é uma casa de brinquedo de verdade, eles estão dentro dela em miniatura. A menção a videoclipe vem a propósito, pois embora o resultado final seja de grande unidade em todos os sentidos, as 15 “faixas” de Contos Acústicos de Água e Fogo também podem ser vistas como 15 clipes, cada um com sua personalidade. Ou seja: mais um diferencial. Nada menos que oito cameramen trabalharam nas gravações.


Piano e violões abrem o DVD com Último Beijo, tocada em meio a lâmpadas translúcidas comuns com efeito incomum. A canção é do álbum Contos de Água e Fogo (2011), do qual saíram outras nove: Outono Outubro, Tu Vicio, Exatamente Igual, Água e Fogo (participação de Duca Leindecker), Um Pouquinho (chacarera com ukulele e bombo legüero), Primavera no Coração, Pequena e Inicio Fim, esta fechando o DVD só com Thedy e o piano de João Vicenti, som e gostas de chuva, um corpo azulado de mulher no telão. Quatro grandes sucessos ganham arranjos novos: Vou Deixar Que Você Se Vá (de Mundo Diablo, 1996, em clima de folk irlandês), Paz e Amor (do disco homônimo, 1998), Julho de 83 (de Histórias Reais Seres Imaginários, 2001), todas presentes em outros acústicos, e Feedback (de Pequeno Universo, 2005, letra de Martha Medeiros). Além de Tu Vicio, com letra em espanhol, a porção platina do Nenhum de Nós se manifesta na balada Crimen (de Gustavo Cerati, da cultuada banda argentina Soda Stereo), com a participação de Jorginho do Trompete. E para completar tem uma inédita, Aquela Estação, country-folk como a turma gosta, marcado por acordeom, três violões e banjo, mais o ator Zé Vitor Castiel recitando parte da letra (“Então ele embarcou naquele trem, com o bolso vazio, o coração partido...”).
Sempre usando seu chapéu gaúcho, o pianista, tecladista e acordeonista João Vicenti fala das gravações: “Fizemos tudo direto, ao vivo mesmo, tocamos como nos shows, respirando juntos o tempo todo, o que não é fácil no clima de um estúdio”. O mesmo podem dizer o consistente e bem-humorado baterista Sady Homrich e o baixista  convidado Estevão Camargo, que também participa dos vocais. Com seus violões, guitarras e o olhar sempre atento e calmo, Carlão Stein parece um dos pontos-chave da consistência mais íntima do Nenhum de Nós como um grupo de companheiros.
Contos Acústicos de Água e Fogo mostra uma banda excepcionalmente afiada e afinada. Soa estranho falar em maturidade aos 27 anos de estrada, mas neste trabalho o público pode constatar isso como nunca antes. Está tudo explícito na tela à frente, em planos gerais, closes, sobreposição de imagens, trocas de instrumentos, feeling, verdade e grande competência musical. Até vale salientar que das bandas brasileiras dos anos 1980 o Nenhum de Nós é a única, ao lado dos Paralamas do Sucesso, que nunca trocou nem perdeu integrantes. 













TELEVISÃO

Nova edição de "O Aprendiz" estreia em setembro com 16 ex-participantes
 
Em entrevista, apresentador Roberto Justus falou sobre o término de seu casamento com Ticiane Pinheiro


Fora do ar desde 2011, o reality show "O Aprendiz" voltará à Record neste ano com ex-competidores. 16 participantes demitidos terão uma nova chance na próxima edição, que se chamará "O Aprendiz – O Retorno", de acordo com revelações feitas na apresentação do programa nesta segunda-feira (1º). Com estreia prevista para setembro, "O Aprendiz" será comandado novamente pelo publicitário e empresário Roberto Justus, que passou três anos afastado do reality – sendo dois deles como contratado do SBT.
Para Justus, o reality show, apresentado por João Dória Jr. na última temporada, tem a sua cara. "Havia uma pressão muito grande para que eu voltasse. 'O Aprendiz' tem minha cara, minha pegada. O público se identificava mais comigo. Havia uma pressão para eu voltar. O que mais fazem na rua é me demitir". 
O apresentador se envolveu diretamente na seleção dos oito homens e oito mulheres já escolhidos para ter uma segunda chance, ele ligou pessoalmente para cada um. "A gente fez uma triagem e eu fiquei muito entusiasmado com alguns que eu achava que poderiam ter ganhado em suas edições. Mas não quero me influenciar por isso, porque quando começar todos eles estão zerados", afirmou. "Meu desafio ficou muito maior e sou movido por desafios, adoro. Estou com saudades de arrebentar com eles [candidatos]. Agora será um contra ao outro", afirmou apresentador sobre sua ansiedade em entrar na sala de reunião.
A audiência não foi levada em consideração na hora de chamar os demitidos. Justus preferiu deixar de fora os eliminados que pecaram pela falta de ética e os que desistiram – entre eles, Peter Collins, da terceira edição, que "demitiu" o apresentador. "Os que desistiram eu não chamo. Não preciso desse tipo de perdedores. Audiência vem muito mais pela credibilidade do que pela polêmica". O apresentador explicou que não há interferência da direção na hora de dar sua decisão final: "Eu nunca perguntei quem eu preciso demitir. Se o diretor começar a sentar no meu lugar, o público vai perceber".
Questionado se deixa a vida pessoal afetar seu trabalho, Justus contou que é normal ficar um pouco abalado quando algo ruim acontece. "Quando você tem problemas pessoais, você se abate um pouco, é natural. Tudo na vida é motivação. A vida é enfrentar problemas. Mas vocês viram algum sinal de que eu não estou bem?", perguntou aos jornalistas, referindo se ao término do casamento com a apresentadora Ticiane Pinheiro. "Estou passando por uma fase da vida pela qual já passei outras vezes. Já sou calejado. Nada na vida é definitivo", afirmou o publicitário que já foi casado quatro vezes.
Dono de oito empresas, Justus se desliga do trabalho quando sai do escritório e acredita que dividir as tarefas importantes para pessoas de sua confiança mantém sua vivacidade. "Continuo com meu espirito jovem porque tenho milhões de coisas para fazer sempre".
Diretor do "Aprendiz" e do "Roberto Justus +", Ricardo Justus, filho do publicitário contou que ele é o pai conseguem separar o lado profissional do pessoal. "Ele é uma pessoa muito exigente, o que me ajuda ser um profissional melhor. Me cobro o triplo para atender as exigências dele", afirmou o jovem. "O 'Aprendiz' é um laboratório humano. Você confina as pessoas e dá tarefas praticamente impossíveis para eles executarem em dois, três dias. É uma faculdade, além da dinâmica do jogo", concluiu Ricardo.
"O Aprendiz" será gravado em apenas 49 dias e os participantes não ficarão reclusos por três meses, como acontecia nas outras temporadas. Os finalistas assistirão à atração em casa e só voltarão para gravar a final, em dezembro. O prêmio é de um milhão de reais, além de um emprego com salário de 20 mil reais, em uma das empresas do grupo Newcomm, do qual Justus é CEO.
O diretor do programa, José Amâncio, adiantou que das 15 provas do programa, uma delas será gravada nos Estados Unidos, mas não deu maiores detalhes de como será a atividade. Justus está ansioso com a estreia e seu retorno. "Claro que me relacionei com alguns demitidos, mas a amizade vai acabar quando entrar na sala de reunião. Vou pressioná-los como eles nunca imaginaram", disse.

O programa será exibido uma vez por semana, provavelmente às terças-feiras. O apresentador também falará sobre o reality em seu talk show "Roberto Justus +", no qual pretende entrevistar os demitidos da semana e exibir os bastidores.












FESTAS & BOATES

Os 10 Compromissados encerram férias e se despedem do Ceará
 
Show com a banda baiana acontecerá nesta quarta, dia 31, na boate Republik

Para encerrar as férias em grande estilo e também marcar a despedida do grupo baiano que marcou presença no últimos dois meses em turnê pelo Ceará, a Republik apresenta mega show do grupo "Os 10 Compromissados", nesta quarta-feira, 31, a partir das 21h. Os 10 agora seguem em turnê por Natal e Rio de Janeiro.
Apaixonados pela boa música, dez jovens músicos baianos selaram um compromisso com este ritmo genuinamente brasileiro – o Samba – fazendo surgir o grupo em meados de setembro de 2003. Trazendo um repertório recheado de clássicos do mais puro samba partido alto (Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Bezerra da Silva, Lecy Brandão, dentre outros); romântico (Revelação, SPC, Bello, etc); samba do recôncavo e hit’s de outros estilos musicais sempre interpretados na cadência do samba. Além disso, o grupo tem mostrado o seu lado autoral desde a primeira apresentação, cantando suas próprias composições já no primeiro CD, com a participação de Riachão e, ainda, com composições inéditas de Ivete Sangalo e Alexandre Peixe.

SERVIÇO
Os 10 Compromissados (Bahia)
Local: Republik Lounge Bar & Discotheque - Av. Antônio Sales, 2760 - Aldeota
Quando: Quarta, dia 31 de julho
Horário: A partir de 21 horas
Ingresso: R$ 30; Lista VIP feminina R$ 15 (até 23h)
Informações: (85) 9986-9913













CENA GLS

Confira a programação da boate Meet na próxima sexta e sábado


SEXTA-FEIRA, 2/8
.:: PARTY IN THE DARK ::.

As luzes se apagam e o clima de paquera rola solto na noite! No line-up, os DJs residentes Diego Baez, Ferrucio Alison e Moa Monteiro. Pocket show com Diogo Victor. Plus: tequila en dobro até 2h, brindes para os 100 primeiros, apagões de hora em hora. Preços: R$ 25 (consumo até 0h) e R$ 25 (ingresso após 0h). Lista de vantagens pelo Facebook.


SÁBADO, 3/8

.:: CHECK OUT - A DESPEDIDA OFICIAL DAS FÉRIAS ::.

A Meet Music & Lounge te convida para se despedir das férias em grande estilo. No line-up, os residentes Roberta Twiggy, David Harry, Pedro Igor e Thiago Costta. Plus: Absolut e caipirosca em dobro até 2h, presença dos Meetboys, turistas pagam apenas consumação mínima. Preços: R$ 25 (entrada até 0h) e R$ 30 (entrada após 0h). Lista de vantagens pelo Facebook.

Serviço:
Meet Music & Lounge
Rua Coronel Jucá, 273 - Varjota
Fortaleza/CE
Mais informações: (85) 8806.5537 / www.meetfortaleza.com.br










TV POR ASSINATURA

Série FALLING SKIES terá embate sangrento e descobertas reveladoras

Nos dias 2 e 9 de agosto, sempre às 22h30*, a TNT exibe episódios finais da terceira temporada


Na reta final do terceiro ano de FALLING SKIES, a resistência humana prepara uma grande ofensiva contra a ameaça alienígena, mas os extraterrestres reservam surpresas ao grupo liderado por Tom Mason (Noah Wyle). O público curte as emoções finais da série pelas próximas duas sextas-feiras na TNT. Em 2 de agosto, o canal exibe o penúltim o episódio da trama, e então, uma semana mais tarde, dia 9, é hora do tão esperado desfecho, curiosamente intitulado "Brazil".

Quando Tom finalmente tem acesso a informações da inteligência inimiga, e a cidade de Charleston organiza aquele que pode ser um ataque decisivo, uma enorme explosão leva a operação a um impasse.

A custa de muito sangue, no entanto, os guerreiros da 2nd Mass conseguem derrotar a crucial base Espheni, e reintegram à família Mason aqueles que haviam sido perdidos. Mas a chegada de novos membros da força interestelar coloca o destino dos sobreviventes da Terra novamente em dúvida.

Produzida pelos estúdios DreamWorks e por Steven Spielberg, FALLING SKIES acompanha os sobreviventes de uma invasão extraterrestre que transforma a Terra em um cenário apocalíptico. Neste contexto, o professor e viúvo Tom Mason organiza seus pares para defender seu território custe o que custar.

Falling Skies vai ao ar às sextas-feiras, às 22h30*, na TNT.









SAÚDE

CÉLULAS-TRONCO SÃO A ESPERANÇA PARA O TRATAMENTO DE DOENÇAS
 
Medicina Regenerativa é uma alternativa para a cura de doenças. Diabetes Tipo 1, Lúpus, Doença de Alzheimer e até mesmo a Aids, já estão em fase de pesquisa clínica


O sangue contido no cordão umbilical, durante a gravidez, tem a função de levar oxigênio e nutrientes essenciais da mãe para o bebê. Há alguns anos, esse sangue era totalmente descartado. Hoje, no entanto, inúmeras pesquisas em andamento buscam identificar como as células-tronco, presentes no sangue do cordão umbilical, podem ajudar a salvar vidas.
Segundo a Fundação Parent's Guide to Cord Blood, as células-tronco já são utilizadas para o tratamento de 79 tipos de doenças, sendo que, destas, 36 enfermidades já se encontram em fase de aplicação em voluntários humanos. Dentre as principais, para as quais as células-tronco tem se mostrado benéficas, estão a Leucemia, Talessemia e Linfomas. Além disso, muitas doenças estão em estudo, como Diabetes Tipo 1, doenças neurológicas e, até mesmo, a cura da Aids.
De acordo com o hematologista e diretor técnico da Criogênesis, Dr. Nelson Tatsui, esses dados mostram o porquê de muitas famílias buscarem ajuda para armazenar as células-tronco do cordão umbilical de seus filhos recém-nascidos, a fim de não precisarem recorrer a alguém que possa doar células caso, algum dia, venham precisar. “O acesso à informação sobre o procedimento, as vantagens e os preços mais acessíveis são prerrogativas que tem feito com que as famílias optem pelo armazenamento privado das células-tronco, a fim de serem utilizadas pelos próprios filhos”, explica.
Ainda segundo o especialista, as células-tronco do cordão umbilical são células adultas e livres de impurezas, o que garante ainda mais eficiência em seu uso na área terapêutica. “As células, após a coleta, são avaliadas e armazenadas, podendo ficar congeladas por tempo indeterminado sem que haja a perda de suas propriedades terapêuticas. Para se ter uma ideia, existem bolsas de sangue de cordão congeladas há mais de 20 anos”, ressalta o hematologista.
O armazenamento das células-tronco pode também beneficiar parentes próximos, principalmente irmãos. Com as células criopreservadas, há garantia de rapidez no tratamento e não há riscos de rejeição após o transplante, caso elas sejam do próprio doador.



Sobre a Criogênesis


A Criogênesis nasceu em São Paulo e possui mais de 10 anos de experiência no mercado brasileiro. A clínica é referência em serviços de coleta e criopreservação de células-tronco e em medicina reprodutiva. Sua missão é estimular o desenvolvimento da biotecnologia através de pesquisas, assegurando uma reserva celular para tratamento genético futuro.
www.criogenesis.com.br










BELEZA

Cabelos coloridos: NEUTROX SOS restaura os fios após aplicação da tintura

Produtos de uso diário ajudam a devolver o brilho e a maciez

Experimentar, ousar, mudar. A coloração é um instrumento a favor da beleza cada vez mais usado pelas mulheres brasileiras.  Além de valorizar o visual, usa-se este recurso para tingir os fios brancos ou para apostar em uma nova tonalidade, que ajuda a aumentar a autoestima e conquistar elogios. Mas, ao mesmo tempo, os cabelos tingidos podem ficar sem vida, danificados e opacos, pois a coloração permanente e os procedimentos de descoloração costumam abrir as cutículas e agredir a fibra capilar. Por isso, é preciso investir em cuidados diários e intensivos a fim de restaurar a vitalidade e a maciez dos cabelos.
Para reduzir a agressão dos agentes químicos e aumentar a resistência dos fios, devolvendo-lhes o brilho, a maciez e a flexibilidade natural, Neutrox desenvolveu a linha Neutrox SOS cujas formulações contêm Duo Complexo de Proteínas e Queratina em todos os produtos. Ela é formada por shampoo sem sal, condicionador, creme de pentear, creme de tratamento e o sachê de tratamento de choque que tem aplicação rápida e ação instantânea (ele é duplo e aplicado em duas fases:  uma após o uso do shampoo, que deve agir em três minutos. A segunda etapa é para ser aplicada ainda nos fios úmidos e não há necessidade de enxaguar).
Além disso, para hidratação semanal, a marca desenvolveu um creme de tratamento profundo, que é 3 x mais concentrado e oferece ação instantânea com  18 aminoácidos, que ajudam na reconstrução da fibra capilar e reparação intensiva da fibra danificada por agentes químicos externos ou processos químicos. Um completo arsenal de produtos para prevenir os danos e recuperar os cabelos intensamente danificados. 
A seguir, confira mais detalhes dos produtos Neutrox desenvolvidos para cabelos danificados por processos químicos, disponíveis em todo o Brasil, nas principais drogarias e redes de supermercados.

Shampoo Neutrox SOS (350ml): a formulação sem sal e com Duo Complexo de Proteínas e Queratina limpa os fios sem ressecar as pontas e prepara-os para a ação de ativos hidratantes. Preço médio: R$ 4,05

Condicionador Neutrox SOS (350ml):  com fórmula sem sal e Duo Complexo de Proteína e Queratina, a utilização contínua ajuda a restaurar, hidratar e devolve a maciez aos fios. O produto deve ser aplicado nos cabelos ainda molhados, massageando-os. Deixar agir por alguns minutos e, em seguida, enxágue. Preço médio: R$ 4,60

Creme de Tratamento Neutrox SOS (400g): fórmula com duo complexo de proteína e queratina que penetra e aumenta a resistência da fibra capilar. Deve ser aplicado após a lavagem,  em toda extensão dos fios, mecha a mecha, por todo cabelo até as pontas. Deixe agir por, no mínimo, 3 minutos e enxágüe. Aplicar semanalmente para hidratar os fios ressecados pelo excesso de processos químicos. Preço médio: R$ 5,38.

Creme Para Pentear Neutrox SOS (300ml): ideal para cabelos danificados por processos químicos, como progressiva, relaxamento e coloração. Esse produto oferece os cuidados intensivos da combinação do Duo Complexo de Proteínas e Queratina. Proporciona efeito regenerador imediato, por devolver a elasticidade e a disciplina aos fios danificados. Apresenta perfume de alta duração. Sem enxágue.  Preço médio: R$ 4,09.

Creme de Tratamento de Choque Linha SOS (30g): repõe proteínas, recupera a estrutura da fibra capilar, sela a cutícula, repara os danos e, com isso, restaura a maciez e o brilho dos fios. Este produto é dose única e recupera os fios submetidos à progressiva, colorações e mechas, além de diminuir o frizz. Seu uso é prático e fácil por meio de duas etapas:  1)Repõe e 2) Sela. A primeira é aplicada após o uso do shampoo e deve agir por três minutos. Basta enxaguar e secar os cabelos com uma toalha. A segunda é para ser aplicada ainda nos fios úmidos e não há necessidade de enxaguar. Basta secar como de costume. É indicado ainda para levar em viagens ou para a academia. Preço médio: R$ 2,40.

Creme de Tratamento Profundo Neutrox SOS (1kg)
: possui ação restauradora com efeito imediato para a reparação intensiva da fibra danificada por agentes químicos externos ou processos químicos. Sua formulação 3X mais concentrada oferece tratamento profundo e aumenta a resistência dos fios devido ao alto poder de hidratação da queratina, do duo complexo de proteína e da ação instantânea promovida por 18 aminoácidos.  Após a lavagem, aplicar em toda extensão dos fios, mecha a mecha, por todo cabelo até as pontas. Deixe agir por 20 minutos na touca laminada ou por 15 minutos na touca térmica. Enxágue. É ideal para tratar cabelos de quem faz chapinha e escova. Além disso, ajuda a reduzir o volume e o frizz dos cabelos. Rende até 50 aplicações. Preço médio: R$ 9,60.

ARTES PLÁSTICAS, ARQUITETURA, DESIGN, DECORAÇÃO

Casa Cor Ceará se prepara para a sua 15ª edição

Imóvel da Família Boris, construído em 1950, localizado na Aldeota, receberá diversos ambientes decorados sob o tema “Um Olhar sobre o Ceará”

A Casa Cor Ceará já iniciou os preparativos para a sua 15ª edição, que acontece em outubro. Em 2013, a versão cearense da mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, acontece em um imóvel de arquitetura europeia exclusiva, construído na década de 50.
O tema escolhido para este ano foi, “Um olhar para o Ceará”: a inspiração estará presente em todos os ambientes que, além dos elementos decorativos e arquitetônicos, contarão com seleção especial de música brasileira e um cardápio especial de comidas típicas cearenses no restaurante e café. Os nomes dos ambientes serão uma homenagem às várias expressões cearenses de cultura, arte e costumes.
O imóvel, escolhido para esta edição, possui 7.200 m², com 1.100 m² de área construída atualmente. A Casa Cor Ceará 2013 selecionou a propriedade da Família Boris, que foi moradia de Bertrand e Ariza Boris e de um de seus filhos, Gerard Boris. A casa foi construída em 1950, localizada em endereço exclusivo na Aldeota, na Av. Rui Barbosa, bairro tradicionalmente residencial de Fortaleza. O local da 15ª edição do evento ganha destaque e chama atenção pela arborização e o tamanho de seu terreno, rodeado de árvores e palmeiras antigas.
Para esta 15ª edição, a Casa Cor Ceará comemora os resultados alcançados em 2012.  A mostra cearense ganhou dois prêmios: o de Melhor Evento Nacional, como a melhor Casa Cor 2012 do ano entre as 19 franquias brasileiras; e o 1º lugar em Maior Percentual de Aumento de Público Nacional. Os Prêmios foram recebidos na Convenção Anual do Grupo, que aconteceu em São Paulo (SP), e foram disputados por todas as 23 franquias nacionais e internacionais da Casa Cor.
Serviço:
Casa Cor Ceará 2013
Local: Av. Rui Barbosa nº 869, (esquina com Rua Pereira Filgueiras)
Data: 10 de Outubro a 19 de Novembro
Special Sale: 18 e 19 de Novembro
Horário: 16h às 22h, de Terça a Domingo, incluindo feriados

BARES, CAFÉS, SANDUÍCHES, SORVETES

Confira a programação dos melhores bares de Fortaleza
 
Muita música e gente bonita no Fiteiro Dom Luís

Quarta (31/07): o melhor do sertanejo universitário com a dupla Fran e Diego
Quinta (01/08): muita animação com a Banda Larga, na noite quinta-feira
Sexta (02/08): para abrir o final de semana, mais sertanejo com Fran e Diego, seguido do animado forró de Luciana Lessa e Naldinho
Sábado (03/08): muito agito com o cantor André Araújo, seguido de Ticiano Tavi e Banda
Domingo (04/08): domingo é dia de muito samba e pagode com o Grupo Firmação

Serviço:
Endereço: Rua Júlio Abreu, 131, Varjota
Couvert: Segunda a quinta: R$ 7,90 / Sexta, sábado e domingo: R$ 10,00
Telefone para contato: (85) 3067-8892







Cerveja gelada e muita animação é no Boteco Original Antônio Sales
Quarta (31/07): Clássicos do rock, Soul e Blues com a banda Vitrola 55
Quinta (01/08): quinta-feira animada com o forró de Luciana Lessa e Naldinho

Sexta (02/08): André Araújo abre o agito do final do semana, seguido de sertanejo universitário de Fran e Diego
Sábado (03/08): a partir das 12h, o tradicional Samba de Boteco. Mais tarde é a vez da Banda Pimenta e Sal e Stefano Oliver e Banda comandarem a noite de sábado
Domingo 04/08: muita alegria com a Banda Deixa de Fuxico

Serviço:
Endereço Av. Antônio Sales, 3177
Couvert: Terça: R$ 5,00. Quarta a Domingo: R$ 10,00
Telefone para contato: (85) 3461 2872






Agito com vista para o mar é no Boteco Original Beira Mar
Quarta (31/07): Pop Rock Nacional e Internacional, Flash Back e Reggae Music com a Banda Singular, na noite de quarta
Quinta (01/08): A quinta-feira é animada com mais pop rock, com a Banda Locomotiva animam
Sexta (02/08):  Stefano Marques e Mobydick agitam a noite de sexta
Sábado (03/08):  os cantores Pedro Rodrigues e Caio Arruda, e Banda Nectar comandam o sábado

Serviço:
Endereço Av. Beira Mar, 3821
Couvert: R$ 6,90 - todos os dias da semana
Telefone para contato: (85) 3263-1530

BASTIDORES

BELEZA

Cabelos coloridos: NEUTROX SOS restaura os fios após aplicação da tintura

Produtos de uso diário ajudam a devolver o brilho e a maciez

Experimentar, ousar, mudar. A coloração é um instrumento a favor da beleza cada vez mais usado pelas mulheres brasileiras.  Além de valorizar o visual, usa-se este recurso para tingir os fios brancos ou para apostar em uma nova tonalidade, que ajuda a aumentar a autoestima e conquistar elogios. Mas, ao mesmo tempo, os cabelos tingidos podem ficar sem vida, danificados e opacos, pois a coloração permanente e os procedimentos de descoloração costumam abrir as cutículas e agredir a fibra capilar. Por isso, é preciso investir em cuidados diários e intensivos a fim de restaurar a vitalidade e a maciez dos cabelos.
Para reduzir a agressão dos agentes químicos e aumentar a resistência dos fios, devolvendo-lhes o brilho, a maciez e a flexibilidade natural, Neutrox desenvolveu a linha Neutrox SOS cujas formulações contêm Duo Complexo de Proteínas e Queratina em todos os produtos. Ela é formada por shampoo sem sal, condicionador, creme de pentear, creme de tratamento e o sachê de tratamento de choque que tem aplicação rápida e ação instantânea (ele é duplo e aplicado em duas fases:  uma após o uso do shampoo, que deve agir em três minutos. A segunda etapa é para ser aplicada ainda nos fios úmidos e não há necessidade de enxaguar).
Além disso, para hidratação semanal, a marca desenvolveu um creme de tratamento profundo, que é 3 x mais concentrado e oferece ação instantânea com  18 aminoácidos, que ajudam na reconstrução da fibra capilar e reparação intensiva da fibra danificada por agentes químicos externos ou processos químicos. Um completo arsenal de produtos para prevenir os danos e recuperar os cabelos intensamente danificados. 
A seguir, confira mais detalhes dos produtos Neutrox desenvolvidos para cabelos danificados por processos químicos, disponíveis em todo o Brasil, nas principais drogarias e redes de supermercados.

Shampoo Neutrox SOS (350ml): a formulação sem sal e com Duo Complexo de Proteínas e Queratina limpa os fios sem ressecar as pontas e prepara-os para a ação de ativos hidratantes. Preço médio: R$ 4,05

Condicionador Neutrox SOS (350ml):  com fórmula sem sal e Duo Complexo de Proteína e Queratina, a utilização contínua ajuda a restaurar, hidratar e devolve a maciez aos fios. O produto deve ser aplicado nos cabelos ainda molhados, massageando-os. Deixar agir por alguns minutos e, em seguida, enxágue. Preço médio: R$ 4,60

Creme de Tratamento Neutrox SOS (400g): fórmula com duo complexo de proteína e queratina que penetra e aumenta a resistência da fibra capilar. Deve ser aplicado após a lavagem,  em toda extensão dos fios, mecha a mecha, por todo cabelo até as pontas. Deixe agir por, no mínimo, 3 minutos e enxágüe. Aplicar semanalmente para hidratar os fios ressecados pelo excesso de processos químicos. Preço médio: R$ 5,38.

Creme Para Pentear Neutrox SOS (300ml): ideal para cabelos danificados por processos químicos, como progressiva, relaxamento e coloração. Esse produto oferece os cuidados intensivos da combinação do Duo Complexo de Proteínas e Queratina. Proporciona efeito regenerador imediato, por devolver a elasticidade e a disciplina aos fios danificados. Apresenta perfume de alta duração. Sem enxágue.  Preço médio: R$ 4,09.

Creme de Tratamento de Choque Linha SOS (30g): repõe proteínas, recupera a estrutura da fibra capilar, sela a cutícula, repara os danos e, com isso, restaura a maciez e o brilho dos fios. Este produto é dose única e recupera os fios submetidos à progressiva, colorações e mechas, além de diminuir o frizz. Seu uso é prático e fácil por meio de duas etapas:  1)Repõe e 2) Sela. A primeira é aplicada após o uso do shampoo e deve agir por três minutos. Basta enxaguar e secar os cabelos com uma toalha. A segunda é para ser aplicada ainda nos fios úmidos e não há necessidade de enxaguar. Basta secar como de costume. É indicado ainda para levar em viagens ou para a academia. Preço médio: R$ 2,40.

Creme de Tratamento Profundo Neutrox SOS (1kg)
: possui ação restauradora com efeito imediato para a reparação intensiva da fibra danificada por agentes químicos externos ou processos químicos. Sua formulação 3X mais concentrada oferece tratamento profundo e aumenta a resistência dos fios devido ao alto poder de hidratação da queratina, do duo complexo de proteína e da ação instantânea promovida por 18 aminoácidos.  Após a lavagem, aplicar em toda extensão dos fios, mecha a mecha, por todo cabelo até as pontas. Deixe agir por 20 minutos na touca laminada ou por 15 minutos na touca térmica. Enxágue. É ideal para tratar cabelos de quem faz chapinha e escova. Além disso, ajuda a reduzir o volume e o frizz dos cabelos. Rende até 50 aplicações. Preço médio: R$ 9,60.

CENA GLS

As festas da Level e Phantástica neste fim de semana
 

SEXTA, 2 DE AGOSTO
Sextas Intenções
Local: Level Club
Horário: 23h
As sextas da Level Club subiram de nível e prometem muita musica, bebida e paquera em um único lugar. A palavra de ordem é diversão!

Djs Barbara Martins, Bárbara Bentes, Nyel Hazan, Setric Abused, Jhon Pack, Lia Tavares, Gamby, Carolina Silva

Plus
Cerveja em dobro até 0h e Vodca em dobro de 0h até 3h

Ingressos
- R$ 15 até 0H
- R$ 20 após 0H

Endereço:
Rua Dragão do Mar, 218 - Praia de Iracema - Fortaleza
(85) 8660.4088 / 9959.8069 / 8773.8471 / 3219.0744


SÁBADO, 3 DE AGOSTO


VISH

Na 4ª edição da VISH, iremos unir a força da Princesa do Pop, Britney Spears, e a saudade que temos daquelas músicas que marcaram a nossa vida.

Djs: Amabilis Ohanna, Fábio Balack, Italo Bergman, Lohan, Ph Archibald, Sergio Klisman, Adrian Michel, Diego Emanuel, Edmilson Teixeira, Erick Menezes, Juh Veras, Tavinho Candido

Plus:
Tequila em dobro até 1h
Pocket Show com a cover da Britney Spears: Erica Spears

Ingressos:
Pista: R$ 10 até 0H | R$ 15 de 0H até 1H | R$ 20 após 1H
Camarote: R$ 50

Endereço:
Rua Dragão do Mar, 218 - Praia de Iracema - Fortaleza
(85) 8660.4088 / 9959.8069 / 8773.8471 / 3219.0744





 

Seduction - Open Bar

Local: Phantástica Club
Horário: 23h

No primeiro fim de semana de agosto, a Phantástica abre as portas neste sábado para um mundo de desejos e fantasias onde tudo pode acontecer. Uma noite para seduzir e ser seduzido. E para a paquera rolar solta, nada melhor que uma noite de Open Bar para tirar a timidez ...

- Open Bar de cerveja, vodka e whisky nacional até 2 da manhã.

Djs residentes: Tiago Fasano,  Rachid Barros, Léo Telles com live show de Diogo Victor

Plus:
Sorteio de PHAN FREE por 1 ano

Preço:
Pista - Até 0h - R$ 25 | Pós 0h - R$ 30
Camarote Open Bar - Antecipado R$ 50 (Loja Xinellus Shopping Aldeota - No $$)
Camarote Open Bar - Na Hora R$ 60 ($$ e Cartão)

Endereço: Rua Dragão do Mar, 441, Praia de Iracema
MAIS INFORMAÇÕES
(85) 8770-0020





 



Confira a programação da boate Meet na próxima sexta e sábado


SEXTA-FEIRA, 2/8
.:: PARTY IN THE DARK ::.

As luzes se apagam e o clima de paquera rola solto na noite! No line-up, os DJs residentes Diego Baez, Ferrucio Alison e Moa Monteiro. Pocket show com Diogo Victor. Plus: tequila en dobro até 2h, brindes para os 100 primeiros, apagões de hora em hora. Preços: R$ 25 (consumo até 0h) e R$ 25 (ingresso após 0h). Lista de vantagens pelo Facebook.


SÁBADO, 3/8

.:: CHECK OUT - A DESPEDIDA OFICIAL DAS FÉRIAS ::.

A Meet Music & Lounge te convida para se despedir das férias em grande estilo. No line-up, os residentes Roberta Twiggy, David Harry, Pedro Igor e Thiago Costta. Plus: Absolut e caipirosca em dobro até 2h, presença dos Meetboys, turistas pagam apenas consumação mínima. Preços: R$ 25 (entrada até 0h) e R$ 30 (entrada após 0h). Lista de vantagens pelo Facebook.

Serviço:
Meet Music & Lounge
Rua Coronel Jucá, 273 - Varjota
Fortaleza/CE
Mais informações: (85) 8806.5537 / www.meetfortaleza.com.br

CIÊNCIA, COMPORTAMENTO

CINEMA

Novo filme de Teence Malick, “Amor Pleno” está em cartaz
 
Drama com Ben Affleck é uma das estreias da semana no Multiplex UCI Ribeiro Iguatemi

Em resposta às declarações do cantor, Kamyla Simioni se indignou no Twitter. "Oportunista? Para né! Aguardem cenas do próximo capítulo", escreveu. Terrence Malick novamente oferece beleza com "Amor Pleno", mas desta vez de forma menos relevante. A proposta de "Amor Pleno", do diretor americano Terrence Malick, é explorar o quão mutável pode ser o amor, e consequentemente as pessoas e suas relações. Na história acompanhamos a união cheia de altos e baixos de Neil (Ben Affleck) e Marina (Olga Kurylenko). Apostando em uma paixão arrasadora (e de momento), a mulher francesa resolve se mudar com o novo parceiro para os Estados Unidos, levando junto sua filha e a esperança de uma vida nova. Mas as coisas não seguem como o programado, e Marina acaba se vendo afastada destas duas pessoas as quais dedicou seu amor. Algo parecido acontece com Jane (Rachel McAdams), que ao se tornar uma das partes de um triângulo amoroso, acaba enfrentando consequências aparentemente improváveis, ainda mais quando a paixão cega o raciocínio.
Diferente do filosofal "A Árvore da Vida", este novo filme de Malick não oferece tanta profundidade com seu tema, na verdade ele é bem simplista em sua estrutura, o que acaba tornando o resultado menos atraente e em alguns momentos até mesmo pouco consistente. As reviravoltas da trama, pontuadas basicamente por mudanças bruscas de comportamento dos protagonistas, não oferecem a naturalidade buscada pelo realizador, e o argumento principal dá voltas e voltas sem chegar a um lugar mais específico.

A história paralela do padre Quintana (interpretado com humildade por Javier Bardem) corrobora esta falta de propósito, pois, apesar de (tentar) fortalecer e discutir a temática apresentando a falta de amor do sacerdote por Deus, ou até mesmo a busca por este sentimento (que foi perdido, alterado), não temos ali uma análise mais elaborada, por mais poética e enigmática que ela possa se revelar.
Obviamente a produção é belíssima, devido a linguagem visual única de Malick, que começou a ser estruturada já em seu segundo filme, o contundente "Cinzas no Paraíso". De ritmo moroso e carregado de um sentimento contemplativo, "Amor Pleno" tem nesta característica seu grande mérito. Mesmo as interpretações pouco impactantes de Affleck e Kurylenko são atenuadas pela beleza oferecida. A trilha de Hanan Townshend (que já havia trabalhado com o diretor em "A Árvore da Vida"), completa o clima auspicioso de exploração da realidade proposta pela movimentação orgânica da câmera de Malick, que sempre utiliza a iluminação e ângulos recortados como um inusitado artifício agregador.
Em comparação aos excepcionais últimos longas do diretor, "Amor Pleno" pode ser considerado um trabalho menor, que fala sobre algo relevante (a grandiosidade do amor, suas trapaças e perseverança), mas não alcança a profundidade esperada, e acaba se tornando apenas uma experiência visual e não tão reveladora como supostamente deveria ser. Mesmo assim, não estamos falando de algo ruim, apenas menor.

CINEMA CEARÁ

CINEMA DE ARTE

CINEMA NACIONAL

Público do cinema nacional cresce 280% no primeiro semestre do ano

Os longas brasileiros venderam, nos primeiros seis meses do ano, pouco mais de 13 milhões de ingressos

Se o primeiro semestre do ano passado foi um terror para o cinema nacional, que não conseguiu colocar nenhum filme na marca de 1 milhão de espectadores, 2013 mudou completamente o cenário. Os longas brasileiros venderam, nos primeiros seis meses do ano, pouco mais de 13 milhões de ingressos, um pulo de 280% em relação ao mesmo período em 2012, que atraiu 3,5 milhões de pagantes aos cinemas, de acordo com o Filme B, portal que monitora o mercado cinematográfico no país. Na renda, os números são ainda melhores: a bilheteria total de R$ 144 milhões representa um crescimento de 289% em relação ao ano passado, que ficou em R$ 37 milhões.
Os dados não chegam a ser uma surpresa, porque representam uma tendência do fim do ano passado com as estreias das comédias nacionais, a galinha dos ovos de ouro do cinema brasileiro, e dramas sobre músicos famosos. Dos cinco filmes que ultrapassaram a marca de 1 milhão de espectadores no primeiro semestre de 2013, três deles são comédias ("De Pernas Pro Ar 2", "Vai Que Dá Certo", "Minha Mãe é Uma Peça"), enquanto dois envolvem o nome Renato Russo ("Somos Tão Jovens" e "Faroeste Caboclo"), ex-líder da Legião Urbana. "O crescimento é exagerado, porque estamos vindo de uma posição muito ruim. Mas é um aumento altamente expressivo, mostra que o cinema brasileiro cresceu e ficou robusto", afirma Paulo Sérgio Almeida, diretor do Filme B, portal especializado no mercado de cinema no Brasil.
Entre todas as produções (nacionais e internacionais) que estrearam em 2013, apenas "De Pernas Pro Ar 2", com R$ 44 milhões de renda, e "Vai Que Dá Certo", com R$ 29 milhões, entram entre os dez mais vistos do ano --a liderança absoluta é de "Homem de Ferro 3" com R$ 96 milhões. Mas os longas estrangeiros não estão num momento tão bom. Houve uma queda de 13% no público do cinema internacional, e de 5% na renda --em parte explicada pela Copa das Confederações e pela onda de manifestações no país, que quebraram a tendência de alta em junho, mês dos grandes lançamentos hollywoodianos.
Há boas notícias também no meio da tabela do cinema nacional. O aclamado "O Som ao Redor" fechou sua carreira com 94 mil espectadores e uma renda de quase 1 milhão -números expressivos para um longa fora da curva das comédias televisivas e sem nenhum astro global. O mesmo pode ser dito de "Elena", o documentário mais visto do ano, mesmo sem trazer nenhuma biografia de cantor famoso, como geralmente é a marca dessas produções. "O cinema de qualidade no Brasil não tem sido feito com muita frequência no Brasil, então precisamos ter mais carinho com esses filmes", diz Almeida.


CULTURA POPULAR

Banda Aviões do Forró faz show no São João de Maracanaú 2013
 
Cantor Beto Barbosa e as Coleguinhas também farão apresentações neste fim de semana

A banda que conquistou o Brasil, Aviões do Forró, se apresenta nesta quinta, dia 18, na IX edição do São João de Maracanaú. No repertório, a banda, comandada por Solange Almeida e Xand Avião, promete agitar o público cantando sucessos como “Se eu te pego hã”, “Ziriguidum” e “A carne é fraca”. Além de Aviões do forró, as bandas Forró da Bandidona e Caviar com Rapadura, também se apresentarão. Já na sexta (19), o público vai poder curtir a festa com a dupla sertaneja Luis Marcelo e Gabriel, o cantor Beto Barbosa e a banda Bonde do Brasil. E no sábado (20), a festa vai ficar por conta das Coleguinhas, Toca do Vale e o Forró do Bom.
Além da programação de shows, o São João conta com outras atrações, como: Festival de Quadrilha e apresentações de danças e de teatro de grupos na Cidade Cenográfica.
O São João de Maracanaú, reconhecido como um dos maiores e melhores do Brasil começou em 06 de julho e se encerra no dia 20. Tendo como temática central o aniversário de 30 anos da Cidade, fazendo também uma homenagem aos índios Pitaguarys, o evento acontece em um espaço de 21,6 mil m², localizado na Avenida I, entrada do bairro Jereissati. A expectativa é de que mais de um milhão de pessoas participem da IX edição.  
Este ano, a cidade cenográfica é uma réplica do Maracanaú antigo. Um dos destaques é a homenagem aos Índios Pitaguarys, principal tribo ligada ao município, que farão apresentações de danças e artesanatos típicos. Na Cidade Cenográfica, a programação acontece todos os dias, a partir das 19 horas. A animação fica ainda por conta do Festival de Casamento Matuto, V Festival de Violeiros, IV Festival de Repentistas, apresentações de grupos folclóricos, grupos teatrais e o IV Festival Gastronômico. Grupos indígenas de Maracanaú e outras cidades também estarão no local vendendo peças artesanais produzidas por eles. Além do artesanato, nesse espaço haverá venda de comidas típicas, bebidas e outros artigos. Haverá também um engenho, uma casa de farinha e será montada uma mini fazendinha com animais e uma casa de taipa temática.

Programação -São João de Maracanaú
(sujeita a alteração)

Shows
18/07/2013 - Forró da Bandidona / Aviões / Caviar com Rapadura
19/07/2013 – Luis Marcelo e Gabriel / Beto Barbosa / Bonde do Brasil
20/07/2013 - Forró do Bom / Coleguinhas / Toca do Vale

Festivais de Quadrilhas Juninas – Quadrilhodrómo – A partir das 19 horas15 a 19/07 – 6º Festival de Quadrilhas Infantis de Maracanaú
16 a 20/07 - 27º Festival Municipal de Quadrilhas Juninas
Cidade Cenográfica Vila Pitaguary - a partir das 18h30min



CURSOS, SEMINÁRIOS, OFICINAS, DEBATES

“Narrativas Digitais” na Caixa Cultural de Fortaleza

Projeto oferece workshop e palestra sobre a linguagem multimídia e sua utilização na produção artística e jornalística

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, de 30 de julho a 4 de agosto (terça-feira a domingo) o workshop “Narrativas Digitais”, do Garapa Coletivo Multimídia. Além do workshop também será oferecida, no primeiro dia, uma palestra aberta ao público, com os temas: “hibridismo de linguagens”, “produção em coletivo”, “internet” e “a relação entre fotografia documental e as artes visuais”.
A ação educativa é voltada para artistas e profissionais das artes visuais. O workshop foi criado com objetivo de ser um espaço para instigar reflexão e qualificação no campo das artes visuais, mais especificamente na discussão sobre a linguagem multimídia e sua utilização na produção artística e jornalística. O workshop já foi realizado em São Paulo, Belém, Brasília, Manaus, Santarém, Paraty e Salvador, entre outros.
Coletivo de fotógrafos, formado em 2007, que prefere pensar e produzir conteúdo jornalístico e documental, de maneira crítica e independente, integrando diversos formatos e narrativas, com foco na produção para o meio online, o grupo Garapa é membro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia do Brasil (RPCFB) - o embrião de uma entidade que visa promover e ajudar o desenvolvimento da fotografia brasileira, e aportar na definição de políticas públicas para o setor. Fundado pelos jornalistas e fotográficos Leo Caobelli, Paulo Fehlauer e Rodrigo Marcondes, a Garapa tem explorado diversas tendências da produção audiovisual e online contemporânea, desenvolvendo uma reconhecida produção independente.

SERVIÇO
Workshop – Narrativas Digitais
Data: 30 de julho a 4 de agosto de 2013 (terça-feira a domingo)
Hora: terça-feira a sexta-feira, das 14h às 18h – sábado e domingo, das 10h às 17h
Vagas: 19
Inscrições: através do sítio www.garapa.org/lab
Palestra: dia 30 as 19h - Não é necessário se inscrever
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema
Informações: (85) 3453-2770