domingo, 4 de março de 2012

DESTAQUES

Ângela Ro Ro: primeira grande atração da Série Depoimentos 2012

Cantora fez apresentação única no Centro Dragão do Mar, sábado, no projeto que
mistura show e entrevista - veja vídeos e fotos de Felipe Muniz Palhano

Com sua voz rouca e sua personalidade marcante,Ângela Ro Ro é a primeira grande atração da Série Depoimentos Ceará deste ano. O anfiteatro do Centro Dragão do Mar, no dia 31 de março (sábado),às 20h, tem o prazer de mostrar ao público cearense toda a performance dacantora que passeia pelo blues, samba, jazz, rock e baladas românticas. Aabertura do evento será feita pelos intérpretes Roberta Lima e Davi Lobo.



Artista de múltiplos talentos, Ângela Ro Ro écantora, compositora e pianista. Ela começou a estudar piano clássico aos cincoanos, sendo influenciada desde muito cedo por ícones como Noel Rosa, FrankSinatra, Maria Bethânia, The Beatles, Rolling Stones além de muita músicalatina e jazz. A artista firma sua carreira no Brasil se destacando como autorae cantora em sua participação no Festival de Rock de Saquarema (RJ), em 1976.Entre 1977 e 1978, foi gravada por As Frenéticas (Agito e uso), Marina Lima(Não há cabeça) e Ney Matogrosso (Não há cabeça e Balada da arrasada).



No ano de 1979 gravou seu primeiro LP, "AngelaRo Ro", pela PolyGram. E, nesse mesmo ano, acontece sua estreia nacionalcom um show no Teatro Ipanema (RJ). Foi um evento considerado cult, em horárioalternativo, meia noite.



Nesse mesmo período, ela brilha ainda mais quando suaprimeira música “Tola foi você” começa a tocar nas rádios. A cantora chegou aser considerada a “sensação do ano” em uma nota publicada pelo “Jornal doBrasil”, quando interpretou com sua voz marcante a música de Ana Terra, “Amor,meu grande amor”. Para consagrar esse momento brilhante em sua carreira, MariaBethânia grava sua composição"Gota de sangue", o primeiro sucesso,por outro artista, no LP"Mel".



No início dos anos 80, a cantora fez grande sucessocom sua composição "Só nos resta viver", também título de seu segundodisco. Em 1981, lança seu terceiro LP, "Escândalo. E, em 1983, emplacou acanção "Simples carinho”, outro grande sucesso da cantora. No anoseguinte, Maria Bethânia grava outra música de Ângela Ro Ro,"Fogueira". Já na década de 1990, a carioca realizou shows emdiversas casas noturnas, acompanhada por banda ou sozinha ao piano e desfrutouda fabulosa oportunidade de trabalhar como crooner da Rio Jazz Orquestra regidapelo maestro e saxofonista Marcos Szpilman. Em 1993, lançou pela Som Livre odisco "Nosso amor ao armagedon - Angela Ro Ro ao vivo", gravado nacasa de show carioca Jazzmania e produzido por Angela e Ezequiel Neves.



Com um nome consolidado na música brasileira, a artistacomeça a década de 2000 lançando outro CD, intitulado de "Acertei nomilênio". Ainda no início dessa mesma década, a cantora participou doprojeto "Pão Music", no espetáculo "Maria Bethânia convidaLenine e Angela RoRo". No mesmo período, a Universal Music lançou em CD osseis discos gravados pela cantora. Em 2004, no Canal Brasil, começou aapresentar o programa "Escândalo", que contou com a presença de maisde 50 grandes artistas e durou dois anos. No ano de 2006, Angela Ro Ro gravou oCD"Compasso" e fez show no Circo Voador (RJ) para registrar o CD eDVD "Angela Ro Ro ao vivo”. Durante toda a década de 2000 até os diasatuais, a cantora de humor irreverente, voz e personalidade marcantes realizashows emocionantes por todo o Brasil.



Abrindo esta noite entre músicas e bate-papo, um encontro especial entre a intérprete Roberta Lima e o violonista Davi Lobo.Novas versões para músicas de artistas consagrados da MPB, como Zeca Baleiro, LuízaPossi, Roberta Sá, Adriana Calcanhoto e Cássia Eller, vão fazer parte dorepertório do show que abre o palco cearense para Angela Ro Ro. Roberta Lima e Davi Lobo vem tornando cada vez mais atraentes seus encontros pela noite e cenamusical cearense, entre a MPB e o Pop Rock acústico.



O primeiro encontro entreos dois aconteceu sob o som da Bossa Nova no Bebedouro Bar. Em “Roberta cantaRoberto”, um tributo a Roberto Carlos no Mistura Cenários, e no tributo ao PatoFu no Acervo Imaginário, Roberta Lima e Davi Lobo mostrariam novamente asintonia musical entre os dois. Para receber Angela Ro Ro, Davi assume o violãocom solos característicos e Roberta canta, pontualmente tocando violão e cajón.



A Série Depoimentos Ceará mostra aocearense uma nova concepção de espetáculo. O projeto aproxima ainda mais oídolo de seu público. Enriquecendo o circuito cultural da cidade, o formato daSérie, originalmente carioca, ganha tons cearenses com a produtora culturalÂngela Gomes. A Série Depoimentos traz músicos de importância nacional,ampliando o calendário cultural de Fortaleza. O evento tem duração de 1h30,dividida em blocos de música, entrevista e bate-papo. O projeto foi aprovado noIII Edital Mecenas, da Secretaria de Cultura do Estado, e conta com asparcerias das empresas Coca-Cola e a da Aço Cearense.
Na compra do ingresso,os fãs de Angela Ro Ro estão sendo convidados a doar um quilo de alimento nãoperecível, apresentado junto com o ingresso no dia do show.Os alimentos serão destinados ao Instituto WMA, associação civil sem finslucrativos que apoia ações em cidadania, voluntariado e direitos humanos no Ceará.



Suas atividades buscam contribuir para odesenvolvimento social, educacional, esportivo, cultural e do meio-ambiente noslocais em que atuam.

Serviço:
Data: 31 de março de2012 (sábado)
Local: Anfiteatro doDragão do Mar
Horário: 20h
Ingressos à venda no Dragão do Mar:
Inteira: R$ 20,00
Meia-entrada: R$ 10,00
Informações: 85. 3488 8608







Turnê da Cia de Dança Janne Ruth começa pelo interior do Ceará

“Califon – Universo Feminino” estará no Rio de Janeiro em abril, e companhia de dança cearense fará apresentação nos Estados Unidos em outubro

O espetáculo será apresentado sexta e sábado em Aracati

Com seu trabalho consagrado, a Cia. de Dança Janne Ruth começou a turnê anual, pelo Brasil e o mundo, do seu mais novo espetáculo: “Califon – Universo Feminino” mostra a nova realidade da mulher através da dança, a plasticidade do corpo feminino, os desejos, a sensibilidade e, principalmente as conquistas e a força das mulheres nesse século 21 dominado por elas!

A Cia. de Dança Janne Ruth existe há 26 anos, e sua fundadora, bailarina e coreógrafa, completou 30 anos de carreira em 2011. Janne é responsável também por um grandioso trabalho social através da ONG Bailarinos de Cristo Amor e Doações (BCAD). A ONG resgata crianças carentes de Fortaleza, proporcionando cursos de dança, esportes e o ingresso no Corpo de Baile do BCAD, que viaja por todo o Brasil junto com a Cia. de Dança Janne Ruth.
“Califon” teve um período de “maturação” e experimentações até seu conceito definitivo – em 2010 foram apresentados trechos na Espanha e na Suíça, em 2011 contou com apresentações especiais no Centro Cultural Dragão do Mar, até estrear com seu formato final nos dias 28 e 29 de janeiro de 2012, no Teatro José de Alencar.
“Califon” surgiu através do interesse de Janne em uma reportagem de TV, dizendo em 2009 que 70% das mulheres sustentavam suas famílias, e vendo essa revolução feminina em outras notícias recorrentes. Com a ajuda de Fernando Braga ela desenvolveu a concepção, que ainda contou com o talento do coreógrafo Marcelo Pereira, que reside na Europa, antigo parceiro da Companhia. “Califon – Universo Feminino” surgiu da idéia de celebrar a mulher, tendo como linguagem estética a dança e a livre inspiração em formas imagéticas como A Sagração da Primavera de Pina Baush, as composições de Mozart para as mulheres, o cancioneiro do Brasil em exaltação as belezas do modo de ser mulher.
Agora o espetáculo circula pelo interior cearense, com patrocínio do Governo do Estado do Ceará e da Coelce, e por algumas cidades brasileiras, através do patrocínio da Endesa Brasil e do Ministério da Cultura. Dias 28 e 29 de março “Califon” começa sua temporada passando pela cidade cearense de Beberibe, com apresentações gratuitas, mostras de vídeo dança, exposição e cursos de dança contemporânea no Ginásio da Escola Municipal Desembargador Pedro de Queiroz. Na sexta e sábado, dias 30 e 31, a mesma programação gratuita, começando sempre às 19 horas, acontecerá em Aracati, no Ginásio do Colégio Marista.
Abril irá começar com a Cia Janne Ruth mostrando o valor da dança cearense no Rio de Janeiro: na próxima quarta, dia 4/4, às 20h, o espetáculo “Califon – Universo Feminino” será apresentado em Niterói, no Espaço Cultural da AMF (Associação Médica Fluminense – Avenida Roberto Silveira, 18 - Centro).
Nos dias 5, 6 e 7 de abril os bailarinos do Corpo de Baile do BCAD irão participar do 28º Festival Internacional do CBDD (Conselho Brasileiro da Dança), competindo em diversas categorias. “Esse foi o primeiro festival de dança criado no Brasil. Será a quarta vez que participamos deste evento que reúne os maiores nomes da dança, entre bailarinos e coreógrafos de todo o Brasil. A primeira vez que a Cia. de Dança e o BCAD participaram do Festival do CBDD foi em 1998. É uma honra representar o Ceará no festival que tem esse nível”, afirma Janne Ruth.
O festival, um dos mais importantes e tradicionais do país, acontece no Teatro Odylo Costa Filho (R. S. Francisco Xavier, 524 Campus da Uerj – Sepetiba - Rio de Janeiro). Dia 8/4, na festa de Gala do CBDD, a Cia. de Dança Janne Ruth apresentará a pré-estreia de "Fazendo Visagem", um novo espetáculo, com coreografia do paulista Roberto Amorim (Cia. Sopro), que está em sua fase de experimentações e deverá estrear em 2013.
Em maio, “Califon – Universo Feminino” será apresentado nos dias 16 e 17 em Camocim, e nos dias 18 e 19/5 em Jijoca, no interior cearense. Estão previstas também apresentações do espetáculo da Cia. de Dança Janne Ruth em agosto nas cidades cearenses de Ipu (dias 1 e 2/8), Viçosa do Ceará (dias 3 e 4/8) e na capital do estado de Goiás, Goiânia. Em setembro “Califon” será apresentado no Rio Grande do Sul.
Após passar pela Argentina (1999), Londres, República Tcheca (2002), Itália (2005), Espanha e Suíça (2010), a Cia Janne Ruth chegará em outubro, nos Estados Unidos, apresentando a cultura cearense através da dança, no espetáculo “Califon”. “Primeira vez na Terra do Tio Sam, quero conhecer a cultura deles e vivenciar a emoção dos meus bailarinos. São todos de um grandioso trabalho social, feito com muito amor e seriedade. Fico muito feliz de poder proporcionar isso para jovens que começam no BCAD sem o dinheiro do ônibus, e acabam indo dançar no exterior comigo, fruto de muito esforço e dedicação. Agradeço a Deus por conseguir fazer isso”, completa Janne.






Fortaleza - 286 anos com Paulinho da Viola

Cantor fará a cidade sambar no Aterro da Praia de Iracema , dia 13 de abril, acompanhado de músicos cearenses

Fortaleza completa 286 anos no dia 13 de abril e o mês inteiro é de comemoração e reafirmação de políticas públicas transversais que estão a serviço da qualidade de vida e do bem-estar comum. Ano após ano, ao longo da atual gestão municipal, moradores e visitantes reconhecem e reafirmam uma nova cultura política que tem a cidadania cultural como forte aliada para as necessárias transformações sociais em curso. Assim é que, na esteira da data comemorativa, a Secretaria de Cultura de Fortaleza consolida e dá especial visibilidade às ações, programas e projetos que buscam valorizar e potencializar nossos bens simbólicos e as mais diversas formas de convivência, expressão e invenção.
Defendendo o direito à cidade e apostando no potencial de requalificação dos espaços públicos através das artes, a Secultfor planeja e realiza uma programação especial de aniversário que se desdobra por diversos equipamentos culturais e aponta para a nossa diversidade cultural. São muitas as boas pedidas: música instrumental e feijoada nas tardes de sábado no Passeio Público; domingos musicais no Parque Adahil Barreto; todas as artes reunidas em diferentes noites no Mercado dos Pinhões; formação e diversão especialmente voltada para a juventude nos diversos espaços do Cuca Che Guevara; reflexão e fruição estética em cursos e programas desenvolvidos na Vila das Artes; o melhor do repertório local em shows produzidos para o Anfiteatro Flávio Ponte, no calçadão da avenida Beira-Mar e muito mais.
No dia 13, em particular, todas as atenções são voltadas para o palco armado no Aterro da Praia de Iracema, onde moradores e visitantes serão presenteados com o show do cantor e compositor Paulinho da Viola, além de um time campeão de intérpretes e músicos locais. Paulinho traz para o público cearense a pujança de seu repertório, adaptado para um espetáculo ao ar livre, onde explora o ritmo e a força de clássicos de seu repertório. Autor de sucessos como “Foi um Rio que Passou em Minha Vida” e “Timoneiro”, além dos inúmeros sambas em homenagem à sua Portela, Paulinho chega a Fortaleza com sua elegância ímpar e bem acompanhado. A banda é um capítulo à parte, formada pelo maestro e pianista Cristóvão Bastos, Mário Séve (sopros), Dininho (contrabaixo), Hércules (bateria), Celsinho Silva (ritmo e percussão), Esguleba (percussões), João Paulo Rabello (violão) e Beatriz Faria (vocal).
Os dois últimos – João e Beatriz – são filhos de Paulinho. João substitui César Faria, pai de Paulinho e seu violão de acompanhamento por décadas. César, que era o violão de apoio de Jacob do Bandolim, faleceu há três anos. Beatriz vem fazendo sucesso nos musicais Sassaricando e É com Esse que eu vou – ambos da safra do jornalista e escritor Sérgio Cabral – que lotaram as salas do Rio, São Paulo e Brasília em recentes turnês. Longe dos palcos locais desde 2005, Paulinho se animou com a proposta de um espetáculo em praia para fazer valer a força do samba genuíno, que levanta tradicionalmente multidões nas escolas de samba. “O grande espetáculo é sempre legal, pela vibração do público”, diz Paulinho. “É sempre desafiante conciliar a proposta de um megaevento com a qualidade de som ideal, acústica boa e , por consequência, maior foco do público na apresentação. Mas temos conseguido e sempre acaba sendo uma grande festa”, prossegue.
Paulinho tem ligação sentimental com o Nordeste (sua avó, Julia, já falecida, é natural de Mossoró, no Rio Grande do Norte) e boas lembranças de apresentações anteriores em Fortaleza. "O público nordestino tem uma alegria e um humor incomparáveis, apesar das dificuldades da vida",diz. E com com essa alegria inconteste que o público também deve receber o show Fortalezas Musicais, que antecede o artista convidado. A partir de 20h, quem marca o início da festa é a nordestinidade do Quinteto Agreste, que desde os anos 70 vem cantando Fortaleza e dará as boas-vindas ao público com o Hino da cidade. Mário Mesquita (vocal e violão 12 cordas), Tarcísio Lima (vocal, violão, arranjos e direção musical), Arlindo Araújo (vocal e roteiros musicais), Marcos Nunes (vocal e violão) e Ademir do Vale (percussão) também mostrarão três canções de seu repertório, intimamente ligado às histórias e às belezas da capital cearense.
A partir daí, uma banda especialmente formada para a ocasião, contando com virtuosos instrumentistas cearenses, receberá, no palco, nove cantores de diferentes gerações. Cada um mostrará, em três canções, sua própria leitura musical para Fortaleza, em um caleidoscópio de referências e possibilidades. As interpretações ficarão por conta de Ray Miranda (cantor com mais de seis décadas de dedicação à música, remanescente da época das grandes orquestras dos clubes sociais), Rodger Rogério (cantor e compositor referencial da geração conhecida como "Pessoal do Ceará", autor de sucessos de repercussão nacional nos anos 70), Edinho Vilas Boas (jovem compositor de trabalho já reconhecido na forma de prêmios em diversos festivais, integrante do movimento Bora!) e Cláudio Mendes (cantor, compositor e guitarrista, também da nova geração musical de Fortaleza, conhecido por seu trabalho autoral com a banda Mobilia).
Já nas vozes femininas, o show contará com Fhátima Santos (alagoana de há muito radicada em Fortaleza, aclamada por seu timbre de voz intenso e pessoal e por suas marcantes interpretações), Gigi Castro (cantora e compositora de grande diversidade, do regional à música infantil, atuante desde os anos 80, atualmente integrante do grupo Feito em Casa), Paula Tesser (cantora de timbre suave unido a arranjos ao mesmo tempo esmerados e arejados), Nayra Costa (de voz poderosa e grande presença de palco, uma das mais aplaudidas vozes do novo cenário musical da capital cearense, em concorridas apresentações com a banda Le Disco), e Julia Dantas (outra jovem intérprete que vem alcançando destaque, em shows solo e com os tarimbados músicos da banda Marajazz).
Para receber tantos talentos, a banda-base do show contará com instrumentistas tarimbados: Heriberto Porto (flauta, arranjos e direção musical), Miqueias dos Santos (contrabaixo), Tiago Almeida (teclado), Luizinho Duarte (bateria), Carlinhos Patriolino (violão, guitarra e bandolim), Alves Nascimento (acordeom), Bob Mesquita (saxofone) e Rossano Cavalcante (percussão). No repertório da noite, além de composições dos próprios participantes, terão destaque músicas de autores cearenses e canções que guardem referência à cidade, em suas mais diversas abordagens. Intérpretes e instrumentistas unidos para cantar e festejar Fortaleza, no aniversário de nossa cidade. Tradição e renovação se encontrando no palco, contemplando a história de nossa música e a efervescência de seu atual cenário. Artistas e público celebrando os 286 anos da capital. Aberto ao público, o show comemorativo do aniversário da cidade é também um brinde às políticas públicas para a cultura quem vêm garantindo a difusão e circulação das artes, além do livre e irrestrito acesso aos bens culturais, considerado como direito básico, cada vez mais assegurado.
Serviço
286 anos de Fortaleza - Show comemorativo do aniversário com Paulinho da Viola e intérpretes locais
Dia 13 de abril
A partir das 19h
No Aterro da Praia de Iracema
Aberto ao público.






EXPOSIÇÕES

"Novos Olhares" de Emília Porto

Mostra da pintora cearense entra em cartaz no Shopping Benfica‏

De 15 a 31 de Março, o Shopping Benfica recebe a exposição “Novos Olhares” da artista plástica cearense Emília Porto. A mostra que fica aberta ao público das 10 às 22h, na Galeria BenficArt, traz ao público 20 obras que representam a síntese da maturidade artística da pintora.
Para marcar a abertura da exposição, o Shopping Benfica promove sexta, dia 15 às 19h um coquetel de lançamento com a presença da artista e de outras personalidades do cenário das artes plásticas cearense.
A mostra conta com a curadoria do arquiteto e artista João Jorge Melo. Para ele: “nestas pinturas Emília Porto retrata, velada ou sutilmente, a sensibilidade da mulher que faz da arte a sua história” revela.

SERVIÇO:
SHOPPING BENFICA
End: Avenida Carapinima, 2200. Benfica.
Site: www.shoppingbenfica.com.br
Tel: 3031.8660






SHOWS

Alcione celebra 40 anos de carreira

Cantora fará show dia 31 no Siará Hall

Esse ano a cantora Alcione comemora 40 anos de carreira e nada melhor que uma programação especial para celebrar a data! Para isso, o show “Duas Faces”, que nasceu de um projeto da cantora em dois CDs/DVDs que serão lançados oficialmente durante a turnê por todo o país - em Fortaleza o show acontecerá dia 31 de março, no Siará Hall. Além de “Duas Faces – Jam Session” e “Duas Faces – Ao Vivo, na Mangueira”, Marrom também irá apresentar alguns de seus principais hits. Os fãs da cantora, claro, não podem perder!

Entre as canções pinçadas para o roteiro musical do espetáculo “Duas Faces", poderemos ouvir “Poder da Criação” (João Nogueira/ Paulo César Pinheiro), “Capim” (Djavan),“Nem Morta” (Michael Sullivan/Paulo Massadas), “Passional” (Fátima Guedes), “Cajueiro Velho” (do pai, João Carlos), “Tem dendê/Figa de guiné” (Reginaldo Bessa/Nei Lopes) e as inéditas “Não me entrego a mais ninguém” (Jefferson Jr/Humberto Tavares), “Mulher-Bombeiro” (Nei Lopes) e “Beco sem Saída” (Telma Tavares/ Roque Ferreira). “Duas Faces”, a canção de Altay Veloso que titula o projeto, também é um dos destaques de um repertório eclético (que ainda incluirá standards internacionais) e sob medida para esta oportuna comemoração.

Como sempre, Alcione será muito bem acompanhada pela fidelíssima Banda do Sol, parceira de muitos anos em suas inúmeras andanças pelo Brasil e exterior. Alexandre Menezes, líder de sua banda e produtor do projeto “Duas Faces” é o responsável pela direção musical da turnê. Ah! Outra boa notícia: “Duas Faces” sairá também na versão blu-ray ano que vem.
A Free Lancer Produções é responsável pela show da nova turnê em Fortaleza.

Serviço
Alcione: Show “Duas Faces”
Dia: 31/03/2012 – Sábado
Ingressos:
Mesa Ouro (04 lugares): R$600,00
Mesa Prata (04 lugares): R$400,00
Platéia Vip (Cadeira Numerada): R$ 80,00
Pista: R$60,00 Inteira e R$30,00 Meia
Camarote 1 Andar: R$80,00 Inteira e R$40,00 Meia
Camarote 2 Andar: R$60,00 Inteira e R$30,00 Meia
Local: Siará Hall – Av. Washington Soares, 3199
Informações: 85 3261.0665 / 3278.8400
Horário: 22:00h





TEATRO


Procult traz para Fortaleza o espetáculo
“A CONFISSÃO”


Dias 23, 24 e 25 de março, no Teatro Celina Queiroz

Baseado na peça TAPE, de Stephen Belber, com Ângelo Paes Leme, Silvio Guindane, Ana Sofia Folch e direção de Walter Lima Jr., a comédia dramática “A Confissão” chega para curta temporada em Fortaleza. O espetáculo teve sucesso na estreia em Portugal e no Rio de Janeiro e agora vem à capital cearense. Dias 23, 24 e 25 de março, no Teatro Celina Queiroz (Unifor), às 21 horas sexta e sábado e domingo às 19 horas.

Sinopse
Vince, Jon e Amy são três amigos de colégio que se reencontram depois de dez anos. Um assunto mal resolvido vem à tona trazendo ressentimentos e acusações em meio a uma tensão sexual mal resolvida. Aos poucos cada um é provocado a revelar segredos, deixando transparecer sua verdadeira natureza.

“A CONFISSÃO” é uma imprevisível comédia dramática sobre a química que há entre amor e ódio, que permeia uma relação entre verdadeiros amigos. O espetáculo é baseado no texto de Belber que deu origem ao filme TAPE, lançado em 2001, dirigido por Ricard Linklater e com Ethan Hawke, Robert Sean Leonard e Uma Thurman no elenco.

A lembrança de uma antiga namorada revela novidades quando dois amigos se reencontram após tantos anos de afastamento e resolvem esclarecer um segredo bem guardado, um fato que parecia esquecido, mas que ainda pode transformar suas vidas num perigoso acerto de contas.

Este é o tema desenvolvido no espetáculo “A CONFISSÃO”, baseado no texto da peça TAPE do jovem autor norte-americano Stephen Belber, que em boa hora reuniu Ângelo Paes Leme, Sílvio Guindane e Ana Sofia Folch ao diretor Walter Lima Júnior para trazê-la ao público brasileiro após bem sucedida estreia em Portugal.

Dentro da tradição do melhor teatro realista americano, Belber trabalha seus três personagens com diálogos precisos, irônicos e inteligentes e mantém um clima de tensão permanente no desenvolvimento de sua trama.

A encenação brasileira apropria-se da universalidade do tema da peça para ambientá-la entre nós, facilitando a aproximação do texto com o público sem perda de sua substância dramática.

Montar “A CONFISSÃO” representa a necessidade de vermos no palco uma peça atual, dinâmica e rica de humor e de discussão sobre relações humanas. Em pesquisa, foi Apontado que 70% das pessoas que sofreram violência sexual nunca a revelaram.

Por termos o privilégio dos diálogos dinâmicos do texto de Stephan Belber e a direção de Walter lima Jr, “A CONFISSÃO” é um espetáculo com um jogo cênico Extremamente afinado seja para o humor ou para a reflexão.

SERVIÇO:
Peça “A CONFISSÃO”
Direção: Walter Lima jr.
Elenco: Ângelo Paes Leme, Silvio Guindane e Ana Sofia Folch
Teatro Celina Queiroz (Campus da Universidade de Fortaleza)
Datas: 23, 24 e 25/03 (sexta e sábado às 21h, domingo às 19h)
Preços: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Endereço: Avenida Washington Soares, 1321
Informações: (85) 3477.3175 ou 3477.3033
Duração: 1h20
Classificação: Comédia dramática
Classificação etária: 14 anos





MARÇO, MÊS DO TEATRO

BNB apresenta o VI Festival das Artes Cênicas


Sexta edição do evento apresenta 40 espetáculos de companhias dos nove estados nordestinos


O VI Festival das Artes Cênicas, realizado pelo Banco do Nordeste, apresentará um elenco diversificado de atividades orientadas para o teatro, o circo e a dança, no período de 15 a 31 deste mês. Com entrada franca, o Festival acontecerá nos três Centros Culturais Banco do Nordeste (Fortaleza; Cariri, em Juazeiro do Norte, no sul do Ceará; e Sousa, no alto sertão paraibano). Nesta sexta edição, serão realizadas cinco mostras (Palco, Rua, Primeiro Ato, Dança e Infantil), totalizando mais de 40 espetáculos de companhias dos nove estados nordestinos (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Alagoas e Sergipe), além de encenações vindas de outros estados brasileiros (Rio de Janeiro e São Paulo). A programação contemplará também ações formativas, como as oficinas de formação artística voltadas para o público adulto e as oficinas de iniciação para o público, além de um curso de apreciação de arte e debates nos programas Papo XXI e Conversas Filosóficas.
O espetáculo de abertura será o “Circo dos Beatles”, com o coletivo cearense Tembiú – Alimento de Alma, na próxima quinta-feira, 15, às 18h30. “Circo dos Beatles” é um espetáculo cênico-musical que reúne elementos do circo, teatro, vídeo e rock’n’roll. Influenciada pelo repertório da banda britânica The Beatles, a cantora e atriz Soledad Brandão agregou em torno das canções de Lennon, McCartney, Harrison e Starr uma partitura especial: palhaços, malabaristas, tecido aéreo, pernas de pau, vídeo-mapping e músicos tocando Beatles. Uma magia contagiante transcendente que certamente tomará conta de todos. Um paraíso cercado de muitas cores e sons. Um lugar fantasioso e psicodélico.
A Mostra Palco traz dez espetáculos, sendo seis cearenses e os outros quatro do Maranhão, Paraíba, Alagoas e Sergipe. São eles: “A triste história de Catarina e Bily Macarrão”, com a Cia. Epidemia de Bonecos (CE), no dia 15, às 12h e 15h; “Diwan de Lorca”, com a Cia. Palmas (CE); “Duas histórias de amor”, com o grupo sergipano Caixa Cênica, no dia 22 (quinta-feira), às 15h e 18h; “Meias Irmãs”, com a Cartaxo Produções, da Paraíba, no dia 23 (sexta-feira), às 15h e 18h (este espetáculo circulará nos três CCBNBs); “A saga de Lampião pelos reinos da assombração”, com a Cia. de Teatro Lua (CE), nos dias 24 (sábado), às 15h e 18h, no CCBNB-Fortaleza, e no dia 31 (sábado), às 18h, no CUCA Che Guevara; “Reis do Sol”, com a companhia Nega Fulô, das Alagoas, no dia 27 (terça-feira), às 15h e 18h; “A assassina”, com o grupo Teatro Elo (CE), no dia 28 (quarta-feira), às 15h e 18h; “Otelo”, com o Coletivo Cambada (CE), no dia 29 (quinta-feira), às 12h e 15h; “Pai & Filho”, da Pequena Cia. de Teatro, do Maranhão, no dia 30 (sexta-feira), às 15h e 18h; e “Retrato”, da Cia. Yoko de Teatro (Crato-CE), no dia 31 (sábado), às 12h e 14h.
Por sua vez, a Mostra Rua apresenta quatro espetáculos, sendo dois cearenses, um carioca e outro piauiense. “Romeu e Julieta: o encontro de Shakespeare com a cultura popular”, será encenado pelo Grupo Garajal (Maracanaú-CE), no dia 16 (sexta-feira), às 17h, na Praça Murilo Borges (ao lado do CCBNB-Fortaleza), e no dia 23 (sexta-feira), às 17h, em frente ao Theatro José de Alencar (este espetáculo também será apresentado no Cariri); “Errar é umano”, com a Cia. Sinequanon, do Rio de Janeiro, no dia 21 (quarta-feira), às 17h, na Praça Murilo Borges (este espetáculo circulará nos três CCBNBs); “Picadeiro”, com o Grupo Fuzuê (CE), no dia 27, às 17h, no CCBNB-Fortaleza; e “O auto da folia de reis”, com o grupo Corpos Teatro Independente, do Piauí, no dia 30 (sexta-feira), às 17h, na Praça Murilo Borges.
Os seis espetáculos da Mostra Primeiro Ato, que traz peças de grupos novos mas já com algum traquejo em termos de linguagem teatral, serão todos apresentados no dia 17 (sábado). “Quando as máquinas param”, da Universidade Federal do Ceará, às 11h; “Ferocidades adormecidas”, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), às 14h; “Contradizes”, do Curso Princípios Básicos de Teatro (do Theatro José de Alencar – TJA), às 15h; “Público”, do IFCE, no Parque das Crianças, às 16h; “Plastic Wood”, do Curso Princípios Básicos de Teatro (TJA), às 17h; e “E Se...”, também com o Curso Princípios Básicos de Teatro, às 18h30.
Cinco espetáculos abrilhantam a Mostra Dança: “A delicadeza da loucura”, com a Cia. Arreios, de Trairi (CE), no dia 16 (sexta-feira), às 15h; “Anatomia das coisas encalhadas”, com Silvia Moura, também no dia 16, às 18h; “Graça – evidências de percurso nº 1”, com a Cia. da Arte Andanças (CE), no dia 20 (terça-feira), às 15h e 18h; “Cordões”, com o Grupo Peleja, da Bahia, no dia 21 (quarta-feira), às 15h e 18h; e “Brincar de quê”, com o grupo Expressart (CE), no dia 27 (terça-feira), às 12h.
Os três espetáculos da Mostra Infantil serão apresentados em três domingos: “Confia em mim”, com a Residência Artística de Sapateado (CE), no dia 11, às 14h e 16h; “Flúvio e o Mar”, com o grupo Atores à Deriva, do Rio Grande do Norte, no dia 18, às 15h e 17h (este espetáculo também será apresentado no CCBNB-Cariri); e “As Levianas”, com Cia. Animé, de Pernambuco, no dia 25, às 15h e 17h (este espetáculo circulará nos três CCBNBs).


-Clique aqui e veja toda a programação do Festival BNB das Artes Cênicas na seção TEATRO dp DIVIRTA-CE








Herê Aquino recebe homenagem na Semana SESC de Artes Cênicas

No dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro, o SESC Ceará homenageia a diretora e pesquisadora de teatro Herê Aquino, dentro da programação da Semana SESC de Artes Cênicas, que acontece entre os dias 22 e 31 de março na Capital e Interior. A cerimônia de homenagem será realizada no Teatro SESC Emiliano Queiroz, às 20h.

A ação é uma iniciativa da Semana SESC de Artes Cênicas, que busca homenagear personalidades de destaque no cenário das Artes Cênicas do Ceará. Entre os critérios de seleção para receber a homenagem estão: ter boa permeabilidade no meio cênico, contribuir para a repercussão das artes cênicas cearenses fora do Estado, executar um trabalho com boa qualidade artística e ser cearense.

Após a cerimônia, o público confere a apresentação de um dos espetáculos de maior sucesso da diretora, “Os Cactos”. A peça navega entre um tempo passado e um tempo presente, em que os personagens envolvidos ainda estão à espera dos desaparecidos políticos durante a ditadura militar brasileira. É neste estado árido de sentimentos e esperanças que a história transcorre.

Com 22 anos de carreira, 24 espetáculos encenados - a maioria deles tendo participado de importantes festivais e mostras teatrais - Herê é uma das maiores incentivadores do teatro cearense. Herê Aquino nasceu no dia 9 de janeiro de 1958, em Fortaleza. É diretora, pesquisadora e professora de teatro, e iniciou sua carreira em 1990, quando fundou o Grupo Expressões Humanas. Começou no teatro como autoditada e desde então tem dirigido importantes espetáculos de teatro, destacando-se "Encantrago Ver de Rosa um Ser Tão", "Os Cactos" e "Ensaio para um Silêncio".

Além de dirigir grandes espetáculos, Herê atualmente colabora com o teatro participando de comissões julgadoras de festivais, realizando palestras, debates e ministrando cursos e oficinas por vários estados brasileiros. Herê Aquino está em cartaz dirigindo os espetáculos “Os Cactos”, de Emanuel Nogueira, e “Encantrago – Ver de Rosa um Ser Tão”, de autoria própria.

Serviço:
12ª Semana SESC de Artes Cênicas
Período: 22 a 31 de março
Informações: (85) 3252-9066








Destaques da Semana SESC: “Carta de um Pirata”, de Vinícius Piedade

A Semana SESC de Artes Cênicas apresenta o espetáculo “Carta de um Pirata”, com o ator, diretor e escritor Vinícius Piedade.

A peça, que é apresentada desde 2003, é uma “comédia inconformada” e conta a história de um pirata que escreveu uma carta para sua mãe há muito tempo atrás. O ator traz essa carta para o palco utilizando, para isso, o essencial: corpo, voz e sensibilidade, de maneira a explorar todas as suas nuances, que vão do humor genuíno ao inconformismo radical. Este pirata, através da carta, explica os motivos da opção pela vida errante, como se tornou um ladrão dos mares e questiona a vida daqueles que vivem em terra firme.

As apresentações acontecem dentro da programação da Semana SESC de Artes Cênicas, entre os dias 26 e 28 de março, nas unidades do SESC de Iguatu, Crato e Sobral.

SERVIÇO
“Carta de um Pirata” com Vinícius Piedade
Dia 26 – 17h30 – Sesc Crato
Dia 27 – 20h – Sesc Iguatu
Dia 28 – 20h – Foyer do Theatro São João - Sobral
Informações: 3452-9066
:::Gratuito:::






Da história de São Francisco segundo Dona Cremilda

Um dos destaques da programação da Semana SESC de Artes Cênicas é o espetáculo “Da história de São Francisco segundo Dona Cremilda”. As apresentações irão acontecer em Sobral, Iguatu, São Gonçalo do Amarante e Crateús.

O conto, de José Mapurunga, é adaptado e encenado pela atriz Katiana Monteiro que leva para cena Cremilda, uma moradora de rua que surge empurrando um carrinho de compras no qual carrega resquícios de uma vida miserável e o seu santo de devoção engaiolado. E entre um gole e outro de cachaça ela narra episódios da vida de São Francisco das Chagas e traz à tona a versão nordestina da história do santo protetor dos miseráveis, dos bichos brutos, dos desvalidos, dos sem-teto e dos “sem eira, nem beira”, e que veio parar no sertão de Canindé.



PROGRAMAÇÃO
Da história de São Francisco segundo Dona Cremilda
Dia 23 – 17 horas – SESC Ler Crateús
Dia 27 – 20 horas – Teatro São João – Sobral
Dia 29 – 20 horas – Teatro do SESC Iguatu
Dia 31 – 17 horas – SESC Ler São Gonçalo do Amarante
Informações: 3452-9066:::Gratuito:::




“O Mergulho” no projeto Terça EnCena

Nesta terça-feira (13), o SESC, através do Terça EnCena - projeto do SESC que fomenta e incentiva às artes cênicas, apresenta o espetáculo “O Mergulho”, da Cia. Argumento. Na Área de Convivência do SESC Fortaleza, às 12h30.

A peça conta a história de NaMaria Morales, que em um dia lindo de sol vai à praia com todos os acessórios que tem direito. Quando pensava que iria ter um dia maravilhoso, eis que surge Amálio Serra causando a maior confusão.

O que ele mais quer é conquistá-la, porém não tem muito êxito em suas tentativas. Ela, sempre arrogante, esnoba-o com muita classe deixando-o muito irritado. Para a felicidade de Amálio ocorre um pequeno incidente à beira-mar. NaMaria se afoga e ele a salva fazendo respiração boca-a-boca. É a partir daí que tem início a grande paixão entre os dois.

SERVIÇO
Terça EnCena – Cia. Argumento - Espetáculo “O Mergulho”
Local: Área de Convivência do SESC Fortaleza (R. Clarindo de Queiroz, 1740)
Data: 13/03
Horário: 12h30
Informações: 3452.9090
::: Gratuito :::







INFANTIL - TEEN

“A Galinha Pintadinha” de volta a Fortaleza

O espetáculo estará em cartaz nesse fim de semana no Teatro do Via Sul Shopping

Voltando a Fortaleza devido ao grande sucesso, o musical infantil "A Galinha Pintadinha – O Espetáculo" entra em cartaz no Teatro do Via Sul Shopping nos dias 17 e 18 de março (sábado e domingo), às 16 horas, numa superprodução cover. O espetáculo da potiguar Idearte Produções promete emocionar adultos e crianças – e já percorreu inúmeras cidades brasileiras, entre Manaus (AM) e Belo Horizonte (MG).
"A Galinha Pintadinha" já gravou dois DVDs com canções de domínio público. Cerca de 250 mil cópias já foram vendidas em vários estados brasileiros e o musical já conquistou até disco de platina.
Os personagens mais queridos da criançada na atualidade vão alegrar o público com as músicas preferidas dos pequenos como: "A Barata", "A Galinha e o Galo Carijó", "Alecrim", "Formiguinha", "Mariana Conta", "Meu Lanchinho", "O Sapo", "Pintinho Amarelinho", 'Quem está Feliz", "Sapo Cururu", "Se essa Rua Fosse Minha" e muitas outras.
O formato do projeto promove uma aproximação entre gerações, já que as crianças cantam as canções que seus pais cantavam na infância. A duração do espetáculo é de 50 minutos. Vale a pena, assistir, cantar, brincar e se emocionar com este grande musical.
SERVIÇO:
Idearte Produções apresenta "A Galinha Pintadinha - O Espetáculo "
Dias: 17 e 18 de março (sábado e domingo)
Horário: 16h
Local: Teatro do Via Sul Shopping – Av. Washington Soares, 4335 – Sapiranga.
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia*), à venda na bilheteria do Teatro (3o piso) e no www.ingresso.com .
Mais informações: (85) 3050-8027 (Bilheteria Teatro do Via Sul) e (85) 8515-3551 / 9639-1822 (Luís Melo - Produção)
Site: www.teatroviasul.com.br








Jennifer Lopez e Maroon 5 farão shows em Fortaleza?

Taboo, do Black Eyed Peas, confirma apresentação na capital cearense em maio e SkyBlu, da dupla LMFAO, no Siará Hall, dia 27/04

O burburinho já tomou uma grande proporção. Vários sites começaram a circular informações sobre possíveis shows de Jennifer Lopez e Maroon 5 no Brasil em 2012. Lopez, que fará até reality show na TV Record, é apontada como atração do Pop Festival, já "M5" teria fechado uma série de shows para agosto.

De acordo com a coluna "Social 1" do diário pernambucano Jornal do Comercio tanto J.Lo quanto Maroon 5 estão prestes a fechar contrato para apresentação em duas cidades do Nordeste. "A data ainda não está totalmente definida, mas a perspectiva é que a cantora venha no dia 29 de junho e o grupo no dia 30 de agosto.", revela a jornalista Roberta Jungmann.

As apresentações são parte de uma turnê pelo Brasil e que Recife e Fortaleza já estão entre as cidades escolhidas, só falta assinar o contrato. A responsável pela empreitada é a Arte Produções, a mesma que cuida da turnê de Chico Buarque.", completou.

O Jornal do Comércio ainda publicou que "o produtor Marcelo Rocha, da Arte Produções de Fortaleza, confirmou em primeira mão a vinda de dois nomes da música pop internacional ao Recife. Jennifer Lopez toca por aqui no fim de junho e a banda Maroon 5. A confirmação definitiva das datas deve sair nos próximos dias. A Arte Produções está cuidando do show de Chico Buarque, no Recife."

O Divirta-CE entrou em contato com a assessoria da Arte Produções, e confirmou que as negociações com esses dois artistas está adiantada, que J-Lo, se fechar datas no Ceará, deverá fazer show no fim de junho, e o Maroon 5, se confirmar, acontecerá no dia 1º de setembro. "Falta a confirmação da turnê deles no Brasil", afirmou Tatiana Pavarino, asssessora de imprensa da Arte Produções. Postei essa matéria na manhã de quinta aqui no blog Divirta-CE e na sexta no Jornal O Estado. Na quinta à tarde sites como G1 e do canal Multishow anunciavam as apresentações de Maroon 5 como já acertadas, e dando certeza do show.

Por enquanto, as únicas novidades confirmadas são a apresentação do vocalista do Black Eyed Peas, Taboo, que terá show solo na capital cearense, e do grupo LMFAO. O show de Taboo deve acontecer no dia 5 de maio, mas local, hora e preço dos ingressos não foram divulgados pela D&E Entretenimento, responsável pela vinda do artista ao Brasil

Outra apresentação confirmada é do LMFAO em Fortaleza, no Siará Hall, dia 27 de abril. LMFAO é um grupo americano de rap, hip hop e electro hop oriundo de Los Angeles, Estados Unidos. É composto pelos DJs/rappers Redfoo e SkyBlu - em Fortaleza somente SkyBlu estará se apresentando.
Suas músicas incorporam um tema de festa e bebedeira, o grupo comumente refere-se a seu estilo de música como "Party rock". LMFAO é normalmente usado simbolizando risos, como as iniciais para Laughing My Fucking Ass Off.
LMFAO cita em seus remixes uma vasta gama de diferentes influências, tais como rappers como Tupac Shakur, grupos de hip hop como The Black Eyed Peas, R&B artistas como James Brown, e Michael Jackson. Redfoo e Sku Blu são ambos devotados fãs de Michael Jackson, e eles utilizam muitos dos passos de dança do Rei do Pop. Além disso, a dupla considera como enorme inspiração Adam Goldstein, mais conhecido como "DJ AM", que foi quem os introduziu à música eletrônica. E para quem ainda não lembrou da LMFAO, veja abaixo um clipe da dupla...









GASTRONOMIA

Beach Park abre espaço “Chandon Bubble Lounge” à beira mar

- Carpaccio de Carne: uma das "atrações" do local

Para quem não abre mão de exclusividade e bom gosto, o Chandon Bubble Lounge é a combinação perfeita para o encontro entre amigos na praia do Beach Park. Localizado na areia da praia, com a brisa e a vista privilegiada do mar, o lounge estará aberto ao público a partir do dia 11 de março e oferece um ambiente aconchegante com sofás, puffs, espreguiçadeiras e boa música.

Com cardápio exclusivo, o lounge conta com delícias gastronômicas assinadas pelo Chef Bernard Twardy e harmonizadas com espumantes Chandon. O funcionamento é de sexta a terça-feira, das 9h30 às 17h30, e o espaço tem capacidade para 200 pessoas.

A harmonização dos espumantes foi pensada cuidadosamente para garantir o máximo sabor de cada prato. Com o Chandon Brut Rosé, estão o carpaccio de camarão defumado, a casquinha e patinhas de caranguejo, o delicioso queijo brie com geleia de damasco e o envoltini de frango com bacon, servido com molho tabasco barbecue.

Uma boa pedida com o Chandon Réserve Brut é o camarão ao coco e mango chutney e o camarão e lula com molho bubble (molho tártaro finalizado com champagne). Já o ceviche de peixe com milho doce é servido à moda peruana e pode ser apreciado com o Chandon Excellence.

“Além dos diversos serviços oferecidos, vamos convidar alguns DJs para comandar o som do Chandon Bubble Lounge em dias que estão sendo definidos”, informa o gerente de alimentos e bebidas do Beach Park, Fábio Moreira.

A Chandon também marca presença, com espaços lounge, em outras badaladas cidades do Brasil: Ilhabela e Guarujá (SP), Búzios e Rio de Janeiro (RJ), Praia do Forte e Salvador (BA), Maceió (AL), Recife (PE), João Pessoa (PB), Florianópolis e Camburiu (SC), Belo Horizonte (MG) e Belém (PA).

SERVIÇO:
Chandon Bubble Lounge: Rua Porto das Dunas, 2734 – Aquiraz/CE.
Funcionamento: quinta a terça, das 9h30 às 17h30.
Entrada gratuita
Mais informações: (85) 4012-3000 ou através do site: www.beachpark.com.br








FESTIVAL REÚNE MESTRES RABEQUEIROS EM FORTALEZA

2º Ceará das Rabecas acontecerá no Sesc Senac Iracema

Um dos eventos que emocionou o público cearense em 2011 está de volta. Novamente reunindo mestres rabequeiros e mestres da cultura popular do Ceará e de outros recantos do Brasil, o II Ceará das Rabecas, acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de março, no SESC SENAC Iracema, em Fortaleza. Com a curadoria do pesquisador e professor Gilmar de Carvalho, o evento contará com a apresentação de 16 mestres rabequeiros e homenageará o mestre Antônio Hortênsio, da cidade de Varjota-CE. Na abertura, no dia 17, acontecerá o lançamento do documentário “Alma de Rabeca”, do cineasta Henrique Dídimo, noite de autógrafos do livro Rabecas do Ceará, de Gilmar de Carvalho e fotos de Francisco Sousa, também expondo no evento

Este ano participarão atrações como, Cristiano Pinho, Grupo Syntagma, Marivalda Kariri, Jeferson Leite, Reisado de Novo Oriente, Babi Guedes, Fulô da Aurora, Orquestra Armorial do Cariri e Dona Zefinha.

O músico e pesquisador suíço, radicado em São Paulo, Thomas Rohrer, ministrará a oficina Toque de Rabeca e também se apresentará com os mestres. Também haverá oficinas de xilogravura, de construção de rabecas e workshop de fotografia.



EXPOSIÇÕES DE FOTOGRAFIA E LUTHIERIAS

A instalação lembra uma casa típica do interior cearense. Nesta proposta estarão expostas as fotos do fotógrafo Francisco Sousa e os instrumentos construídos na hora pelos luthiers. E como em toda casa hospitaleira, quem visita é bem recebido: queijo coalho, rapadura, chá e cafezinho.



CULTURA EM PAUTA

O Ceará das Rabecas não se resume apenas aos shows. Os rumos, condições, saberes e fazes da cultura são discutidos nos seminários e debates. Nesta edição, o debate “Dimensões Econômicas da Cultura”, mediado pelo teatrólogo, Oscar Roney O seminário Cultura e Tradição, dias 18 e 19 de março, focará os temas: Políticas Públicas de Cultura e Patrimônio Imaterial. Participarão a secretária da Economia Criativa do MinC, Cláudia Leitão; o secretário da Agência de Desenvolvimento do Ceará – ADECE, Roberto Smith; a socióloga e professora da Universidade Federal do Ceará, Sulamita Vieira; professora e pesquisadora Simone Castro; a museóloga, pesquisadora e musicista paulista, Anna Maria Kieffer; presidente da Funart, Antônio Grassi e o deputado federal (PPS-RJ) e ator Sthepan Nercessian (estes últimos ainda a serem confirmados).

O acesso do público é gratuito, que terá a oportunidade de encontro com os mestres rabequeiros cearenses, conhecer suas luthierias, participando de uma intensa e bastante rica diversidade cultural, com oficinas, exposição fotográfica e de instrumentos, worshops, shows, intercâmbios e seminários.

O Ceará das Rabecas também intenciona apresentar e valorizar mestres e tocadores que gozam de pouca oportunidade e visibilidade em nosso Estado. Desta forma, quer-se chamar a atenção para uma manifestação que tem raízes profundas, que se sustenta e vem sendo reinventada pelos grupos jovens, estabelecendo uma possibilidade de diálogo e de possibilidades sonoras e performáticas.



Saiba mais
Rabeca, instrumento de origem árabe e incorporado à cultura brasileira, de feitura popular, possui timbre mais baixo que o do violino. Seu som fanhoso é sentido como tristonho. O tocador recosta a rabeca no braço e no peito, friccionando suas cordas com arco de crina, untado no breu.
Em levantamento feito por Gilmar de Carvalho e Francisco Sousa, mostrou a existência de mais de cem rabequeiros no Ceará, no qual mostra a vitalidade da manifestação que se revigora na medida em que as tradições são valorizadas.

O II Ceará das Rabecas é realizado pela Mungango Produções. Patrocínio: Banco do Nordeste. Apoio Cultural: Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult); Governo Federal - através da Lei de Incentivo à Cultura. Apoio Institucional: SESC e Faculdade Católica de Fortaleza.

Serviço
II Ceará das Rabecas
Data: 17 18 e 19 de março
Local: Sesc Senac Iracema
Grátis
Programação e inscrições no www.cearadasrabecas.com.br
Mais informações: 085 - 3032 3333|8894 7717 | 8886 6845
@cearadasrabecas
Facebook: Ceará das Rabecas.




AGENDA - Outras festas e shows de Fortaleza

10 de Março -Yves La Rock no Patio Dom Luis
16 de Março -Aloha Loca
17 de Março -CarnaCumbuco
23 de Março Tiaguinho e Turma do Pagode
31 de Março -Aniversário do Siriguella no Marina Park
14 de Abril -CPM 22
21 de Abril - Los Hermanos na Biruta
27 de Abril - LMFAO no Siará Hall
28 de Abril - Trivela do Asa de Aguia
14 de Julho - Luan Santana
19, 20, 21 e 22 de Julho - Fortal 2012







Criada na UFC a Secretaria de Cultura Artística

Foi aprovada pelo Conselho Universitário (Consuni) a criação da Secretaria de Cultura Artística da Universidade Federal do Ceará (Secult-Arte-UFC), com o objetivo de trabalhar pela articulação das iniciativas relacionadas às artes na Instituição, incentivando e apoiando ações e projetos, tendo em vista fortalecer a cultura artística, compreendida como dimensão inalienável da vida universitária.

A proposta de criação da Secult-Arte partiu de sugestão da Comissão instituída pelo Reitor Jesualdo Farias, que entendeu ser necessária uma nova postudra política ae administrativa para as artes na UFC. A comissão era presidida pelo Prof. Elvis Matos e integrada pela Profa. Izaira Silvino, pelo Prof. Pedro Eymard, pela Profa. Adelaide Gonçalves, pelo Diretor do Teatro Universitário, Hector Briones, pelo Diretor da Casa de José de Alencar, Prof. João Arruda, pelo Prof. Marcos Vale, da Seara das Ciências, pelo Coordenador de Comunicação Social, Paulo Mamede e pelo Diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, Wôlney Oliveira.

A questão das artes na constituição da UFC está presente desde os primeiros dias de sua existência, observa o Prof. Elvis Matos e por esta razão, ações institucionais para que seja alcançado um incremento da dimensão artística na universidade, contemplando os diferentes segmentos humanos que nela atuam em seus vários campi, são essenciais na conjuntura próspera que estamos vivendo atualmente na Instituição.

A Secult-Arte funcionará com estrutura composta por um Secretário (a ser nomeado pelo Reitor da UFC), um servidor técnico-administrativo e bolsistas. Segundo o Prof. Elvis Matos, cumpridas as formalidades, a Secretaria deverá começar as atividades o mais breve possível. Elencou como primeiras ações, realizar o primeiro “censo das artes” da UFC; um seminário de reflexão sobre arte; reconstituir a trajetória das artes na Instituição e instituir um bureau de projetos artísticos.






MÚSICA


A volta do RPM original

Depois de 23 anos, Paulo Ricardo reuniu a formação original da banda e lança novo CD, “Elektra”

Fazia 23 anos que o RPM não gravava um álbum em estúdio. Fazia 23 anos que o RPM não soava tão....RPM. Por mais que o jogo de palavras pareça proposital para uma abertura estilosa sobre o disco Elektra, a afirmação é totalmente verdadeira. Se o RPM criou um estilo dentro do incensado BRock dos anos 1980, com este disco o grupo mostra que criou realmente uma grife. Você ouve cinco segundos de qualquer das 12 faixas inéditas e próprias e mesmo antes da assinatura de voz de Paulo Ricardo, que não deixa qualquer dúvida, você sabe que estão ali Fernando Deluqui (guitarra), P.A. (bateria) e Luiz Schiavon (teclados e programação). Você sabe que o RPM está lá, na íntegra. E na melhor forma.
Faça o teste. Ouça o começo de “2 Olhos Verdes”, que já é o segundo rock mais tocado nas rádios do país. É o pós-punk da época em que o grupo nasceu, com sonoridade encharcada de Gang of Four, estalando de modernidade e energia. “Penso que a maior influência do RPM é o próprio RPM. Temos marcas próprias, estilo próprio, uma maneira de compor e tocar que são particulares e valorizamos muito isso”, confirma Schiavon, sobre a dúzia de músicas que leva assinatura de composição do conjunto.
O grupo já havia se reunido há 10 anos. Mas em condições específicas, para um projeto ao vivo da MTV. “Aquele foi um projeto com começo, meio e fim. Hoje retomamos a carreira pensando em material totalmente inédito, shows com a banda em sua formação clássica de quarteto, sem participações. Voltamos ao bom e velho rock e a volta é definitiva”, diz o tecladista.
O desenho do retorno começou a se desenhar em 2008, quando foi lançado o box comemorativo de 25 anos de carreira. A Rede Globo resolveu homenageá-los no programa “Por Toda a Minha Vida”, e dali para conversas sérias sobre a volta foi um pulo.
Em abril do ano passado fizeram alguns shows para esquentar. E finalizaram o ano com 70 apresentações pelo país, mirando nos três digitos de shows em 2012 e um DVD do registro da turnê para o segundo semestre.
Enquanto você não assiste o show (ao vivo ou em DVD), há material de sobra em Elektra para se deliciar.
Há power baladas de piano como “Problema Seu” e “Vidro e Cola”. Paulo Ricardo domina com uma linha de baixo matadora “Muito Tudo”, disco-house-electro com energia no talo.
O rock é a especialidade do quarteto, e vem na sequência com “Pessoa X”, em clima mezzo orgânico, mezzo eletrônico. “Cassino Royale” segue a mesma toada, de rockão para se ouvir pulando junto.
“Deusa das Águas” é uma balada chilli pepperiana com acento forte de sintetizador. Instrumento que domina também a música que batiza o album, a funkeada “Elektra”.
Há um house rock no miolo da obra, “Crepúsculo”, e a sequência final com “Ela é Demais (Para Mim)”, “Ninfa” e “Santo Graal” coloca-os na trilha de rock com sintetizador e astral batendo no teto.








SHOWS

Nonato Luiz grava DVD no Teatro José de Alencar

Há 35 anos, Nonato Luiz gravava o seu primeiro LP, com o título TERRA. De lá pra cá, esse cearense de Lavras da Mangabeira tem encantado o mundo com suas composições e arranjos impecáveis em concertos elogiados pelo público e pela crítica, sempre com o seu inseparável violão. França, Alemanha, Estados Unidos, Japão, Coréia, Áustria, além do Brasil e outros países latinoamericanos, têm sido palco constante do grande violonista, gerando frutos musicais maravilhosos que, bailando entre o erudito e o popular, estão contados em 35 álbuns e um DVD.
Além de mais de 600 composições feitas individualmente ou em parceria com os letristas Abel Silva, Fausto Nilo, Sérgio Natureza, Capinam, Paulinho Pedra Azul, Ronaldo Bôscoli, Luiz Sérgio, Rômulo Campelo, Lucas Beneali, Tarcisio Siqueira, Clodo Ferreira, Climério Ferreira, Carlito Matos para citar alguns, Nonato Luiz já se apresentou ao lado de instrumentistas consagrados como Turíbio Santos, Darcy Villa Verde, Paco de Lucia, Pedro Soler, Radamés Gnattali, Egberto Gismonti, Dino 7 Cordas, Tulio Mourão, Rafael Rabelo, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Marco Pereira, Erisvaldo Borges, Henrique Annes, Marcio Montaroyos, Djalma Correa, Mauro Senise, Luiz Alves, Rogério Lima, Manassés, Waldonys, Adelson Viana, Toninho Ferragutti, Antonio José Forte, além de artistas como Nara Leão, Fagner,Chico Buarque, Amelinha dentre outros.
Uma história com esta riqueza e construída com talento invejável, merece ser contada e comemorada. O Teatro José de Alencar abrirá suas portas em 30 de março próximo, às 20 horas de uma sexta-feira, para que isto aconteça, através da gravação de um DVD onde Nonato Luiz mostrará sua trajetória vitoriosa a um público que se orgulha muito de tê-lo, brilhante como é, como artista e como conterrâneo.
Os ingressos terão preços populares, como forma de facilitar o acesso de todos os seus admiradores ao evento, que oferecerá ainda participações de talentosos músicos que por certo se unirão à platéia nesta merecidíssima homenagem a um ícone da música e do violão brasileiro.









TEATRO

Grupo Bagaceira apresenta o espetáculo “Lesados” nos fins de semana de março no Teatro Dragão do Mar

O Grupo Bagaceira de Teatro apresenta o espetáculo “Lesados”, nos fins de semanas do mês de março, às 21h, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Com direção de Yuri Yamamoto e texto de Rafael Martins, o espetáculo aborda a trajetória de quatro personagens, lesados.

Lesados pela apatia e pela acomodação que os domina, que não os permitem agir ou sequer dar um passo à frente, lesados porque se sentem enganados por algo que nem mesmo sabem o que é. São quatro anônimos em meio a uma multidão metropolitana, engolidos pela solidão da vida moderna e pela falta de coragem. Segundo Rogério Mesquita, um dos atores do elenco, o espetáculo flerta com o teatro do absurdo, que imprime um tratamento inusitado à realidade e se utiliza de elementos do ilógico como forma de expressão. O grupo ainda trabalha a questão imagética do espetáculo a partir da concepção de desenho de cena realizado pelo artista plástico, desenhista e diretor do espetáculo, Yuri Yamamoto.

“Lesados” foi o primeiro espetáculo do grupo Bagaceira para além do formato de esquete e alçou o grupo a um circuito de teatro de proporções nacionais, vencendo nove prêmios no XI Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente–SP em 2004.

Serviço: Lesados, do grupo Bagaceira de Teatro – dias 03, 04, 10, 11, 17, 18, 24 e 25, às 21 horas, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). Classificação 14 anos. 50 minutos.








FESTAS & BOATES

II Calourada pela Paz reunirá outras universidades além da UFC

Ações de solidariedade, integração e promoção de relações mais harmônicas farão parte da II Calourada pela Paz, que acontecerá de 9 a 13 de abril nos três campus da Universidade Federal do Ceará em Fortaleza (Pici, Benfica e Porangabuçu). A novidade é que este ano a calourada se estenderá até a Universidade de Fortaleza (Unifor) e Universidade Estadual do Ceará (Uece). A promoção é de alunos do Curso de Farmácia da UFC, vinculados ao Movimento Estudantil Alfa e Ômega, iniciativa de jovens cristãos presente em mais de 190 países.
.
Teatro, dança, shows, oficinas, palestras e campanha de doação de sangue fazem parte da programação da Calourada. O propósito do evento, como consta no projeto dos organizadores, é “reconceituar a calourada no ambiente universitário de uma forma saudável e em busca de harmonia com o próximo, através de uma mensagem de paz”. Em breve será divulgada a programação detalhada.

O estudante José Barbosa, integrante da comissão organizadora, explica que a ideia de estender as ações da calourada a outras universidades surgiu em decorrência do sucesso da primeira edição. Segundo ele, mesmo sem uma divulgação bem articulada a calourada do ano passado chamou a atenção da mídia. Este ano, a comissão elaborou um projeto bem articulado e iniciou mais cedo o trabalho de divulgação para atrair um número maior de participantes.

O Movimento Estudantil Alfa e Ômega é de vertente evangélica, mas, de acordo com José Barbosa, é aberto a quem se interessar por valores como os que norteiam o projeto da calourada: parceria, amor, solidariedade, união, inovação e relevância cultural.

Fontes: Alunos integrantes da Comissão Organizadora da II Calourada pela Paz - José Barbosa - (fone: 85 8881 5787)








LITERATURA


Fundação Ana Lima resgata história e memórias do Ceará

A Fundação Ana Lima, braço social do Hapvida, lança hoje e amanhã três obras de dois autores cearenses e uma acreana. A iniciativa visa promover a cultura e a história do Norte e Nordeste, em diferentes aspectos contidos no texto de cada autor.
Juntas, as obras percorrem desde documentos oficiais da história colonial cearense até cartas e lembranças de uma vida que começou no Acre, em 1921, e veio parar em Fortaleza. Além disso, relatos antigos e atuais remontam a trajetória de um homem que deixou de ser padre no Ceará para fundar uma escola no Maranhão.
Os livros “Reminiscências”, de Layr S. Maia da Fontoura; e “Peleja Sagrada entre dois gigantes da Fé”, de Antonio Thomaz Neto, serão lançados hoje, terça-feira, às 19 horas, no Espaço Mix do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Já o livro “Documentos para a História Colonial, especialmente a indígena no Ceará”, de Francisco José Pinheiro, será lançado no dia 7 de março (quarta-feira), às 19 horas, nos Jardins da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC).
“Reminiscências” é uma coletânea de cartas e recordações. A obra traz relatos de fatos bem vividos de Dona Layr S. Maia da Fontoura desde sua infância, em Xapuri, no Acre, até os dias atuais. “Meu objetivo é deixar o registro de minha vida para meus netos e bisnetos. Quero que testemunhem uma vida marcada pela fé em Deus e a força que essa fé proporciona a uma família”, diz a autora.
“Peleja Sagrada entre dois gigantes da Fé” é a história de uma vida cheia de mistérios familiares do Padre José de Arimathéa Cysne que, após deixar de seguir a carreira eclesiástica, foi professor e depois advogado. Nesta obra, Antônio Thomaz Neto relata a trajetória vivida pelo Padre José de Arimathéa, seu tio-bisavô, dando ênfase à disputa travada com o reverendo Jerônimo Gueiros. Na época do debate, em 1902, Arimathéa era Seminarista, em Fortaleza, no Ceará. Com a declaração de apostasia, em 1914, José de Arimathéa partiu para o Maranhão, lá fundou o Colégio Cysne, que funcionou até a década de 1930. “Desde pequeno, em Acaraú Mirim, quando se falava sobre a iniciativa do padre de deixar a batina, me diziam que isso não era conversa para menino. Fiquei intrigado, achava que tinha a ver com mulher, ou coisa parecida. Então decidi colocar essa história a limpo, já que o padre José de Arimathéa foi um grande injustiçado pela família, amigos, beatos e o povo cearense”, declara Antônio Thomaz Neto.
“Documentos para a História Colonial, especialmente a indígena no Ceará”, como o próprio nome diz, Documentos para a história Colonial, especialmente a indígena no Ceará (1690-1825), do historiador cearense Francisco José Pinheiro, trata da compilação de documentos sobre a história dos povos nativos do Ceará, entre os anos de 1690 e 1825. São sete capítulos nos quais o autor apresenta sinteticamente os registros de documentos do Conselho Ultramarino e do Arquivo Público do Estado do Ceará. O objetivo é reconstituir o processo em que foram produzidos, permitindo ao pesquisador acompanhar toda a trama que envolveu o documento na época em que foi gerado, principalmente no que diz respeito aos interesses territoriais da Colônia e as determinações da Metrópole.

Serviço:
Lançamento dos livros:
REMINISCÊNCIAS de Layr S. Maia da Fontoura; e PELEJA SAGRADA ENTRE DOIS GIGANTES DA FÉ de Antonio Thomaz Neto
Dia: 06 de março de 2012 (terça-feira)
Horário: 19 horas
Local: Espaço Mix do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

DOCUMENTOS PARA A HISTÓRIA COLONIAL, ESPECIALMENTE A INDÍGENA NO CEARÁ (1690-1825) de Francisco José Pinheiro
Dia: 07 de março de 2012 (quarta-feira)
Horário: 19 horas
Local: Jardins da Reitoria da UFC







TELEVISÃO

Globo anuncia novidades para 2012

A atriz Claudia Abreu no evento de lançamento da nova programação da Rede Globo


Fátima Bernardes apareceu, mas nenhum pio sobre seu novo programa. A estrela da noite, na verdade, foi outra. Ao anunciar sua grade de programação para 2012, com festa na Via Funchal, nesta segunda (7), a Rede Globo se declarou à classe C. O segmento, cada vez mais, é como aquela menina mirradinha que, nos últimos verões, espichou e virou alvo de cortejo de toda a turma. O diretor-geral da emissora, Octávio Florisbal, destacou o potencial desses mais de 110 milhões de brasileiros, que representam 50% do consumo de produtos e serviços. Isso diante de um cenário com "metas de audiência cada vez mais difíceis", devido a "concorrentes diretos, indiretos e novas plataformas". Muitos programas tentam se aproximar do clima mais "povão". Um dos primeiros números (a noite contou com pequenos shows para apresentar a programação) refletia bem isso.
A atriz Cláudia Abreu apareceu lado a lado de Gaby Amarantos, a "Beyoncé do Pará", musa do tecnobrega que cantou sobre um amor que "nem vai valer R$ 1,99". O número promoveu a nova novela das sete, "Cheias de Charme", que aborda o universo das empregadas domésticas. Na novela, Abreu interpretará Chayene, uma "star"do brega, mix de Gaby, Joelma e Madonna.
Próxima novela das nove, "Avenida Brasil" se volta a "um universo suburbano com um pouco de Nelson Rodrigues", como já descreveu seu autor, João Emanuel Carneiro. A mocinha (Débora Falabella) foi criada num lixão, e Murilo Benício e Cauã Reymond vivem boleiros, num ambiente em que o futebol é encarado como atalho para ascensão social.
Deve ficar, para o segundo semestre, a estreia de programas de variedades com duas pratas da casa: Fátima Bernardes, que deixou a bancada do "Jornal Nacional" em dezembro, e Pedro Bial, que intercalará a nova atração com o "Big Brother Brasil 13". Mais detalhes não foram passados. Por ora, sabe-se que Fátima ocupará as grades matinais ao lado do "Mais Você" de Ana Maria Braga. Com isso, a programação infantil será praticamente extinta da faixa matinal de segunda a sexta-feira, seguindo tendência internacional das TVs abertas, segundo Florisbal.
Para Bial, o plano é um programa noturno, provavelmente na faixa das 23h, mais voltado às classes A e B, segundo o diretor-geral da emissora. Em entrevista à imprensa, Florisbal também falou sobre os planos do canal para a Olimpíada de Londres, cujos direitos de transmissão pertencem à Record. Ele diz que a cobertura do evento esportivo será feita "com toda a dignidade", respeitando o limite de três minutos diários de imagens (permitido para canais que não detêm os direitos). Neto do chefão do SBT, Silvio Santos, e em alta na Globo, Thiago Abravanel protagonizou um número à parte com a música de abertura da nova série global, "Louco por Elas", em que entoa os versos de Wilson Simonal: "Mamãe passou açúcar em mim" (ou seria o vovô Silvio?). A série, de João Falcão, traz o "louco" Du Moscovis, a ex-mulher vivida por Deborah Secco e a avó lelé interpretada por Glória Menezes.
A Globo também apresentou o "Casseta & Planeta" reformulado, a nova novela das seis, "Amor, Eterno Amor", de sua programação esportiva e do remake de "Gabriela", que Juliana Paes deve começar a gravar no dia 26 de março, na Bahia. "Bem no dia do meu aniversário", mezzo lamentou, mezzo brincou a atriz.






Band também lança nova programação

'Rixa' entre 'Pânico' e 'CQC' domina noite

Amigos, amigos, audiência à parte. A rixa entre os veteranos da casa, "CQC", e os novatos do "Pânico" pairou no ar durante o lançamento da grade de programação da Band para 2012, na noite desta terça (6), no cinema de um shopping em São Paulo. Apresentador do CQC, que entra em seu quinto ano no canal, Marcelo Tas disse esperar uma "competição saudável". Pudera: ambos os programas são líderes de faturamento --na RedeTV!, a trupe de Emílio Surita faturava o dobro comercialmente, segundo levantamento do Controle da Concorrência (empresa que monitora inserções comerciais para o mercado).

Tas diz que os novos colegas devem chegar "com sangue nos 'óio'". "CQC" é "melhor" e "Pânico" não é sua praia em termos de humor (embora seja a preferência do filho pequeno dele). Mas ele fala tudo em tom de troça, pois acha as duas atrações "absolutamente diferentes". Surita concorda e adiciona: para seu pessoal (apresentado como "Pânico na Band"), a sensação é a da "turma da escola indo para um colégio diferente".
A metáfora escolar também cai bem a Sabrina Sato, que diz se sentir no primeiro dia de aula, aquele "em que a gente põe uma roupinha mais bonita". Tanto Tas quanto Surita negam que haverá disputa para ver quem cobre um evento --eleições municipais ou a Olimpíada, por exemplo. Eles defendem que há espaço para o estilo de ambos, sem que o conteúdo fique repetitivo no mesmo canal. Isso porque, segundo Tas, são programas que não necessariamente precisam sair na frente. Para ele, "CQC" faz um jornalismo atípico. "O jornalista quer dar [a notícia] primeiro. A gente quer dar gostoso", brinca. A estreia de um "Saturday Night Live" à brasileira, pilotado pelo ex-"CQC" Rafinha Bastos na mesma faixa em que "Pânico" reinava na "RedeTV!", recebeu elogios protocolares de Tas e Surita.
Com Rafinha fora da Band, Lobão e Cazé se juntam à equipe de "A Liga". O programa continuará a tradição de explorar a "denúncia social", em que repórter pode se mesclar ao universo reportado (imagine um "Profissão Repórter" com menos pudores). Um dos episódios trará Lobão vivendo oito dias como garimpeiro. Ele diz que, nos primeiros dias, não conseguiu encarar o rango do lugar --sua alimentação era a base de barrinha de cereal. Depois, topou de boa o pratão de arroz, feijão e frango. O músico minimizou a fama de encrenqueiro polêmico. "Só bunda mole" acha isso, afirmou, com um adendo: "99% das pessoas que não gostam de mim me chamam de bicha, maconheiro".
Em jornada dupla no canal, Marcelo Tas se prepara para dialogar com uma turma "bem mais esperta" do que seus colegas do "CQC". Fala de crianças de três a 11 anos, que entrevistará para seu novo programa, "Conversa de Gente Grande". A atração não é infantil, apesar de ser gravada com os menores. Segundo Tas, os assuntos em pauta deixam muito marmanjo sem graça. Com três programas já gravados e estreia prevista para abril, o programa terá temas como "pé na bunda, violência e drogas", explica. O pacote para 2012 também inclui novos reality shows, como "Faz-me Rir", que pretende encontrar "o novo grande talento do humor brasileiro".










NOVELAS

Trama de "Amor Eterno Amor" acontece no Pará e vai tratar do espiritismo

Pela primeira vez, a Globo exibirá uma novela que tem parte de sua trama rodada no Pará. A partir de segunda-feira, 5 de março, Amor Eterno Amor, a nova novela das seis, começa a contar a história de Carlos (Gabriel Braga Nunes), um domador de búfalos da Ilha de Marajó, que foi sequestrado aos três anos de sua família biológica. Para sua verdadeira mãe, Verbena (Ana Lúcia Torre), Carlos é Rodrigo.

Na história de Elizabeth Jhin, dirigida por Rogério Gomes, após ser sequestrado, Carlos é levado para Arraial de Fora, cidade fictícia do interior de Minas Gerais, onde é criado por Angélica (Denise Weinberg). Seu padrasto, Virgílio (Osmar Prado), o obriga a trabalhar em um circo, onde vira uma atração do espetáculo por causa de seu dom especial: ele é capaz de amansar os animais.

Entretanto, a morte precoce de Angélica incentiva Carlos a fugir, e o menino acaba chegando à Vila dos Milagres, na Ilha de Marajó, onde aprenderá a domar búfalos. No Pará, ele tem a companhia do irmão de criação, Tobias (Erom Cordeiro), que é casado com Jacira (Carol Castro), e da irmã de criação Gracinha (Daniela Fontan). A birosca de Carmem (Vera Mancini) e Zé (Pedro Paulo Rangel), pais de Valéria (Andréia Horta), é o ponto de encontro dos moradores. Valéria é uma moça sensual, apaixonada por Carlos, que ignora as investidas de Josué (Raphael Viana).

Verbena vive no Rio de Janeiro. Viúva, ela tem a companhia da pequena Clara (Klara Castanho), uma menina capaz de enxergar coisas que mais ninguém vê. A empresária tem o apoio do médico Gabriel (Felipe Camargo) e do advogado Kleber (Marcelo Faria). Mas não escapa dos interesses da irmã Melissa (Cassia Kis Magro) e seu marido Dimas (Luis Mello). Os dois são pais de Fernando (Carmo Dalla Vecchia), que mantém um relacionamento com Miriam (Letícia Persiles), a jornalista que investigará o paradeiro de Rodrigo. Melissa, Dimas e Fernando estão de olho na herança de Verbena e torcem para que o filho dela nunca seja encontrado.

Para levar ao ar Amor Eterno Amor, a equipe da novela viajou para Carrancas (MG), onde as cenas da infância de Carlos foram gravadas. A região é tomada por cachoeiras e belas paisagens que serviram de inspiração à história. O elenco passou também 20 dias no Pará para rodar cenas em Alter do Chão, Soure e Belém. Além da ambientação na região Norte do Brasil, a trama da novela terá como pano de fundo o espiritismo. A personagem Verbena terá uma relação muito grande com a doutrina.







CINEMA NACIONAL

WANDO É UM DOS PERSONAGENS DO DOCUMETÁRIO “VOU RIFAR MEU CORAÇÃO”

Filme de Ana Rieper estreia em abril nos cinemas brasileiros

O cantor e compositor Wando é um dos personagens centrais do documentário “Vou Rifar Meu Coração”, da cineasta Ana Rieper. O filme trata do imaginário romântico, erótico e afetivo brasileiro a partir da obra dos principais nomes da música popular romântica, também conhecida como brega. Wando é dos entrevistados do longa, onde também aparece em apresentações ao vivo.

O longa, que já foi exibido nas últimas edições do Festival de Brasília, Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Festival de Guadalajara e Quinzena dos Realizadores no Rio de Janeiro, deve estrear nos cinemas brasileiros no primeiro semestre de 2012.

Em “Vou Rifar Meu Coração”, as letras de músicas de artistas como Odair José, Agnaldo Timóteo, Waldick Soriano, Evaldo Braga, Nelson Ned, Amado Batista e Wando, entre outros, formam verdadeiras crônicas dos dramas da vida a dois.

Em “Vou Rifar Meu Coração”, os temas destas músicas se relacionam com as histórias da vida amorosa de pessoas comuns, enfrentando o desafio de falar sobre a intimidade de indivíduos reais, em situações reais.

Trailer: http://www.vourifarmeucoracao.com/trailer.htm








ARTES PLÁSTICAS

Exposição marca os dez anos da morte do cearense Zenon Barreto

Uma exposição marcará os dez anos da morte do artista plástico cearense Zenon Barreto. Denominada “Z.NON”, a mostra será aberta no neste sábado, 11, às 16 horas, no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108). Com entrada franca, a exposição ficará em cartaz até 18 de março deste ano (horários de visitação: terça-feira a sábado, de 10h às 20h; e aos domingos, de 12h às 18h).

ZENON da Cunha Mendes BARRETO foi um pintor, desenhista, gravador, escultor, cenografista e ilustrador cearense, nascido em Sobral em 31 de dezembro de 1918 e falecido em Fortaleza em 18 de janeiro de 2002.

O artista chegou em Fortaleza e ingressou na Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP) em 1949. Participou e foi premiado em diversos eventos: Salão de Abril, Salão de Arte Moderna, Bienal Internacional de São Paulo, Panorama de Arte Atual Brasileira e Salão de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul, entre outros.

Zenon ministrou cursos de desenho, atuou como cenógrafo e figurinista em peças encenadas no Theatro José de Alencar, em Fortaleza. Em 1950, coordenou a restauração da Casa de José de Alencar, e publicou os álbuns “Dez Figuras do Nordeste”, documentário com xilogravuras de arquétipos humanos nordestinos com poemas de cordelistas cearenses e prefácio de Câmara Cascudo, e “Ritos, Danças e Folguedos do Nordeste”, documentário com xilogravuras prefaciado pelo poeta cearense Patativa do Assaré.

Possui obras no Museu Nacional de Belas Artes, Palácio da Abolição (Fortaleza), Paço Municipal de Fortaleza, Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade de Fortaleza, Embaixada do Brasil em Londres, e é co-autor do grande vitral do Instituto de Arte Contemporânea da Fundação Armando Álvares Penteado. Possui diversas esculturas em logradouros de Fortaleza, sendo a mais famosa a que retrata a figura de “Iracema”, personagem do romance de José de Alencar, encravada na praia do mesmo nome.



O inventor de coisas


Texto de Jacqueline Medeiros


Nas mãos de Zenon Barreto, materiais aparentemente pesados, como cimento, ferro e latão, deram forma a figuras e a objetos nordestinos. A incorporação destes elementos está diretamente ligada às concepções de arte e realidade a partir da década de 1960 no Brasil. Nesta mostra onde predominam as obras denominadas "Homenagem ao artesão e ao trabalhador rural", Zenon desloca o sentido funcional das ferramentas de trabalho e cria possibilidades simbólicas abertas a uma pluralidade de leitura a serem escolhidos ou criadas pelo espectador.

As obras, pertencentes ao acervo do Banco do Nordeste, são oriundas da exposição de inauguração do espaço cultural do Banco, nas dependências do BNB Clube de Fortaleza em 23 de fevereiro de 1989. O título Z.NON faz referência a seu jeito crítico e irônico de encarar a vida. É uma alusão às pessoas que confudiam seu nome: zé (José)Non, o que Zenon prontamente assumiu no título de sua exposição em 1952.

Nas esculturas da mostra, Zenon se refere à realidade imediata do seu cotidiano, vivida entre sua fazenda no sertão de Caridade-CE e a capital Fortaleza. As ferramentas e objetos rurais estão deslocados de seus contextos usuais, eles passam a oscilar entre a condição de objeto real e a de elemento formal, compositivo e articulados entre si, sempre com a herança da abstração geométrica e construtiva. Pode-se dizer que a organização dos elementos segue, de certa forma, os ideais de racionalidade e do desenvolvimento da forma, herança da arte construtiva e concreta.

Para o construtivismo, a pintura e a escultura são pensadas como construções e não como representações. O termo construtivismo liga-se diretamente ao movimento de vanguarda russa. Não são pequenas as influências do construtivismo na América Latina, em geral, e no Brasil, em particular, no período após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Marcas da vanguarda russa podem ser observadas no movimento concreto de São Paulo, Grupo Ruptura, e no Rio de Janeiro, Grupo Frente. Contudo, a ruptura neoconcreta estabelecida com o manifesto de 1959 não afasta as influências do construtivismo russo na arte brasileira. A maior parte dos mais de cem artistas brasileiros da 5ª edição da Bienal de Arte de São Paulo, em 1959, tinha ligações com o abstracionismo, com grande número de concretistas e construtivistas, o que reflete a produção do País naquele momento. Zenon participou daquela Bienal de arte com obras geométricas e construtivas: os desenhos com nanquim “Hospedaria de Flagelados” e “Labirinteiras”, ambos de 1959.

As ferramentas que tem a força de transformação da terra em alimento, tornam-se inúteis e nao têm mais serventia. Seria mais uma de suas posturas críticas diante do trabalho rural e a civilização global como um elemento problemático e contraditório da sociedade contemporânea? Zenon, além de artista, sempre foi um homem político, muito inquieto, criticando o ambiente cultural de Fortaleza. Poderia o artista estar propondo uma Critica social? Zenon vivenciava naqueles finais dos anos 1980 o universo da produção rural e as contradições de que o avanço cientifico e econômico global não ocorrem em concomitância com os avanços sociais, beneficiando todos os setores da sociedade. O que poderia ter mobilizado o artista em torno de uma arte que se coloca a serviço da vida do povo.

Zenon busca um cruzamento entre as formas regulares e geométricas e o aspecto bruto e cru dos objetos do sertão, considerando suas ressonâncias simbólicas. Uma postura crítica como lhe é peculiar, daí seu interesse pelos elementos locais, fugindo do universalismo e preocupando-se com o papel do indivíduo e da subjetividade.





CINEMA DE ARTE

CineSESC homenageia o diretor Carlos Saura

O Cine SESC Fortaleza, em parceria com a Vila das Artes, realiza de 5 a 9 de março a Mostra Carlos Saura. A exibição dos filmes acontece a partir das 18h30, na Vila das Artes, com entrada gratuita. Os filmes do diretor espanhol Carlos Saura têm prestígio internacional, e exploram a sétima arte recriando a cultura hispânica.

Considerado o mais espanhol de todos os diretores de cinema de seu país, Saura se tornou famoso por filmes como Cuenca (1958), Bodas de sangre (1981) com a colaboração do bailarino e coreógrafo Antonio Gades;Carmen (1983); nomeado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e Premio do Jurado no Festival de Cannes; ¡Ay, Carmela! (1990); vencedor de 13 Prêmios Goya; Fados (2007); Prêmio Goya para a melhor canção original para Carlos do Carmo.







PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Restauro do Cine São Luís é destaque na reunião do Conselho Estadual da Cultura

Incluir os alunos formados na Escola de Artes e Ofício Thomaz Pompeu Sobrinho nas atividades de restauro do Cine São Luís foi uma das propostas discutidas na primeira reunião de 2012, do Conselho Estadual da Cultura, realizada na Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel. Durante a reunião, o arquiteto da Secretaria da Cultura, Pepe Campelo, fez a apresentação do projeto de restauro, que prevê investimentos na ordem de R$ 5 milhões.

O secretário da Cultura, Francisco Pinheiro, vai apresentar o projeto ao governador Cid Gomes, e, posteriormente, com a aprovação do Executivo, será iniciado o processo de licitação,.

Em relação ao aproveitamento dos alunos da Escola Artes e Ofícios nas obras de restauro, a presidente do Instituto de Arte e Cultura do Ceará, IACC, Izabel Fernandes, a Escola de Artes e Ofícios tem formado regulamente profissionais na área de restauro. “Já temos experiências gratificantes, como é o caso da restauração do Sobrado Dr. José Lourenço, que contou com a participação de nossos alunos", disse.

Ao final da reunião foi concedida aos conselheiros uma vaga para um curso de Pós-Graduação em Gestão Cultural, da Fundação Joaquim Nabuco- FUNDAJ, de Recife- PE. O curso terá nove módulos, sendo cada um em uma cidade no Nordeste.

Na reunião estavam presentes representantes dos diversos setores culturais da sociedade, o secretário da Cultura do Estado do Ceará e presidente do Conselho, Professor Pinheiro e a secretária adjunta, Maninha Morais.







POLÍTICA CULTURAL

Secult na Praça do Ferreira revitaliza o corredor cultural do Centro de Fortaleza

A secretária da Cultura do Estado do Ceará já está ocupando as dependências do prédio do Cine São Luiz, na Praça do Ferreira. Desde o início da semana, a Secult está sendo transferida do Centro Administrativo do Cambeba para a nova sede, que recebeu um investimento de R$ 4,5 milhões do Governo do Estado, com obras de recuperação do prédio e adaptação para atender necessidades técnicas, de acessibilidade e segurança, esta última inclui a construção de um anexo para a colocação de uma escada de emergência e um elevador adaptado.

De acordo com o secretário da Cultura, Francisco Pinheiro, com a chegada no centro de Fortaleza, a Secult pretende estreitar sua relação com o esquipamentos culturais, classe artística e população. "Estamos instalados o coração da cidade, nesta Praça que é patrimônio de todo o fortalezense e isso, sem dúvida, vai contribuir para o fortalecimento do projeto de revitalização do corredor cultural do centro da cidade", destou.

Marco construtivo na paisagem urbana de Fortaleza, o Cine Theatro São Luiz, é um equipamento cultural de grande importância para a história da cidade, que conecta cultura, patrimônio artístico-cultural e identidade. Tombado pelo Governo do Estado do Ceará, por meio do Decreto de nº 21.309, de 13 de março de 1991, e sob a tutela da Secretaria da Cultura, na Coordenadoria de Patrimônio Histórico e Cultural COPAHC, o Cine São Luiz, destaca-se pela exuberância da arquitetura e por salvaguardar os elementos simbólicos de uma época de pionerismo do audivisual no Brasil e em especial, em Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro, onde a empresa teve uma forte atuação em décadas passadas.

Os contatos com a secretaria, durante este período de transição, deverão ser feitos pelo email secult@secult.ce.gov.br, ou por meio dos telefones institucionais dos coordenadores:

Secretária de Gabinete 88969000
Assessoria de Gabinete 88788383
Coordenação de Livro e Leitura 8878 8992
Coordenação de Ação Cultural 8878 8997
Ascom (Imprensa) 8878 8805
Siec (Editais) 88788996







EXPOSIÇÕES

Exposição “Trilhos” revive a Fortaleza da época dos bondes

Os tempos dos bondes e seus usuários, de uma Fortaleza romântica e pacata ressurgem por meio do resgate de um registro precioso que o tempo não destruiu. A exposição “Trilhos” apresenta, a partir da próxima quinta (1), uma viagem ao passado e uma comparação com o presente em 32 fotografias que retratam a história do progresso que a chegada dos bondes trouxe para a capital cearense. A mostra, que conta com imagens do acervo da Federação dos Transportes – Cepimar e do fotógrafo Benedito Rolim, fica aberta à visitação pública gratuita até o dia 30 de maio no Centro Cultural Bom Jardim, numa realização da Federação dos Transportes – Cepimar.

A exposição traz imagens de diversas áreas de Fortaleza onde os bondes trafegavam, entre 1888 e 1947, e que compunham a paisagem urbana, juntamente com os casarios e prédios comerciais. Ao lado da imagem antiga, uma foto atualizada, tirada no mesmo ângulo e mostrando como está o espaço atualmente. Hoje, pouco mais de seis décadas depois, quase nada restou daquele período e as marcas se perderam numa realidade de asfalto e trânsito por conta da presença dos automóveis e ônibus.

Imagens históricas da Avenida Bezerra de Menezes, das principais ruas do Centro da cidade, da Avenida Santos Dumont, da Avenida da Universidade e de praças como do Ferreira e Castro Carreira atestam a importância do transporte ferroviário para o desenvolvimento da cidade. Uma época em que as idas e vindas dos fortalezenses se davam graças aos bondes, inicialmente puxados à tração animal e, depois, movidos à energia elétrica.

SERVIÇO
• Exposição “Trilhos”
Fotografias da Fortaleza da época dos bondes
Local: Centro Cultural Bom Jardim (Rua 3 corações, 400 – Bom Jardim)
Período: 01/03/12 a 30/05/12
Horário de funcionamento: Terça à domingo - 9h00 às 20h00.
Telefone para contato: (85) 3497.5981
Visitação Gratuita






LIVROS - FICÇÃO

A Máquina Diferencial, clássico da literatura steampunk, chega ao Brasil pela Aleph


Em meados dos anos 1980, William Gibson (Neuromancer) e Bruce Sterling (Piratas de Dados) – dois dos maiores nomes da ficção científica contemporânea e pais do cyberpunk – uniram história, tecnologia e imaginação para criar o inusitado universo de A Máquina Diferencial (The Difference Engine), obra que se tornou um marco na literatura steampunk – subgênero da FC que mescla seus elementos mais clássicos à estética vitoriana e engenhos a vapor. O título remete ao que seria a maior invenção de Charles Babbage, matemático inglês do século 19. O protótipo de sua incrível máquina diferencial já trazia conceitos que viriam a inspirar o desenvolvimento do computador moderno. O governo britânico, no entanto, desistiu de investir no projeto, perdendo, assim, a oportunidade de dominar o primeiro engenho computacional da humanidade.

Porém, Gibson e Sterling reinventam a história. Em 1855, o império britânico controla o poder da máquina diferencial — capaz de realizar avançados cálculos matemáticos com um simples girar de engrenagens —, consolidando-se como potência mundial. Entretanto, uma sinistra conspiração ameaça as bases do governo, colocando em risco todas as conquistas do Partido Radical.

Às voltas com misteriosos cartões perfurados, envolvem-se na intriga a filha de um notório agitador ludita, um proeminente paleontólogo, a filha de Lorde Byron (o famoso poeta britânico que, no livro, tornou-se o Primeiro-ministro da Inglaterra), além de um jornalista misterioso. Unidos por elos invisíveis, estes e outros personagens lutarão por seus planos, suas carreiras e por suas próprias vidas contra inimigos ocultos e perigos reais. Envolvendo controversos personagens históricos e ficcionais, os autores tecem uma trama repleta de intrigas políticas, romance e ação.

Inédito em língua portuguesa desde o seu lançamento, em 1991, A Máquina Diferencial chega ao Brasil em uma edição especial, com material exclusivo para ajudar o leitor nas referências históricas e peculiaridades do livro. A editora Aleph elaborou um guia de personagens, históricos e ficcionais, e um glossário dos termos mais incomuns – específicos, arcaicos ou simplesmente inventado pelos autores –, além de relacionar as fontes consultadas para a construção de ambos. Também foi incorporado um posfácio escrito por Gibson e Sterling para a edição comemorativa de 20 anos da obra, no qual é feita uma releitura e uma reavalição do trabalho. ***







TURISMO

MSC Cruzeiros destaca roteiros internacionais pelo Mar Mediterrâneo

Hóspedes podem escolher cruzeiros que passam pelos mais belos pontos turísticos, em países como a Espanha, França, Tunísia e Itália, a bordo de alguns dos mais luxuosos transatlânticos europeus

As férias a bordo já são memoráveis por toda atmosfera de requinte em alto mar, mas podem ser uma experiência inesquecível em cruzeiros pela Europa. Líder do setor na América do Sul e no Brasil, a MSC Cruzeiros destaca, entre abril e maio, o início de sua alta temporada no velho continente. Os hóspedes podem escolher, entre inúmeras opções, pacotes especiais em quatro das mais modernas embarcações da companhia, MSC Fantasia, MSC Splendida, MSC Orchestra e MSC Armonia. Para aqueles que estão se programando para conhecer ou revisitar a Europa ou que não puderam aproveitar a temporada 2011/2012 no Brasil, ainda dá tempo de escolher um dos roteiros, que destacam as praias paradisíacas do mar Mediterrâneo.

Nos navios MSC Splendida e MSC Fantasia, dois dos mais luxuosos da classe Musica na armadora, os hóspedes terão a chance de visitar lugares incríveis na Itália, Tunísia, Espanha, França e Malta. A viagem de sete noites passará por cidades, como Barcelona, Marselha, Gênova, Palermo e Nápoles. Essas embarcações primam pela alta tecnologia, autêntico design italiano, além de ampla área exclusiva para quem não abre mão do mais alto luxo: o MSC Yacht Club. O espaço privativo conta com 71 suítes confortáveis, no MSC Fantasia; e 99, no MSC Splendida; varanda com vista panorâmica; recepção e serviço de Concierge exclusivo; piscina, hidromassagens; solarium e mordomo 24 horas; além de lounge bar com sistema all inclusive. Uma verdadeira experiência que envolve luxo, conforto e glamour em alto mar.

Atenta às preferências do público no Brasil e América do Sul, a MSC Cruzeiros destaca, ainda neste ano, a vinda do navio MSC Fantasia para a temporada 2012/2013, a partir de novembro. A embarcação promete revolucionar o mercado de cruzeiros no país, oferecendo tecnologia avançada, elegância e serviços exclusivos, uma verdadeira obra prima em estilo italiano. Com 18 decks, dos quais 13 são dedicados aos hóspedes, o navio possui 1.637 cabines e capacidade para acomodar 3.959 hóspedes. Dispõe de completa infraestrutura, com o luxuoso MSC Aurea SPA; cinco restaurantes, incluindo um de comida mexicana; quatro piscinas, sendo uma delas com teto retrátil; 12 jacuzzis; lounges; área infantil; simulador de Fórmula 1; cinema interativo 4D; além de uma magnífica escadaria com degraus de cristal Swarovski, na recepção do MSC Yacht Club. Já o MSC Splendida, seu irmão gêmeo, acomoda 3.959 passageiros, possui 1.637 cabines e inúmeras opções de lazer e descanso a bordo, oferecendo a combinação perfeita de estilo, elegância, modernidade, entretenimento e excelência em gastronomia.

Para quem escolher descobrir os encantos da França, Espanha e Tunísia, a dica é embarcar no MSC Orchestra. O navio que possui o melhor do design italiano, combinando muito conforto e elegância, visitará as cidades de Ibiza, Nápoles, Valência e La Goulette, dentre outras. Um de seus destaques é a área de lazer e entretenimento, com três piscinas, quatro jacuzzis, áreas de esporte, minigolfe, quadra poliesportiva e uma academia equipada com vista para o mar. Isso sem falar na alta gastronomia, com cinco restaurantes, incluindo o melhor da comida italiana, brasileira e até chinesa. Além disso, o navio também conta com 12 bares, teatro e discoteca. As saídas pelo Mediterrâneo estão programadas para os meses de abril e maio.

Também admirado pelo público brasileiro, o roteiro do MSC Armonia visitará as belezas da Grécia, Itália e Montenegro. A viagem de sete noites ocorre em maio e tem saída a partir de Veneza, um dos principais cartões postais da região. O navio tem capacidade para mais de dois mil hóspedes e se destaca por oferecer também o melhor do conforto a bordo, em mais de 770 cabines, divididas em 13 andares.

Confira a programação da MSC Cruzeiros pelo Mar Mediterrâneo:

Navio: MSC Orchestra
Saída: Abril e Maio
Duração: 7 noites (A partir de Livorno e Nápoles)
Roteiro: Itália, França, Espanha, Tunísia
Preço: A partir de US$ 399* por pessoa em cabine dupla
*O valor não inclui taxas portuárias, operacionais e de serviço.

Navio: MSC Splendida
Saída: Abril e Maio (A partir de Barcelona, Civitavacchia e Gênova)
Duração: 7 noites
Roteiro: Itália, Espanha, Tunísia, Malta
Preço: A partir de US$ 449* por pessoa em cabine dupla
*O valor não inclui taxas portuárias, operacionais e de serviço.

Navio: MSC Fantasia
Saída: Abril e Maio (A partir de Gênova, Nápoles e Barcelona)
Duração: 7 noites
Roteiro: Itália, Tunísia, Espanha, França
Preço: A partir de US$ 449* por pessoa em cabine dupla
*O valor não inclui taxas portuárias, operacionais e de serviço.

Navio: MSC Armonia
Saída: Maio (A partir de Veneza)
Duração: 7 noites
Roteiro: Itália, Grécia, Montenegro
Preço: A partir de US$ 349* por pessoa em cabine dupla
*O valor não inclui taxas portuárias, operacionais e de serviço.

Serviço
Site: www.msccruzeiros.com.br
Blog: www.diariodebordomsc.com.br
Twitter: @MSCCruzeiros
Facebook: MSC Cruzeiros do Brasil
Youtube: MSC Cruzeiros do Brasil







BASTIDORES

Luciano Huck grava com Zac Efron o quadro "Vou de Táxi"

Em visita ao Brasil para promover uma marca de roupas, o ator americano Zac Efron, astro do filme High School Music, foi convidado por Luciano Huck para gravar o quadro Vou de Táxi, do Caldeirão do Huck. A gravação ocorreu em São Paulo. No quadro, o apresentador dirige um táxi enquanto entrevista o convidado. O ator Ashton Kutcher também participou da atração no ano passado. Apesar de ter gravado o programa de Huck, Zac não apareceu na inauguração das lojas de Campinas e São Paulo, das quais é garoto propaganda. A ausência do astro teen teria sido justificada pela falta de segurança nos dois locais onde os eventos aconteceriam. Uma multidão se reuniu para ver Efron, mas ele acabou não indo à inauguração. Ele veio ao país acompanhado do pai, que assistiu a toda a gravação do Vou de Táxi. O quadro ainda não tem data para ir ao ar na Globo.






MODA

Oriente-se: as peças de Gabriela Aydar para o Outono Inverno 2012

Apaixonada por viagens, em explorar novos povos e culturas, a designer Gabriela Aidar mergulha na incrível, e porque não conflitante, cultura do Oriente Médio.

A região que fica entre o leste Mediterrâneo e estende-se até o Golfo Pérsico, foi base para uma minuciosa pesquisa de comportamento, arquitetura, cores e matérias que criaram a coleção de inverno 2012.

Divida em oito famílias distintas, cada uma interpretando um tema especifico da região, a marca apresenta uma coleção baseada em formas limpas e cores vibrantes.

Os tradicionais ladrilhos esmaltados, muito cultuados pela arquitetura da região, são revitalizados pela designer e serve como pano de fundo para a criação de peças montadas a mão, uma a uma. As pedras naturais, principal matéria prima usada pela marca, recebe lapidação especial e encaixe perfeito para formarem estes ladrilhos. Brincos, pingentes, anéis e braceletes são as peças de maior destaque nesta família

A mulher do Oriente Médio, reconhecida internacionalmente por sua beleza exótica e luxuosa, merece destaque especial na coleção. Peças ovais, cravejadas de zircônia e a mistura de pedras com pérolas, refletem o comportamento feminino regional, que ao mesmo tempo são exuberantes também possuem uma alta dose de pudor. Nesta linha Aidar propõe várias formas de lapidação facetadas nas gemas.

Outro assunto abordado pela designer é a constante pesquisa, realizada em todo o Oriente Médio, sobre as análises de DNA antigos, que gera grande especulação na medicina mundial. Usando o desenho das duplas hélices, característico desta molécula, Gabriela constrói uma série de colares, braceletes, brincos e anéis interligados. São peças com tamanhos de pedras diferentes e permeada de ramificações singulares.

A textura da terra árida do Oriente Médio serve de inspiração para uma linha toda trabalhada com efeitos de granulação, como também para um incrível trabalho de crochê, feito com micro pedras, fazendo alusão a areia. O couro aparece entrelaçado a pedras e ao metal trabalhado em foto corrosão;

Para gerar um contraponto na coleção, Aidar compara os conflitos desta região à rebeldia dos anos setenta, através de peças maiores, com formas geométricas e aplicações de fios e cilindros. Uma releitura ímpar e abstrata, porém de extrema elegância e design.

As cores mais usadas nas gemas para este inverno são: preto, verde, azul marinho, vermelhos, alaranjados e o brilho suave das perolas.













CURSOS, SEMINÁRIOS, OFICINAS, DEBATES

Segunda edição do Desencontro

Acontece de 29 à 31 de março a segunda edição de um dos maiores eventos de mídias sociais do Brasil, o Desencontro. Sendo o maior evento do tipo no Nordeste, é uma data marcante para quem se interessa pelo assunto. Fugindo do padrão tradicional, são discutidos diversos assuntos ligados à internet e mídias sociais, apresentados em shows e apresentações de cunho social. Este ano o evento acontece em Fortaleza e traz temas que passam por marketing, jornalismo, ativismo digital, moda, empreendedorismo social e “fama na internet”.
Diversos workshops serão oferecidos, contribuindo para a capacitação profissional dos participantes. Outro atrativo é a possibilidade de conhecer muitas pessoas que atuam na mesma área, porém de lugares diferentes. O evento tem 1500 vagas disponíveis, e em sua primeira edição alcançou um público muito grande – cerca de 40 milhões de pessoas somente pela internet.
O local deste ano será o Hotel Galé, à beira mar da Praia do Futuro. O evento deve ser maior do que o da edição anterior e contará com dois salões de painéis simultâneos, com assuntos variados. Para quem se interessou, vale prestar atenção, pois os ingressos são limitados e já podem ser adquiridos pelo http://www.desencontro.com.br/








LIVROS - NÃO-FICÇÃO

Pergunte ao Doutor da Record

Antonio Sproesser reuniu uma variedade de dúvidas


No comando do E aí, Doutor? (Record), o médico Antonio Sproesser reuniu uma variedade de dúvidas de seu público desde a estreia do programa, em maio de 2011. Diante de tantos questionamentos das pessoas sobre saúde e qualidade de vida, o clínico optou por lançar um livro. Uma obra que reúne as principais objeções do público diante de muitos termos da linguagem médica.
Sproesser lançou o livro Pergunte ao Doutor, da Universo dos Livros, com noite de autógrafos na Livraria Cultura, em São Paulo. O médico e apresentador do E aí, Doutor? (Record), falou mais sobre sua obra. - O livro é dedicado a todos vocês que têm questionamentos e direcionado para tirar dúvidas de doenças comuns e sintomas, às vezes, estranhos. As pessoas me perguntam sempre diversas coisas. Então, resolvi escrever esse livro.
Sproesser é clínico geral, médico de família e especialista em qualidade de vida há 34 anos. Este não é o primeiro livro do médico, que também escreveu as obras Viver Bem com Qualidade e o Fator Wellness.









TV POR ASSINATURA

HBO EXIBE A SEGUNDA TEMPORADA DE GAME OF THRONES

A série estreia no dia 1º de abril, simultaneamente na América Latina e nos EUA

A HBO Latin America anuncia que a segunda temporada da série original Game of Thrones estreia no dia 1º de abril, simultaneamente nos países da América Latina e nos Estados Unidos. Baseada nos aclamados livros “As Crônicas de Gelo e Fogo”, de George R.R. Martin, a série ganhadora do Emmy® e do Globo de Ouro® conta o apogeu e o declínio de poderosas famílias nos sete reinos de Westeros.

A emocionante primeira temporada de Game of Thrones terminou com a notícia da execução de Ned Stark (Sean Bean) se espalhando rapidamente por todos os cantos de Westeros e provocando mudanças significativas para a família Stark – tanto na capital King’s Landing, quanto na sua casa em Winterfell.

Em King’s Landing, a morte do rei Robert Baratheon (Mark Andy) desencadeou uma terrível luta pelo Trono de Ferro, ameaçando os planos do príncipe Joffrey (Jack Gleeson) de ficar com a coroa. Com Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) capturado pelos Starks e cada um dos irmãos de Robert conspirando para controlar os reinos, Lord Tywin Lannister (Charles Dance) nomeia seu filho Tyrion (o ganhador do Emmy® e do Globo de Ouro®, Peter Dinklage) Braço Direito do Rei para manter Joffrey e a rainha Cersei (Lena Headey) sob controle.

Enquanto isso, Robb Stark (Richard Madden), o filho mais velho de Ned, foi proclamado Rei do Norte, separando a região dos sete reinos. O filho bastardo de Ned Stark, Jon Snow (Kit Harington), por sua vez, aventura-se corajosamente além da segurança da Muralha de Gelo, na escuridão sem lei, depois de quase abandonar a Patrulha da Noite para vingar a morte do pai.
No acampamento Dothraki, Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) queima o corpo do seu amado marido, Khal Drogo (Jason Momoa), ao lado dos seus preciosos ovos de dragão; depois ela caminha em direção às chamas e as labaredas crescem. Na manhã seguinte, Daenerys ressuscita das cinzas, em perfeito estado, protegida por três dragões recém-nascidos.
A série, aclamada pela crítica e filmada em locações espetaculares como Croácia e Islândia, está de volta com dez episódios inéditos de uma hora de duração que mostram como continuam as batalhas entre as Casas da Nobreza em função da morte do Rei Robert. Entre os grandes nomes do elenco estão Peter Dinklage, Emilia Clarke, Nikolaj Coster-Waldau, Michelle Fairley, Lena Headey, Richard Madden e Kit Harington.








Curso de Língua e Cultura Francesa para Gastronomia

Estão abertas inscrições para o curso de extensão em Língua e Cultura Francesa para Gastronomia 2012.1, resultado de parceria entre o Curso de Gastronomia do Instituto de Cultura e Arte e do Departamento de Letras Estrangeiras da Universidade Federal do Ceará.

O curso é direcionado para toda a comunidade e interessados pelo tema e não exige conhecimento básico da língua francesa. Com carga horária de 60 horas, será realizado às terças e quintas-feiras, das 9h30min às 11h, no Bloco Didático do Centro de Humanidades da UFC, no Benfica. Os alunos receberão apostila e certificado. As aulas terão início dia 6 de março. Interessados devem fazer pré-inscrição pelo e-mail: gastronomieufc@gmail.com e pagar uma taxa única de R$ 90,00.

Fonte: Departamento de Letras Estrangeiras - (fone: 85 3366 7611 / 3366 7612)







SAÚDE

Experts indicam alimentos capazes de potencializar a perda de peso

Todo mundo sabe que milagre não existe e que para perder peso é preciso cuidar da alimentação e malhar, malhar, malhar... Mas a ciência e a natureza, principalmente, podem dar uma mãozinha nessa hora. A todo o momento, os pesquisadores descobrem plantas, grãos e ervas que promovem a sensação de saciedade, potencializam a queima de gordura e aceleram o metabolismo. Nutricionistas e nutrólogos dizem que esses ingredientes podem ser usados, de forma mais segura, como substitutos de drogas sintéticas — desde que com acompanhamento médico

ÓLEO QUE VEM DO COCO

Os benefícios associados ao consumo do óleo de coco são reconhecidos pela medicina ayurvédica na Índia há quase três mil anos. Em sânscrito, o coqueiro é chamado de kalpa vriksha, que significa “árvore que fornece tudo que é necessário para a vida”. No ano passado, a Universidade de Columbia e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) realizaram estudos que comprovaram a eficácia do produto como auxiliar na perda de peso. Sua ação proporciona, principalmente, diminuição da vontade de comer e menor acúmulo de gordura no corpo. De acordo com a nutricionista Christine Vogel, que comandou o estudo na UFRJ, isso acontece porque o óleo de coco é prontamente absorvido no intestino, vai logo para a circulação, chega ao fígado e produz energia. Quanto mais energia a gente produz de forma rápida, mais o nosso cérebro entende que chegou a hora de parar de comer. Além disso, o óleo é considerado termogênico, ou seja, aumenta o calor corporal e, com isso, a queima de gorduras. Christiane indica o consumo de duas colheres de sopa por dia. Prefira a versão extravirgem e use-a crua, para temperar a salada, por exemplo. O óleo de coco é vendido em casas especializadas por um preço que varia de R$ 12 a R$ 30 a garrafinha de 200 ml.

O GRÃO DA SAÚDE

A chia, grão fisicamente parecido com o gergelim (só que mais escuro), foi uma das principais fontes de alimentação dos povos andinos há mais de dois mil anos, sendo hoje cultivada principalmente no México e na Guatemala. Ao Brasil, chegou em outubro do ano passado. De acordo com a nutricionista Carolina Chica, da Pontifícia Universidade do Chile e que pesquisa o ingrediente há dez anos, seu principal valor nutricional é o ômega 3, além de proteínas, fibras e antioxidantes. “Entre seus benefícios, a chia ajuda a diminuir o colesterol ruim e contribui no aumento do colesterol bom”, diz ela. Além disso, estudos que comandou apontam outras vantagens do grão para a saúde: prevenção de problemas cardiovasculares, controle do diabetes, melhora da função intestinal e, o mais atrativo deles, prevenção da obesidade e controle de peso. “As fibras solúveis presentes na chia ajudam a formar um bolo alimentar que proporciona sensação de saciedade”, diz Carolina. O ômega 3 também cumpre um papel importante no controle de peso por sua característica anti-inflamatória. Alguns estudos apontam a obesidade como uma doença inflamatória, ou seja, as células ficam inflamadas e aumentam de tamanho. O ômega 3, por sua vez, age na correção desse problema e previne novas incidências.

A FARINHA DO FEIJÃO
Foi no feijão branco que pesquisadores descobriram a faseolamina, substância capaz de inibir em até 20% a ação de uma enzima chamada alfa-amilase, que é responsável pela absorção dos carboidratos dos alimentos pelas células. Por isso ela é uma ótima opção para quem adora um pãozinho ou um belo prato de macarrão. Um estudo realizado na Universidade da Califórnia, nos EUA, comprovou a sua ação na perda de peso. Metade dos 50 voluntários obesos ingeriram o extrato desse alimento antes das refeições. Depois de oito semanas, essa turma perdeu, em média, 1,7 kg e apresentou uma taxa de triglicérides três vezes menor. Em outra pesquisa, da Faculdade da Medicina de Extremadura, na Espanha, a faseolamina foi capaz de reduzir o apetite em cobaias. Mas não adianta encher o prato de feijão branco. O efeito só é obtido com a ingestão da farinha desse alimento — encontrada em lojas de produtos naturais. Os especialistas costumam indicar uma colher de chá rasa diluída em água antes do almoço e do jantar. Eles garantem que não é boa ideia aumentar a porção para acelerar o emagrecimento, pois alguns efeitos colaterais podem aparecer. “Ela pode provocar diarreia”, diz o endocrinologista Alexandre Hohl, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional Santa Catarina. E atenção: as grávidas e pessoas com hipoglicemia não devem consumir a substância.

ERVA NOSSA

Erva usada pelas tribos indígenas do Brasil para tratar infecções, como a de mordidas de cobra, a pholia negra ganhou fama recentemente como potente aliado na perda de peso por conta de uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo. Segundo os estudos, a planta provocaria um retardo no esvaziamento gástrico, fazendo com que a comida demore mais para passar pelo estômago e pelo intestino, garantindo a sensação de saciedade por mais tempo. “Concluímos que a perda de peso promovida pela erva é similar ao da Sibutramina”, disse a bióloga Maria Martha Bernardi, coordenadora da pesquisa, referindo-se a um dos mais populares inibidores de apetite, cuja venda passou a ser rigidamente controlada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) há alguns meses. De acordo com Liliane Oppermann, nutróloga e médica ortomolecular, a pholia negra, na prática, reduz o tempo para a percepção de satisfação. “Ou seja, por menos que a pessoa coma ela já se sente satisfeita”, diz. Liliane afirma ainda que o produto tem efeito antioxidante — na prática: ajuda a retardar o processo de envelhecimento. “A planta possui substâncias que diminuem um processo oxidativo chamado glicação, como se fosse uma caramelização celular que endurece as células”, diz ela. Os estudiosos declaram que a Pholia negra não apresentou nenhum efeito colateral. Toma-se em forma de cápsulas, que são manipuladas em farmácias especializadas.








REVISTAS


Quer casar comigo?

O POVO lança Buchicho Noivas 2012

Para aquela que já respondeu “sim” ao pedido acima, a nova edição da revista “Buchicho Noivas” é o par perfeito para acompanhar a futura noiva até o altar. A edição deste ano traz um guia completo com todos os detalhes para organizar o seu casamento, do convite até a lua de mel. Reunindo profissionais e os principais serviços da cidade.

E são muitas escolhas até o altar. A começar pelo vestido. “Existe uma noiva em todos nós, homens e mulheres. A gente se veste para ser amado pelo outro”, comenta a escritora, atriz, apresentadora, mãe e esposa Fernanda Young, que nos revela, em entrevista exclusiva, uma fixação que poucos conhecem: casamentos. Fernanda está para lançar Eles amam as loucas, mas se casam com as outras, um romance experimental que une várias mídias, como vídeos e instalação.

A equipe da revista conversou, também, com a estilista Martha Medeiros, uma das mais requisitadas quando o assunto é vestido de noiva. Martha nos conta os segredos para você dizer “sim” para o seu modelo. E para as noivas tomarem como inspiração, a revista traz vestidos de passarela e aqueles que foram parar nos casamentos de novelas.

A edição conta também com dois editoriais exclusivos. O fotógrafo Nicolas Gondim se inspirou em noivas góticas e tomou a Catedral da Sé de Fortaleza como cenário para o ensaio que traz vestidos clássicos com ricos detalhes, cinturas marcadas e saias volumosas. Já Caio Ferreira tomou manifestações artísticas pelos muros da cidade como pano de fundo para Cinderelas modernas com curtinhos cheios de linhas geométricas, em tons pastéis, e véus cheios de personalidade.
Para acompanhar o vestido no altar, a colunista Roberta Fontelles Philomeno reuniu dicas para que a noiva fique perfeita da cabeça aos pés no grande dia. A fotógrafa Ethi Arcanjo assina o editorial de beleza, em que um time de especialistas apresenta cinco sugestões para noivas de todos os estilos.

A revista ainda traz roteiros de destinos exóticos para os recém-casados, dicas do que levar na mala da lua de mel e do que incluir na lista de presentes. E mais: como não se tornar uma “bridezill”, aquela noiva perfeccionista e difícil que pode, por conta do “estresse pré-nupcial”, atacar amigos, família e até o noivo!








CINEMA CEARÁ

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O 3o FESTCINE MARACANAÚ

O FestCine Maracanaú - Festival de Cinema Digital e Novas Mídias, está com inscrições abertas para sua terceira edição. A partir desta quinta-feira (1) até o dia 15 de maio de 2012, a organização do festival recebe produções que participarão da seleção para concorrer em suas mostras competitivas de longas e curtas metragens, Mostra Rodolfo Teófilo e Mostra Novas Mídias.

Podem ser inscritos filmes e vídeos de qualquer país, estados e municípios brasileiros; e de cidades do estado do Ceará, produzidos a partir de 2009, finalizados no formato digital. Para a Mostra Rodolfo Teófilo, podem ser inscritos filmes e vídeos de realizadores da Região Metropolitana de Fortaleza, com duração de até 20 minutos. Na Mostra Novas Mídias, produções de até 05 minutos, realizadas em mídias digitais - câmeras fotográficas, celular, web cam, dentre outros.
A ficha de inscrição e regulamento estarão no site www.festcinemaracanau.com.br

Desde a primeira edição realizada em dezembro de 2010, o FestCine Maracanaú se firmou como um dos eventos prestigiados pelo público como pela classe do audiovisual brasileiro e outros países, além do forte reconhecimento por parte da mídia brasileira e do exterior. Em 2011, na segunda edição, novamente foi marcado pelo pioneirismo. Pela primeira vez no Brasil, profissionais dos estúdios DreamWorks estiveram no país para ministrar workshop. Bill Tessier e Chris Kirshbaum ministraram workshop de animação e efeitos especiais. O festival também contou com as participações dos atores Jayme Matarazzo, Nathália Dhill e Cláudio Jaborandy, homenageado do ano.







Cine Ceará 2012 recebe inscrições até dia 31 de março

Já estão abertas as inscrições para a 22ª edição do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, que acontecerá no período de 1 a 8 de junho, em Fortaleza. Os interessados podem inscrever seus longas e curtas-metragens até o dia 31 de março. O regulamento completo do festival, organizado pela Associação Cultural Cine Ceará, encontra-se no site http://cineceara.com.

Os curtas-metragens devem ter sido realizados por produtores e/ou diretores brasileiros ou radicados no País há mais de três anos e ter até 20 minutos de duração, em qualquer formato. Devem ainda ser obras concluídas a partir de janeiro de 2011 e não podem ter participado de processos seletivos nas edições anteriores do Cine Ceará. Já os longas devem ter duração mínima de 70 minutos, finalizados a partir de 2010 por produtores e/ou diretores ibero-americanos (países da América Latina e o Caribe, Portugal e Espanha), em formatos profissionais.

Os prêmios da crítica para melhor curta e longa-metragem serão concedidos por um júri formado por membros da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). Para o melhor longa, de acordo com o júri oficial, será concedido um prêmio especial no valor de U$10.000,00. Haverá ainda a entrega do troféu Mucuripe de melhor curta da mostra Olhar do Ceará, para o qual haverá um júri de estudantes das universidades de Fortaleza.

Concorrem ao troféu Mucuripe os filmes inscritos nas categorias longa-metragem (divididos em filme, direção, fotografia, edição, roteiro, som, trilha sonora original, direção de arte, ator, atriz e prêmio da crítica) e curta-metragem (filme, direção, roteiro, produção cearense e prêmio da crítica).

O 22° Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria da Cultura, e do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).








ARTIGO

Não tenho tempo

(*) Francisca Romana Giacometti Paris

Velocidade é imperativo na vida cotidiana. O tempo de que dispomos para realizar todos os nossos afazeres é sempre pouco. A meta de oferecer aos nossos filhos as melhores condições de vida fundamenta nossa correria e acalma nossa consciência.

Trabalhamos muito convencidos de que nosso papel heróico é importante para a real felicidade dos rebentos. Todavia, distanciamo-nos, cada dia um pouco mais, da educação e dos cuidados das crianças e dos adolescentes. Na verdade, terceirizamos nossa função e nosso privilégio de pais às avós, babás e tantos outros agentes sociais, deixando com que os filhos cresçam e se desenvolvam alheios a nós, ausentes de pais.

Dizemos não ter tempo. Será? Nós realmente não temos tempo ou a educação dos filhos não nos parece prioridade inconteste?

Se analisarmos, temos tempo para fazer as unhas, acompanhar as novelas, assistir aos jogos de futebol, para fazer um happy-hour com os amigos. Concluindo, conseguimos tempo para realizar afazeres que nos agradam e “deixamos para depois” as tarefas que desgastam, pois educar filhos não é tão fácil nem parece prazeroso.

Interessar-se pela vida escolar, querer conhecer os colegas, saber sobre as dificuldades de aprendizagem e propor ajuda ao filho pode ser tedioso, como também é desgastante negar determinadas solicitações e administrar suas tradicionais consequências: reclamações, cara feia e choros, entre tantas outras.

Chegar em casa, após um extenuante dia de trabalho, e desejar conversar sobre os acontecimentos do dia ou ouvir as lamúrias (injustificáveis para nós) esgota nossa paciência. Levantar-se da comodidade do sofá para mediar uma discussão entre irmãos é muito desgastante. Então, tantas vezes preferimos fazer de conta que nada escutamos.

E quando nos damos conta, já é tarde e nossos filhos parecem estranhos a nós mesmos. Diante de filhos rebeldes, drogados ou insolentes, muito pais revelam-me desconhecer os filhos e dizem não saber quando e por que ocorreram mudanças.

Infelizmente, desvendo aos pais que eles, na verdade, nunca conheceram os próprios filhos. Não foram capazes de perceber as mudanças simplesmente porque estavam distanciados, preocupados em propor-lhes condições favoráveis de vida e tomados por comodidade e covardia.

Devemos abrir nossos olhos para perceber que descumprimos nossos deveres de pais, uma vez que é pela convivência que os ajudamos a construir suas escolhas, qualidades e virtudes, ensinando-lhes sobre amor, sofrimento, desilusões, ganhos e perdas... Enfim, sobre a vida!

Isso dá trabalho e exige muito empenho. Talvez seja uma das tarefas mais complexas do mundo, mas, sem dúvidas, é das mais honrosas. Talvez estejamos perdendo tempo e nem percebemos. Vamos “ganhar” tempo com quem mais merece: com os filhos e com os pais. Ou seja, com nós mesmos.

(*) Francisca Romana Giacometti Paris é Pedagoga, Mestre em Educação, diretora Pedagógica do Agora Sistema de Ensino (www.souagora.com.br) e do Ético Sistema de Ensino (www.sejaetico.com.br), da Editora Saraiva, e ex-secretária de Educação de Ribeirão Preto (SP)








15 DE MARÇO: DIA MUNDIAL DOS DIREITOS DO CONSUMIDOR

Várias atividades estão programadas para a data que é um marco na luta pelos direitos do consumidor

Na próxima quinta-feira (15) celebramos o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor. Instituída em 1962 e ratificada em 1983 em Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), a data simboliza um grande um grande avanço nas leis de mercado e na proteção ao consumidor. Afinal, todo ser humano é um consumidor. As pessoas comem, vestem, se divertem, compram apartamentos, móveis, utilizam serviços telefônicos e bancários, entre muitas outras coisas.

O ramo que é relativamente novo no direito, principalmente no direito brasileiro, surgiu com a promulgação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) em 11/9/1990 (e que entrou em vigor em 11/3/1991). Mas será que a população brasileira, em especial, a cearense, conhece os seus direitos?
Para tirar as dúvidas e promover um debate sobre a importância dos Diretos do Consumidor, o Shopping Benfica promove uma série de atividades das 13 às 19h no 1º piso do Mall. O objetivo segundo a superintendente Marcilene Pinheiro é conscientizar a população. “Com as nossas ações, vamos mostrar aos nossos clientes o seu papel de cidadão ao defender seus direitos. Além disso, essa é uma oportunidade a mais para que eles possam conhecer seus deveres, e assim, contribuir para melhorar o nível de vida de todos os brasileiros” afirma.

Neste sentido, através de uma parceria com os principais cursos de direito da cidade, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Ce) e órgãos de Defesa do Consumidor, o Shopping vai disponibilizar profissionais para prestar serviços de esclarecimento aos clientes sobre: o código do consumidor, seus direitos e deveres, políticas de trocas de mercadorias, cancelamento de compras, cuidados com as compras pela internet, entre outras questões que forem oportunas.
Toda a programação é gratuita.

§ Saiba Mais:

Instituída em 1962, a criação da data partiu de uma iniciativa do então Presidente dos Estados Unidos, John Kennedy. Na mensagem, quatro diretos fundamentais ao consumidor eram estipulados:

- Direito à Segurança

O Direito à Segurança ou proteção contra a comercialização dos produtos perigosos à saúde e à vida. Foram criadas leis de proteção ao consumidor com a inclusão de produtos corrosivos, inflamáveis, radioativos.

- Direito à Informação

O Direito à Informação, em que os aspectos gerais da propaganda e a necessidade das informações sobre o próprio produto e sua melhor utilização passaram a ser considerados.

- Direito à Opção

O Direito à Opção, dando combate aos monopólios e às leis antitrustes e considerando a concorrência e a competitividade como fatores favoráveis ao consumidor.

- Direito a ser ouvido

O Direito a ser Ouvido, que passou a considerar os interesses dos consumidores na hora de elaborar políticas governamentais e de procedimentos de regulamentação.
Após 23 anos, Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) adotou os Direitos do Consumidor como Diretrizes das Nações Unidas dando assim, legitimidade e reconhecimento internacional para a data.

SERVIÇO:
SHOPPING BENFICA
End: Avenida Carapinima, 2200. Benfica.
Site: www.shoppingbenfica.com.br
Tel: 3031.8660




Encontro e exposição de projetos que transformam vidas através da cultura

II Luz nas Artes acontece de 15 a 18 de março no Centro de Negócios do Sebrae, com palestras com Leonardo Boff e Leonardo Brant, show da dupla Ítalo e Reno, teatro, dança, clows, circo, música, contação de histórias, fotografia e artes visuais


A arte e cultura que transformam milhares de vidas no Ceará, juntos, num grande encontro de intercâmbio de ideias entre os projetos e exposição de trabalhos ao público. O II Luz nas Artes – Feira de Projetos Culturais do Ceará, será realizado de 15 a 18 de março, no Centro de Negócios do Sebrae (Av. Monsenhor Tabosa, 777, Praia de Iracema), com a participação de 56 projetos de organizações não governamentais, associações e entidades comunitárias que realizam atividades com propósitos de sustentabilidade e bem-estar sociais no Estado. “Nesta segunda edição, a feira quer traçar um panorama das manifestações artístico-culturais do Ceará com fins sociais, dando oportunidade ao público em geral de participar de ações transversais nas áreas de cultura, arte, ciência e tecnologia e de conhecer os novos artistas locais e suas formas de expressão”, diz Dora Freitas, produtora do evento. O II Luz nas Artes é aberto ao público e realizado pelo Núcleo de Produções Culturais (Nuproc), com apoio cultural do Ministério da Cultura e patrocínio da Coelce.
A Feira de Projetos Culturais do Ceará é uma conjugação de vários eventos que acontecem simultaneamente: a exposição, com estandes de exibição de produtos e informações das instituições, as apresentações artísticas, as conferências e os sorteios de brindes. Logo na abertura da mostra, no dia 15, às 19h, no Auditório do Sebrae, Leonardo Brant (SP), fundador do Centro de Estudos de Mídia, Entretenimento e Cultura (Cemec) e autor do livro O Poder da Cultura, profere palestra sobre Empreendedorismo Criativo. Editor do site Cultura e Mercado, Brant idealizou o programa Empreendedores Criativos e é presidente da Brant Associados (consultoria especializada em desenvolvimento de negócios criativos). Presidiu duas edições do Fórum Nacional de Cultura e Cidadania Corporativa, com presença de inúmeros empresários do setor e do ex-ministro Gilberto Gil.
Entre as atrações, o professor e filósofo Leonardo Boff, que profere palestra no sábado, 16, às 19h, no auditório do Sebrae, a sanfona e o forró da dupla Ítalo e Renno, no dia 17, sábado, a partir das 19h, no Palco Externo (anexo ao Centro de Negócios SEBRAE). Também integram a programação, quatro espetáculos de dança, cinco peças de teatro, oito apresentações de circo, cinco de música instrumental e um show de música popular, quatro momentos de contação de história, duas apresentações de coral, uma exposição de fotografias e artes visuais.
Durante os quatro dias dessa segunda edição, o público irá conhecer iniciativas culturais e talentos da capital e do interior. Serão 56 estandes com exposição de projetos e venda de produtos resultantes desses projetos, como roupas, bijuterias e artesanatos em geral.

Participam da feira: Vidança, Edisca, Tapera das Artes, Escola de Dança de Paracuru, Fundação Raimundo Fagner, Orquestra de Barro de Cascavel, entre outros projetos. “Essa mostra faz circular o produto cultural produzido pelos cearenses. É uma oportunidade para a população vivenciar a arte como pão que alimenta a alma, que sugere reflexão, fomenta o conhecimento
e gera renda, sustentabilidade social através da cultura. Isso é o que irá permear as discussões entre adultos, adolescentes e jovens no encontro, fazendo ressoar na sociedade o trabalho que eles estão realizando”, diz Honorato Feitosa, presidente do Nuproc.
Mais de 50 famílias do povoado de Moita Redonda, em Cascavel, vivem do resgate da cultura do barro, uma tradição da comunidade que estava se acabando. Hoje, com a ajuda da Associação Uirapuru, as famílias fazem e vendem pratos, panelas, objetos de decoração e instrumentos musicais de barro. No Luz das Artes, a orquestra de corda, sopro e percussão das crianças de Cascavel dará um show de arte e sobrevivência. A Escola de Dança de Paracuru, forma 200 crianças, virou pontão de cultura e “referência em educação da arte e da cultura”, através do projeto Rumos Itaú Cultural. “O que a gente mais precisa é divulgar esse trabalho junto à população e aos outros projetos. Por isso é tão bacana essa oportunidade de troca de ideias, ações e afeto que o Luz nas Artes está dando pra gente”, diz Flávio Sampaio, diretor da escola. Gerusa Pacheco, diretora da Edisca, uma referência em trabalho sociocultural dentro e fora do estado, concorda: “Vamos otimizar ao máximo a participação da Edisca no evento, apresentando o espetáculo Mobilis em formato reduzido. A feira é uma luz para as instituições culturais que precisam de um espaço de encontro, de intercâmbio e de novas possibilidades. A proposta e a estrutura que o Luz nas Artes tem é excelente”, afirma Gerusa.
A organização do II Luz nas Artes - Feira de projetos culturais do Ceará facilitará o acesso aos portadores de necessidades específicas e idosos, através de contratação de profissionais especializados no atendimento preventivo para cadeirantes e sinalização para as rampas existentes no local. O acesso do público a todos os espaços da mostra é livre e gratuito.


SERVIÇO:
II Luz nas Artes – Feira de Projetos Culturais do Ceará
De 15 a 18/03
Centro de Negócios do SEBRAE – Avenida Monsenhor Tabosa, 777.

Horários de Funcionamento
Dia 15/03 - Abertura às 19 horas – Palestra “Empreendedorismo Criativo” - Leonardo Brant.
Dias 16 e 17, das 10h às 20h.
Dia 18.03.2012, das 9h às 12h.